Por vezes recebemos no nosso email algumas perguntas que pelo seu carácter genérico poderão ser úteis para outras pessoas, nesse sentido passaremos a divulgar a pergunta e a resposta que demos.

    Recebido a 26-nov-2010
    Exmos Senhores
    Estou a fazer um trabalho sobre árvores e necessito de informações sobre as espécies indígenas existentes na área metropolitana do Porto e qual a sua localização.
    Terão porventura a possibilidade de me dar uma ajuda neste campo?

    Resposta da Campo Aberto
    Desde já, agradecemos o contacto. A propósito da sua pergunta, enviamos o documento em anexo acerca da biodiversidade da AMP, onde poderá encontrar informação útil.

    No passado, a vegetação arbórea da região era dominada predominantemente por carvalhos, sobreiros e castanheiros, e outras espécies de folhosas. Com o passar dos anos, a AMP foi invadida pelo pinheiro-bravo e o eucalipto, e por algumas espécies exóticas, como as acácias e as mimosas.

    Ainda subsistem alguns bosquetes de carvalhos-alvarinho e sobreiros na região. Uma das melhores zonas para encontrar estas árvores em bom estado de conservação são os concelhos de Santo Tirso e Trofa, por exemplo, nas cabeceiras do rio Leça, junto à sua nascente.

    No entanto, podem ser encontradas em toda a região, muitas vezes um ou dois exemplares em bosques mistos com pinheiros ou eucaliptos.

    Estamos à sua disposição, caso seja necessário.

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Notícias

    Deixar comentário