• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Veja o site da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. “Mercado deve manter a estrutura comercial”
Manuel Vitorino

“Mercado deve manter a estrutura comercial”

Referir o Bolhão é mencionar um ícone da cidade e qualquer intervenção terá de obedecer a critérios rigorosos. Acha que a anunciada renovação contempla este aspecto?

Não sei qual a intervenção prevista e temo que os portuenses também não saibam. Sei uma coisa quem manda na cidade perdeu a memória e não valoriza este elemento da época industrial, como também esqueceu a recuperação do Centro Histórico do Porto. O Bolhão é um elemento importantíssimo da arquitectura do ferro a nível nacional.

Considera, então, que a Câmara do Porto tem manifestado insensibilidade perante a defesa do património da cidade?

Não tenho dúvidas que sim. Veja-se o caso da ponte Maria Pia está a degradar-se e do outro lado do rio, a Câmara de Gaia tem vontade em avançar com um projecto de reabilitação. O que faz a Câmara do Porto? Atira-se à Refer e manda as culpas para o vizinho. Rui Rio esquece-se que as cidades são organismos vivos e que têm o direito de assegurar a sua identidade e idiossincrasia. Não pode lavar as mãos como Pilatos…

Voltemos ao mercado Bolhão. Que programa propõe para a sua reabilitação?

O Bolhão deve manter a sua estrutura de comércio, com equipamentos modernos capazes de promover a atractividade e segmentos de mercado de várias actividades. O Bolhão deve voltar a ser um local de comércio e ponto de encontro.

Um espaço onde as pessoas iam às compras e podiam também conviver. É essa a sua filosofia?

O Bolhão também pode fomentar a cidadania. Um exemplo há uma data de anos, os donos de “A Brasileira” colocaram à volta do café uma série de obras de arte, pinturas de autores famosos. Neste contexto, os clientes tomavam café e admiravam peças artísticas. Há alguns anos, na cantina da Fundação Calouste Gulbenkian, podiam-se ver quadros do pintor Fernando Lanhas. A cidadania também é um acto cultural.

O que espera do Bolhão?

Respondo com várias perguntas a cidade já conhece o projecto? Os portuenses já foram chamados a dar a sua opinião? Que eu saiba não. Pelo que leio nos jornais fico a saber que o projecto foi aprovado pela Câmara do Porto [de autoria do arquitecto Joaquim Massena] e parece ter sido pago.

Os leitores do JN poderão dar, por escrito, o seu contributo neste debate sobre o futuro do mercado do Bolhão. Cada texto, a enviar para o endereço electrónico grandeporto@jn.pt, não deverá ultrapassar os 600 caracteres.

https://jn.sapo.pt/2008/01/10/porto/mercado_deve_manter_a_estrutura_come.html

==========================
2. Referendo para decidir torres eólicas na serra

O Município de Baião admite realizar um referendo local para que a população do concelho decida se quer ver as serras da Aboboreira e Castelo de Matos preenchidas com aerogeradores eólicos. Recentemente deu entrada na Câmara um pedido de parecer para instalação de 120 torres de produção de energia eólica, a repartir pelas serras da Aboboreira e de Castelo de Matos. A relação custos/benefícios do empreendimento para o concelho está a colocar o presidente da Autarquia entre a espada e a parede, ao ponto de José Luís Carneiro admitir avançar para um referendo.

https://jn.sapo.pt/2008/01/10/porto/referendo_para_decidir_torres_eolica.html

==========================
3. Reabilitação da via-férrea começa a entrar no papel

A Câmara de Espinho já lançou o concurso público, no âmbito da União Europeia, para a elaboração do projecto de equipamentos e arranjos exteriores da área que ficará liberta à superfície na sequência do rebaixamento da linha-férrea no centro da cidade.

https://jn.sapo.pt/2008/01/10/porto/reabilitacao_viaferrea_comeca_a_entr.html

==========================
4. Circular a trinta à hora dentro das cidades

O limite máximo de circulação automóvel nas áreas urbanas vai cair dos 50 para os 30 quilómetros por hora. A medida é polémica e acompanha a entrada em vigor da carta por pontos, se for aprovada a Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária, ainda longe do consenso.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=b6d767d2f8ed5d21a44b0e5886680cb9&subsec=&id=57feda44c5f4a5a9b1f0cd86a6119868

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais
ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt
www.campoaberto.pt

Selecção hoje feita por Cristiane Carvalho

======================================

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário