İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

    19 de Junho

    Data limite de inscrição: 17 de Junho

     Passeio limitado a 30 inscrições 


    O Parque Natural do Alvão (PNA) situa-se na cadeia montanhosa definida pelas serras do Alvão e do Marão. Apresenta uma zona de altitude, com larga bacia granítica, onde nasce o rio Olo e alguns dos seus afluentes, e uma zona mais baixa, de xisto (zona de Ermelo), onde este rio corre encaixado. Entre a zona de Lamas de Olo, de altitude, e a zona de Ermelo, de vale de submontano, existe uma barreira de quartzitos que origina um “degrau” cuja charneira são as espectaculares quedas de água das Fisgas de Ermelo. O PNA assenta a sua actividade agrícola na criação extensiva de raças autóctones (bovina maronesa e caprina bravia), associada à produção de fenos nos lameiros, centeio e milho).


    Apesar de ser uma Área Protegida de reduzida dimensão, encontramos no PNA uma grande diversidade biológica (vegetação, flora e fauna) e paisagística, em resultado da conjugação de variados factores – influências entre o litoral húmido e o interior crescentemente mais seco mas também pela componente altitudinal onde o clima de alta montanha se faz sentir e devido à intervenção humana na modelação da paisagem.

    (imagem retirada de https://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_Natural_do_Alv%C3%A3o; texto adaptado de folheto do Parque Natural do Alvão)

     

    Programa:

     7:15 – Encontro junto ao café Velasquez na Praça Francisco Sá Carneiro no Porto

     7:30 – Saída do Porto em autocarro

     10h – Chegada a Pardelhas para visitar as silhas

     10:30 – Chegada a Ermelo e início da caminhada de 8 km (cerca de 3h) ao longo de uma levada

     14:00 – Almoço em Fervença (por conta dos participantes; mais informações em baixo)

     16h – Visita a Lamas de Olo

    18h – Regresso ao Porto


    Informações gerais

    – A deslocação até ao Parque Natural do Alvão será feita em camioneta contratada pela organização.

    – O almoço será em regime piquenique ou restaurante a cargo dos participantes. Caso opte pelo restaurante, o preço por pessoa é de 7,5 €, existindo dois menus:  massa à lavrador ou arroz de feijão com chouriça e costeletas/panados. Indique no campo “observações” do formulário de inscrição caso opte por almoçar no restaurante e qual o menu. Caso opte pelo pic-nic, existe um local acolhedor na parte de baixo/exterior do restaurante.


    Mapa da região a visitar

     

     

      

      

      

      

      

      

    Custo

    Sócios da Campo Aberto – 20 €)

    Não-sócios – 25 €)

    (Nota: pode tornar-se sócio ao mesmo tempo que se inscreve neste passeio)


    Inscrições

    As inscrições são feitas através de preenchimento de formulário no site da Campo Aberto até ao dia  15 de Junho (https://www.campoaberto.pt/contacte-nos/inscricoes-1/). A Campo Aberto confirmará no prazo de 2 dias a disponibilidade das vagas, devendo o pagamento ser feito nos dois dias seguintes, sendo para o efeito fornecidas instruções por correio electrónico.


    Mais informações

    Para mais informações enviar um e-mail para passeios@campoaberto.pt.


    Organização

    Campo Aberto


    Apoio

    BASTO RADICAL, Organização de Eventos Turísticos

    bastoradical@portugalmail.pt


     

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Deixar comentário