İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

    Recorde-se que em 5 de Maio de 2005 a Associação Campo Aberto enviou uma carta à Provedoria da Justiça manifestando a sua perplexidade pela ausência de participação pública no projecto de alteração da Av. dos Aliados. Invocando artigo 4º da Lei n.º 83/95, a Associação solicitava ao Sr. Provedor da Justiça uma intervenção junto das autoridades competentes, nomeadamente a Câmara Municipal do Porto, na figura do seu Presidente, para que se procedesse à “audição dos cidadãos interessados e das entidades defensoras dos interesses que possam vir a ser afectados”.

    A resposta chegou finalmente.
    Do blogue da Campo Aberto trancreve-se a parte mais importante do ofício lá publicada:
    «(…) Informo que a queixa que V. Ex.as., registada na Provedoria de Justiça em 12/05/2005, deu origem ao processo R-1962/05 (A1) (…).

    Vai proceder-se à análise das questões suscitadas e à audição do Senhor Presidente da Câmara Municipal do Porto, de modo a procurar esclarecer o assunto, nos termos que se justificarem.

    Não competindo ao Provedor de Justiça pronunciar-se sobre o mérito do projecto municipal, a nossa intervenção terá como escopo sindicar o alegado incumprimento da Lei n.º 83/95, de 31 de Agosto, e eventualmente a Lei n.º 107/2001, de 8 de Setembro.
    (…)
    O Coordenador, André Folque»

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Deixar comentário