İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

    Remar contra a maré. Lutar contra o inevitável, controlar os danos na melhor das hipóteses. Por todo o lado, as notícias queimam: a construção em reserva ecológica, o rio entubado, as árvores mutiladas, autarquias em frenesi de expansão da malha urbana e do imobiliário – sem necessidade, como que obedecendo a alguma agenda secreta de cupidez e interesses inconfessáveis. Ou requalificações que degradam e empobrecem, imposições contra a vontade dos cidadãos. Enquanto se evoca, em vão, a muleta do desenvolvimento sustentável, que já ninguém parece saber exactamente o que seja.

    Mas, então, não se pode fazer nada? Resta­nos esperar, indignados mas quietos, a destruição da beleza, da paisagem, dos ecossistemas?

    A Campo Aberto existe para dizer que é possível agir, e é imperioso unir o vasto sector da opinião pública que quer a defesa do ambiente e acredita ainda nos valores da cidadania. Como alguém disse, se podemos fazer tão pouco – então porque não o fazemos?

    Queremos ser um espaço de acção e de reflexão, feito de diversidade de opiniões que se conjugam na defesa dos valores naturais, do equilíbrio na construção das cidades, da vida mais harmoniosa e convivial para todos.

    Por isso, 2007 será – se fizermos por isso, com empenho – um ano de afirmação dos valores ambientais e de oposição ao que contrarie esse objectivo. A Campo Aberto pode e deve dar o seu contributo. Dar mais força à nossa associação é reforçar as condições para uma acção mais produtiva e participada.

    Caro amigo: torne­se sócio da Campo Aberto. Caro sócio: responda ao APELO AOS SÓCIOS que segue com este boletim, integre grupos de trabalho, contribua com o pouquinho em que pode contribuir. Sem esse seu pouquinho a Campo Aberto não será tão forte.

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Iniciativas

    Deixar comentário