• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente 394 participantes inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é
e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2006

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Vila do Conde realiza formação na área da mobilidade

A Câmara de Vila do Conde, município que integra a Rede Nacional de Cidades e Vilas com Mobilidade para Todos, organiza, no âmbito do Programa de Comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, no próximo dia 6 de Dezembro, na Biblioteca Municipal, a Acção de Formação «Cidades sem Barreiras, Cidades para Todos». O objectivo da iniciativa passa pela aensibilização e formação técnica na área da Acessibilidade e Mobilidade, através de conceitos de integração dos projectos que interferem no espaço urbano por forma a construir uma cidade sem barreiras arquitectónicas e proporcionar a todos os participantes, um momento de diálogo, debate, partilha de experiências, metodologias e reflexão sobre esta problemática e sua relação com as dificuldades de integração que afectam as pessoas com mobilidade condicionada.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=b8387f3936262da3fc5ce53f62e9dcc8

==========================
2. Agrupamento Júlio Dinis inicia programa nacional e procura o galardão da bandeira verde
Escolas ecológicas em Gaia

O ser humano é o principal causador de muitos dos malefícios ecológicos e ambientais que o nosso planeta hoje enfrenta. A sociedade nem sempre teve consciência disto e os atropelos foram-se sucedendo em catadupa em nome do desenvolvimento. Por uma consciência mais alerta, por um futuro realmente verde e livre de poluição têm surgido inúmeros projectos que envolvem de uma forma mais activa as crianças e os jovens. Ontem, foi a vez do agrupamento vertical Júlio Dinis, em Vila Nova de Gaia, dar o pontapé de saída num desiderato nacional denominado de «Programa Eco-Escolas». A ideia é a de que a partir deste momento os estabelecimentos de ensino do citado agrupamento e que se situam nas freguesias de Sermonde, Grijó e Seixezelo, promovam uma série de actividades de sensibilização e educação ambiental. Criar um verdadeiro espírito ecológico na comunidade é o real objectivo. Em declarações ao JANEIRO à margem do primeiro conselho eco-escolas – no qual participaram professores, representantes dos encarregados de educação e dos alunos, auxiliares de educação e autarquias – o coordenador do programa salientou que já durante a próxima semana serão feitas visitas a Estações de Tratamento de Águas Residuais e aterros sanitários. Artur Vieira realçou que muitas iniciativas de sensibilização ambiental já são levadas a cabo nas escolas, mas estas acabam por não ser registadas. Com a adesão ao programa, “cada actividade vai ser divulgada, vamos olhar de outra forma para o ambiente e inseri-lo dentro do currículo escolar”.
Ao longo deste ano o agrupamento assegura a execução de um trabalho árduo para que no final as escolas participantes possam ser galardoadas com a bandeira verde do «Programa Eco-Escolas». O projecto prevê neste ano hastear 356 bandeiras em 127 municípios do continente e regiões autónomas, as quais simbolizam o reconhecimento da existência de um empenhado trabalho na área da educação ambiental. Mas para que este prémio seja atribuído, os estabelecimentos escolares terão de seguir a metodologia proposta pelo programa e realizar actividades sobre os temas-base que são a água, os resíduos e a energia e sobre o tema do ano que é as alterações climáticas. O município de Gaia apenas tem actualmente três bandeiras-verdes, mas contará no próximo ano com mais 10, fruto do envolvimento do agrupamento Júlio Dinis.
O «Programa Eco-Escolas» envolve 48 por cento dos municípios portugueses e está certificado pelo UNEP – United Nations Environmental Program como um dos instrumentos fundamentais para o Desenvolvimento Sustentável e a Agenda 21 Local.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=ba649b8a8a81d5e8b057e205b8b2b519

==========================
3. Construção e Ambiente

O secretário de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades disse ontem que o Governo pretende recorrer aos próximos fundos comunitários para reforçar o apoio à reabilitação de construções que privilegiem métodos ambientalmente sustentáveis. João Ferrão afirmou que está em preparação um reforço de apoios, embora já existam, no âmbito do Instituto Nacional da Habitação, taxas de crédito mais baixas para quem recorrer à reabilitação usando construções amigas do Ambiente. “Estamos a preparar novos instrumentos políticos de reabilitação no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional, e dentro do processo de reabilitação que vamos aprovar será valorizada a construção sustentável”, frisou, acrescentando que “serão estimuladas boas práticas de construção através da criação de condições financeiras mais favoráveis a quem acolha estas soluções”.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=b6d767d2f8ed5d21a44b0e5886680cb9&subsec=&id=9ebf6a4c428af15fc9bbfde3d19af527

==========================
4. Ponte móvel pronta em Junho de 2007

A conclusão das obras da ponte móvel de Leixões está prevista para Junho do próximo ano, adiantou, ontem, Ricardo Fonseca, presidente do Conselho da Administração da APDL, durante a cerimónia de apresentação do projecto do terminal de cruzeiros. A intervenção também foi destacada pela secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, que aproveitou para sublinhar uma curiosidade técnica da empreitada “Em pontes desta natureza, será aquela que terá o quarto maior vão a nível mundial” . A governante realçou ainda que a obra irá “eliminar o actual estrangulamento na passagem para o interior do porto”.

https://jn.sapo.pt/2006/11/23/porto/ponte_movel_pronta_junho_2007.html

==========================
5. Fugas de fuel do “Prestige” sem relevo

A Plataforma de cidadãos galegos “Nunca Mais” desvalorizou as fugas de fuelóleo do petroleiro Prestige detectadas nos últimos dias, mas criticou a “política da avestruz e do deixar andar” do governo espanhol.

“O que é grave é que governo de Madrid não quer assumir o que está a acontecer, apesar de o Instituto Oceanográfico de Vigo ter garantido há dias, em comunicado oficial, que as manchas de fuelóleo que têm sido detectadas nos último s tempos são provenientes do Prestige”, referiu José Sanchez, porta-voz da Plataforma “Nunca Mais”, a organização criada poucos dias depois do acidente com o petroleiro “Prestige”, que causou a maior catástrofe ecológica da União Europeia.

https://jn.sapo.pt/2006/11/23/sociedade_e_vida/fugas_fuel_prestige_relevo.html

==========================
6. Terminal de cruzeiros é “ambição” para 2011

Custa cerca de 35 milhões de euros e deverá “dar à costa” em 2011. Vai poder receber navios com comprimento até 300 metros, terá ainda um porto de recreio e espaços de comércio e restauração, inseridos num edifício esteticamente arrojado, de formas “tentaculares”. O projecto do terminal de cruzeiros do porto de Leixões foi ontem apresentado pela Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL). Com ambição quanto baste, até porque a intenção é atrair o investimento privado para o estabelecimento de parcerias. O contributo dos fundos comunitários também é esperado.

https://jn.sapo.pt/2006/11/23/porto/terminal_cruzeiros_e_ambicao_para_20.html

==========================
7. Figueira da Foz: Iberdrola investe 400 milhões de euros

A primeira central de ciclo combinado a gás em Portugal vai nascer na Figueira da Foz. O anúncio foi feito ontem pela eléctrica espanhola Iberdrola que adiantou que a central vai custar 400 milhões de euros e que entrará em funcionamento em finais de 2009.

No mesmo documento, a empresa espanhola sublinha que este projecto enquadra-se no “Plano Estratégico do grupo pela promoção das tecnologias de produção mais limpas (ciclos combinados e energias renováveis, sobretudo parques eólicos), imprescindíveis para cumprir os objectivos do Protocolo de Quioto”.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=23e3109c144f9f21bc51d5d775a14cbf

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais
ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt
www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Selecção hoje feita por Cristiane Carvalho

======================================

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário