• Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto
  • Jun : 15 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação

Clube Literário do Porto (sito na Rua Nova da Alfândega, 22, Porto – à Ribeira; ver fundo desta página)

Portugal passo a passo: tertúlia com Nuno Ferreira

Dia 4 de Junho, 6ª feira, 21:30

Nuno Ferreira é jornalista e autor do blog www.portugalape.blogspot.com sobre a viagem que iniciou em Fevereiro de 2008 em Sagres com o objectivo de fazer a travessia a pé de Portugal. O blog apresenta-se como um diário de viagem e inclui também fotografias, vídeos e todas as crónicas que publicou entre 1 de Março e 6 de Setembro desse ano na revista “Única”. Leia ainda a notícia publicada no JN.

Venha percorrer com Nuno Ferreira algumas etapas do seu percurso em Portugal, com o apoio de muitas fotografias e de histórias cativantes.



Dia 19 de Abril , 2ª feira

Portugal no Mundo – Memórias e Património em risco

Tertúlia com Joaquim Magalhães de Castro

«Uma delas enuncia um cântico e logo as outras o continuam, tendo nas mãos livrinhos com preces em português corrompido, textos que ao longo de gerações foram copiados à mão. Rezam e cantam pai-nossos, ave-marias e salve-rainhas, embora ninguém entenda o que dizem» (retirado de “Mar de Especiarias”- capítulo “Páscoa em Larantuca”).

Joaquim Magalhães de Castro é jornalista, fotógrafo e investigador da história da expansão Portuguesa. É autor dos livros “Os Bayingyis do Vale do Um- Luso Descendentes na Birmânia” (2001), “A Maravilha do Outro- No Rasto de Fernão Mendes Pinto” (2004) e “Mar de Especiarias – A viagem de um português pela Indonésia”, e dos documentários televisivos “A Outra Face da Birmânia” (2001) e “Dund- Viagem à Mongólia” (2004).

Tendo como fio condutor a viagem que o autor fez pelo arquipélago indonésio, venha conhecer nesta tertúlia, com apoio de diversas imagens, as marcas que a presença portuguesa deixou em tão longínquas paragens ao nível da língua, da música, dos trajes, das lendas, da arquitectura ou da religião.




[gmap zoom=”auto”]

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Património

Um comentário até agora.

  1. Margarida Coelho diz:

    Ouça também a entrevista com Joaquim Magalhães Castro, “O Viajante que melhor conhece o Oriente luso”, no programa «Mais Cedo ou Mais Tarde», de João Paulo Meneses- TSF- http://tsf.sapo.pt/paginainicial/AudioeVideo.aspx?content_id=1548185

Deixar comentário