• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

 

NO DIA 19 DE JUNHO a associação Campo Aberto propõe um percurso guiado por algumas árvores monumentais da cidade. Iniciaremos o passeio às 14H30 na Casa Tait (ponto de encontro) e prosseguiremos pela Quinta da Macieirinha, Jardim do Palácio de Cristal, Rua D. Manuel II, Largo do Viriato, Jardim das Virtudes e Jardim da Cordoaria. Em cada um destes locais há árvores que se destacam pelo seu porte, idade ou raridade; embora muitas vezes ignoradas ou maltratadas, fazem parte da história da cidade e são elementos marcantes da sua paisagem.

Essas e outras árvores são o tema do livro À sombra de árvores com história, da autoria dos organizadores deste passeio, que será editado muito proximamente pela Campo Aberto e é sumariado no mais recente número da revista Ar Livre.

Conversa no Centro Português de Fotografia com Germano Silva e Manuel António Pina

AINDA A 19 DE JUNHO, às 17H30, teremos uma conversa no Centro Português de Fotografia (Cadeia da Relação), aberta a todos, com Germano Silva e Manuel António Pina, moderada pelo presidente da Campo Aberto, José Carlos Marques, sobre a Cordoaria e os jardins do Porto.

A Cordoaria foi vandalizada pela Porto 2001: se não fossem as árvores, nada teria ficado querecordasse o antigo jardim. É esse o pretexto para uma conversa que, além de abordar os antigos e actuais jardins da cidade, poderá ser também acerca das alterações discricionárias a que têm si-do sujeitos os espaços públicos definidores da identidade citadina. A conversa servirá também como sessão de encerramento para o ciclo de visitas a jardins históricos do Porto que a Campo Aberto promoveu durante a Primavera de 2004. Nesse ciclo, iniciado a 17 de Abril com uma palestra e uma visita guiada pela Arq. Teresa Andresen aos jardins da Universidade do Porto, e concluído com o passeio da Casa Tait à Cordoaria que antecede a conversa, visitaram-se ainda o Jardim Botânico e os jardins do Palácio do Freixo e da Quinta de Vilar d’Allen.

Imprimir esta página Imprimir esta página

Deixar comentário