[Esta lista tem actualmente 398 participantes inscritos.]

    Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
    https://www.campoaberto.pt/
    https://campo-aberto.blogspot.com/

    Comente, participe, divulgue.

    =================================

    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    =================================

    Sexta-feira, 24 de Novembro de 2006
    =================================

    1. País: Mau tempo provoca inundações e queda de árvores no centro do país

    O mau tempo já causou hoje 232 inundações e 174 quedas de árvores e forçou o
    corte de 28 estradas nacionais e de várias linhas ferroviárias. As cheias
    nos rios Águeda e Nabão poderão ainda afectar Tomar e Águeda.

    https://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1277686&idCanal=75

    =================================

    2. Grande Porto estreia hoje mais 18 km de auto-estradas

    51 câmaras vão vigiar as novas auto-estradas
    São 18,1 quilómetros para estrear e 14,3 quilómetros de piso renovado e
    alargado. Após sucessivos adiamentos, o ministro das Obras Públicas, Mário
    Lino, inaugura, hoje, os novos troços de auto-estrada que vão servir o
    distrito do Porto. Por agora, ainda sem portagens. Mas com 51 câmaras de
    vídeo-vigilância, de acordo com as informações da Aenor, concessionária
    daqueles troços (e de mais 22,5 quilómetros já em serviço, entre Alfena,
    Valongo, e Paços de Ferreira)
    https://jn.sapo.pt/2006/11/24/porto/51_camaras_vigiar_novas_autoestradas.html

    Inauguração de quatro sublanços beneficiarão sobretudo Maia e Matosinhos
    Trânsito no Grande Porto promete fluir melhor

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=fe9371ab7929c249ae6075f70095ed21

    =================================

    3. Ibéria: Associação de vilas e cidades ibéricas

    Uma associação de vilas e cidades ibéricas, com o objectivo de captar fundos
    para a recuperação dos núcleos a muralhados, nasceu ontem oficialmente em
    Plasencia, Cáceres, Espanha. Segundo o presidente da Câmara de Monção, uma
    das vilas que fará parte da associação, são 26 as localidades portuguesas e
    28 as espanholas com muralhas convidadas para integrar o novo organismo.
    O autarca socialista, José Emílio Moreira, manifestou-se convencido de que a
    nova associação, denominada Foro Ibérico de Ciudades Amuralladas (FICAM),
    poderá dar um contributo significativo para a divulgação e preservação das
    mural has de Monção, desde 1910 classificadas como Monumento Nacional. A
    FICAM apresenta como objectivos a organização e desenvolvimento de
    actividades destinadas à conservação e sensibilização do património
    construído e a promoção deste como veículo turístico e gerador de riqueza.
    No âmbito das actividades da nova associação encontra-se ainda a captação
    pública e privada de recursos económicos para a restauração e valorização do
    casco amuralhado, estando prevista a apresentação de candidaturas aos
    respectivos programas comunitários.

    https://jn.sapo.pt/2006/11/24/minho/associacao_vilas_e_cidades_ibericas.html

    =================================

    4. Vale do Lima: Reinventar o turismo

    Magalhães Costa
    Solares de Portugal registam maior concentração no Minho
    OMinho quer agarrar o património familiar para aumentar a oferta do Turismo
    no Espaço Rural, onde detém já cerca de 70% da rede nacional “Solares de
    Portugal”, ou seja, 71 casas, com uma média anual de 25 mil turistas. Um
    número, por enquanto, considerado “muito baixo” por Francisco Calheiros,
    presidente da TURIHAB, reportando-se à identidade própria do Minho como
    região “por excelência” do turismo de habitação.
    “Os Solares de Portugal é um projecto que nasceu no coração do Minho, uma
    região que tem sido, ainda, secundarizada ao nível do desenvolvimento
    turístico”, disse Francisco Calheiros, numa alusão à região do país que
    regista maior concentração de casas senhoriais.
    É neste contexto que a Associação de Desenvolvimento Rural Integrado do Lima
    (ADRIL), associada da TURIHAB, acaba de apresentar uma candidatura na
    Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), tendo
    por objectivo “reinventar” o turismo minhoto, ao nível do alojamento
    turístico de qualidade inserido em espaços de grande valor patrimonial e
    histórico.
    Uma ideia reforçada por Sande de Lemos, da Unidade de Arqueologia da UM,
    para quem o Minho “é um universo desconhecido” da arqueologia de montanha.
    “Existem cidades e aldeias que são autênticos puzzles históricos e que podem
    atrair novos públicos e turistas, através da criação de itinerâncias e
    circuitos temáticos ligados à herança romana, ao património megalítico e à
    arte rupestre”, disse.
    “Cultura, património e formação” é o slogan do projecto – ontem apresentado
    em Braga – elaborado pela TecMinho/UM, visando uma identidade cultural da
    região do Minho, nas suas vertentes do património natural, arquitectónico e
    turístico.
    Manuel Mota, vice-reitor da Universidade do Minho, considerou a “região de
    oportunidades” para o investimento turístico, elegendo, entre outras áreas,
    o turismo termal, turismo ambiental e patrimonial e o turismo radical.
    Pretende-se, assim, criar uma “Bolsa de Ideias” para projectos que possam
    ser enquadráveis nos programas do próximo Quadro Comunitário de Apoio.

    https://jn.sapo.pt/2006/11/24/minho/reinventar_o_turismo.html

    =================================

    5. Póvoa de Lanhoso: Projecto Biológic@ pode alongar-se

    O projecto internacional Biológic@, liderado pela Câmara da Póvoa de
    Lanhoso, e com o fim previsto para Março, pode vir a ser prolongado. Isso
    mesmo é o que pretende a autarquia, revela a vereadora do Ambiente, Fátima
    Moreira. “O trabalho está atrasadoa nível dos nossos parceiros”, disse,
    colocando a possibilidade de ser prolongado por mais três meses. “Já temos
    feedback nesse sentido, de forma a conseguirmos a execução total”, revela a
    edil.
    Apostada em lançar a criação de forma biológica do porco bísaro como
    produto-referência da Póvoa de Lanhoso, a Câmara já está a pensar na fase
    “depois do Biológic@”.
    Hoje, a Povoa de Lanhoso alia-se à Semana Nacional BIO com uma conferência
    sobre a Agricultura Biológica na Região e o apoio do Projecto Biologic@ na
    resolução dos problemas, na Casa da Botica. Berta Carvalho

    https://jn.sapo.pt/2006/11/24/minho/projecto_biologic_pode_alongarse.html

    =================================

    6. Espinho: Vigília nocturna juntou 150 em defesa do hospital

    Natacha Palma
    “Aqui, sou mais conhecida que o doce da Teixeira”, diz Paula Zagalo, com um
    encolher de ombros e um meio sorriso. Aos 41 anos, sofre de enfisema
    pulmonar, doença que a faz ser “cliente” habitual, quase diária, do Serviço
    de Urgência do Hospital de Espinho. Anteontem à noite, Paula Zagalo era uma
    das cerca de 150 pessoas que participaram numa vigília frente ao Hospital
    Nossa Senhora da Ajuda, promovida pelo PCP, em defesa da manutenção da
    Urgência, uma das 14 em todo o país que o Governo equaciona encerrar. De
    vela acesa em punho, Paula Zagalo, tal como muitos dos presentes, disse
    temer ter de recorrer ao Serviço de Urgência do Hospital de S. Sebastião, na
    Feira. “Tenho crises constantes de falta de ar e os médicos já me disseram
    que se tivesse de ir para a Feira, poderia não chegar lá a tempo de ser
    socorrida”, contou.

    https://jn.sapo.pt/2006/11/24/porto/vigilia_nocturna_juntou_em_defesa_ho.html

    =================================

    7. Viana: Maioria das juntas reclama alterações ao PDM
    Vinte e nove das quarenta juntas de freguesia do concelho de Viana do
    Castelo apresentaram reclamações durante o período de consulta pública
    referente à nova proposta de Plano Director Municipal (PDM), cujo prazo
    expirou no passado dia 31 de Outubro.

    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=11&d=24&uid=&id=109079&sid=12020

    =================================

    8. Minho: Estudo do Governo sobre portagens apresenta “erros grosseiros e
    incoerências”
    Ana Peixoto Fernandes

    Movimento Alto Minho Contra Novas Portagens contesta documento que serve de
    suporte à decisão de introduzir portagens

    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=11&d=24&uid=&id=109083&sid=12020

    =================================

    9. Faltam soluções no Douro para resíduos de construções

    Especialista da UTAD alerta para “uma das maiores dissonâncias ambientais”
    da região

    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=11&d=24&uid=&id=109082&sid=12020
    =================================

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
    Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
    jornais ou fontes de informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
    Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

    Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

    Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

    www.campoaberto.pt
    campo-aberto.blogspot.com

    Apartado 5052
    4018-001 Porto
    telefax 22 975 9592
    contacto@campoaberto.pt

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário