İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

    Quinta, 6 de dezembro, às 21:30

    Livro apresentado pelo Autor, João Pinto Vieira da Costa, com projeção de imagens. Entrada livre e gratuita. Na sede da Campo Aberto: Rua de Santa Catarina, 730-2.º

    Por motivos logísticos é necessário inscrever-se, enviando um email com nome e telefone de cada pessoa a inscrever, para: jcdcm@sapo.pt

    Prazo: até terça, 4 de dezembro 2012.

    Aos brinquedos industriais, mecânicos e eletrónicos, que nas décadas recentes invadiram o quotidiano infantil, contrasta Vieira da Costa (como moderação, antídoto ou alternativa), brincadeiras e passatempos feitos à base de plantas.

    Recolhidas no espaço de Trás-os-Montes e também na sua aldeia natal de Alpendorada e Matos, no concelho de Marco de Canaveses, o autor acredita que muitos desses brinquedos, dos cerca de cem que descreve, estarão certamente disseminados pelo país.

    As plantas utilizadas são apresentadas por ordem alfabética e acompanhadas de fotografias, quer da planta quer dos brinquedos ou passatempos a que deram origem.

    Vieira da Costa aponta a importância do universo vasto de sensações e conhecimentos, de cores, cheiros, árvores e frutos que se entranham nos objetos e na memória daqueles que os construíram, completados pela imaginação infantil. Uma riqueza que o brinquedo moderno não pode inteiramente substituir nem fazer esquecer.

     

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Notícias

    Um comentário até agora.

    1. Brincar com Plantas Educando? Venha debater connosco! Ciclo Reaproximar a Criança da Natureza » TRIPLO II diz:

      […] https://www.campoaberto.pt/2012/11/18/flora-de-brincadeiras/ […]

    Deixar comentário