İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    PASSEIO ADIADO PARA 17 DE MAIO DEVIDO À PREVISÃO DE MAU TEMPO NO DIA 10 

    Sábado, dia 10 de Maio de 2008, a Campo Aberto organiza um percurso ao Castro de Ovil (Paramos), Parque da Gruta da Lomba/Picadela (Guetim) e Bicha das 7 Cabeças (Silvalde), no concelho de Espinho, guiado pelo botânico Prof. João Gonçalves e pelo Dr. Abel Casal Ribeiro (técnico superior de arqueologia da Câmara Municipal de Espinho).

    O Castro de Ovil, situado numa colina sobranceira à ribeira de Rio Maior que desagua na Barrinha de Esmoriz/Lagoa de Paramos, para além do elevado valor histórico-cultural com a presença de ruínas arqueológicas da Idade do Ferro e do período Pré-romano e elementos de arqueologia industrial, possui também um significativo valor natural, inserido numa área verde interessante em termos de biodiversidade e aprazível do ponto de vista lúdico.

    O Parque da Gruta da Lomba e a Picadela são outros espaços a visitar atravessados pela Ribeira do Mocho e com árvores centenárias nas suas margens. A existência de uma gruta em pedra deu origem à conhecida marca de refrigerantes Gruta da Lomba, sendo utilizados como locais para convívios e piqueniques pelas populações. A área envolvente à Bicha das 7 Cabeças preenche o imaginário colectivo da freguesia de Silvalde pela lenda popular associada a este local. Ladeada pela Ribeira de Silvalde, é uma área de floresta e vegetação ripícola, com campos agrícolas e moinhos abandonados que importa preservar e salvaguardar como futuro espaço público e de lazer.

    Estes locais encontram-se em risco e ameaçados pela poluição das ribeiras que os atravessam, o abandono do património e das práticas agrícolas e a deposição de lixos, mas, pelo seu valor ambiental e patrimonial, integram a campanha dos 50 espaços verdes em perigo – 50 espaços verdes a preservar da Campo Aberto. Através destas visitas, pretendemos desfrutar de alguns espaços verdes em Espinho, estimulando uma relação mais equilibrada entre o homem e o ambiente, e potenciando os recursos naturais e patrimoniais existentes.

    As inscrições são obrigatórias e limitadas!

    O transporte será feito por automóvel individual segundo um esquema de boleias partilhadas ou comboio. Pede-se uma contribuição de 2 euros aos sócios (da Campo Aberto e da Quercus) e 5 euros aos não-sócios. No acto da inscrição (ver contacto em baixo) indique o seu nome, telefone, correio electrónico e se precisa/pode disponibilizar boleia (e, neste caso, para quantas pessoas) ou se vai de comboio. Actividade de nível de dificuldade baixo. Prevê-se o término da actividade antes das 16h00. O almoço será no Parque da Picadela (para piquenique) ou no Restaurante Grelha (em Guetim), à escolha do participante.

    Leve calçado confortável e lanche.

    Pontos de encontro:
    Espinho, às 09h10: bombas da BP na Rua 19, após as rotundas do acesso ao IC24 e seguindo em direcção ao centro de Espinho.
    Silvalde, às 09h35: estação de Silvalde (sugestão: comboio Porto-Aveiro com partida de Campanhã às 09h00 e chegada a Silvalde às 09h29), onde se juntará o grupo em transporte próprio.

    Informações e inscrições:
    Mafalda Sousa (mafaldamorim@gmail.com /
    tel. 936459045)
    Lúcia Fernandes (tel. 938667625)

    Organização: Campo Aberto

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Deixar comentário