İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    [PNED] 13 Abr/ Jardins e Centros Comerciais
    Domingo, 13 de Abril de 2003

    (Para qualquer problema com esta lista, seguir por favor as instruções do
    rodapé desta mensagem.)

    Seguem-se o sumário (Publico e JN) e os resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do JN, em 13 de Abril
    de 2003. A selecção é da associação Campo Aberto. Para os textos integrais
    consultar as referidas páginas ou a respectiva edição em papel.

    PNED = Porto e Noroeste em Debate

    Notícias fora deste âmbito geográfico podem a título excepcional ser
    incluídas por apresentarem interesse evidente para questões relativas ao
    Porto e Noroeste.

    DESTAQUE: Jardins e Centros Comerciais

    Num texto sobre centros comercais no Porto, lê-se no Público que a
    substituição de mesas de convívio por rectângulos de granito dispersos no
    Jardim da Cordoaria, com as obras recentes, teria levado muitos idosos a
    passarem a utilizar para o seu convívio as zonas de cafés dos centros
    comerciais. Os projectistas terão previsto o desencorajamento a essa
    utilização do jardim? Se não, parece uma omissão. Se sim, teria sido pior
    que uma omissão.

    SUMÁRIOS

    Público

    1. Porto: o Bairro das Areias de má memória acabou, barracas do Freixo com
    fim à vista
    2. AMP: produção de lixo no Grande Porto em queda
    3. AMP: Centros Comerciais do Grande Porto: um espaço público?

    JN

    1. Espinho: Associação cívica quer roubar espaço a partidos
    2. Porto: Fim ao aparcamento caótico (ao Campo Alegre)
    3. Gaia: Obras iniciadas não são concluídas
    4. Porto: Requiem nas Areias: Demolição

    JN

    RESUMOS

    1. Espinho: Associação cívica quer roubar espaço a partidos

    Debates Cerca de 300 pessoas abraçaram projecto que terá como primeiro tema
    a debater a defesa da costa
    Natacha Palma

    A Associação Cívica de Espinho nasceu anteontem à noite e já tem cerca de
    300 pares de pernas para andar. Num jantar que reuniu mais de três centenas
    e meia de convidados, a comissão instaladora da associação deu a conhecer os
    estatutos e objectivos do fórum e, mais uma vez, reafirmou a sua posição
    apartidária.

    2. Porto Fim ao aparcamento caótico

    mudança Alunos de Arquitectura convidados a requalificar a zona do Teatro
    Campo Alegre e do Planetário Concurso de ideias da Fundação Ciência e
    Desenvolvimento avança em Maio
    José carmo Carla Sofia Luz

    A vizinhança do Teatro do Campo Alegre e do Planetário vai mudar de visual.
    A Rua das Estrelas funciona, hoje, como um depósito de estacionamento
    desordenado e o pequeno arruamento sem saída (Rua do Universo) que separa os
    dois equipamentos do Porto chega a acolher três filas de automóveis.

    3. Gaia: Obras iniciadas não são concluídas

    protesto Comunistas de Valadares alertam para o abandono de diversas
    empreitadas na freguesia
    Virgínia Alves

    “Valadares é apenas um exemplo do que se passa em Gaia. Obras iniciadas em
    campanha eleitoral, mas que não são concluídas, inciando-se outras que terão
    o mesmo fim”, afirmou, ontem, Ilda Figueiredo, deputada da Assembleia
    Municipal pela CDU, durante uma visita a essa freguesia.

    4. Porto: Requiem nas Areias

    Demolição Numa semana, Paulo Morais fez desaparecer o velho bairro de
    Azevedo/Campanhã Autarca promete “nó de cidadania” para o local
    Alice Rios

    A Câmara Municipal do Porto limpou, ontem, a paisagem da zona oriental da
    cidade de “uma mancha”, conforme classificou Paulo Morais, vereador da
    Habitação, “de que todos os portuenses se envergonhavam”: o Bairro das
    Areias. Em poucos minutos, as máquinas transformaram o bairro numa montanha
    de lenha. Isto porque se tratava de um conjunto habitacional constituído por
    vários pavilhões pre-fabricados que abrigaram, durante mais de 15 anos, 20
    famílias e que estavam praticamente podres. A sentença de morte do bairro
    tinha-a assinado Paulo Morais uma semana antes.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://www.egroups.com/group/pned

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário