• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio.

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
www.campoaberto.pt
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592

======================
==========================
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

==========================
Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.
==========================
==========================
Opinião 1: Tudo bons rapazes

Durão Barroso foi o último do “bando dos quatro” (ou dos “três mais
um”) reunido nas Lajes em Fevereiro de 2003 a retractar-se. Fê-lo
quando, centenas de milhares de mortos depois, parece ter chegado
finalmente à conclusão de que “a operação do Iraque está a correr
manifestamente mal, está a correr muito mal”, e desculpando-se com a
alegação de que “houve informações” que lhe foram “dadas”, e “a
outros”, que “não correspondiam à verdade”. Isto é, alguém (Barroso
pudicamente não identifica quem terá sido) lhe mentiu, garantindo-
lhe, entre mais coisas, que Saddam tinha armas de destruição maciça
escondidas debaixo da cama, e ele, ingenuamente, acreditou, e até
subscreveu uma carta a apelar a outros dirigentes europeus que
acreditassem também e marchassem sobre o Iraque sem querer saber da
lei (da moral nem se fala) internacional. Quem anda por tribunais
criminais ouve todos os dias explicações semelhantes quando
uma “operação” corre “manifestamente mal” “Estou inocente”, “A culpa
não foi minha”, “Fui enganado”… Até Bush diz agora que foi
enganado. A cimeira das Lajes foi apenas, sabemos agora, uma reunião
de escuteiros crédulos e bem intencionados que alguém (nunca se
saberá quem) convenceu a comprar uma cautela que afinal não estava
premiada.

Manuel António Pina

https://jn.sapo.pt/2007/11/20/ultima/tudo_bonsrapazes.html

==========================
1. Norte: Consumo de energia está acima da média nacional

Nos últimos dez anos, o consumo de energia eléctrica no sector
doméstico na Região de Entre Douro e Vouga (REDV) aumentou 143%, o
dobro da média nacional. Para contrariar os elevados consumos
privados e públicos e consequentes emissões de dióxido de carbono
(CO2), os municípios que compõem a região (Arouca, Santa Maria da
Feira, Oliveira de Azeméis, S. João da Madeira e Vale de Cambra)
começaram já a implementar vários sistemas, como a alteração do
sistema de iluminação pública e aquecimento de recintos.

Estas preocupações vão estar, amanhã, em análise no
seminário “Educação para a Prevenção das Alterações Climáticas”
promovido pela EDV ENERGIA – Agência de Energia do Entre o Douro e
Vouga.

O aumento do consumo global de energia eléctrica entre 1995 e 2005
foi de 60,9% em Portugal, enquanto na REDV foi de 71%. Já o consumo
no sector doméstico sofreu nos últimos dez anos um aumento (a nível
nacional) superior a 74%. Nesse período, o número de consumidores
aumentou apenas 24%. Nos concelhos da REDV, foi mais acentuado,
registando-se um aumento de 143% no consumo de electricidade, para um
crescimento de apenas 30% no número de consumidores.

Um aumento que pode ser explicado, segundo o director da REDV
Energia, Pedro Santos, com um maior investimento da população “nos
níveis de conforto das suas habitações”, nomeadamente na aquisição de
equipamento como ar condicionado e aquecedores.

https://jn.sapo.pt/2007/11/20/porto/consumo_energia_esta_acima_media_nac.html

==========================
2. Porto: Petição a pedir regras para sacos plásticos

A Lipor – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande
Porto está a promover uma petição por um consumo sustentável de sacos
de plástico, que levam em média 500 anos a degradar-se. A ideia é
conseguir que sejam impostas “medidas legislativas/regulamentares que
limitem a utilização de sacos de plástico”, afirmou Paulo Rodrigues à
Lusa.

Segundo referiu, os sacos de plástico são consumidos de uma forma
irreflectida, acabando muitos abandonados no solo. A Lipor pretende
recolher pelo menos 2500 assinaturas até ao fim do ano para depois
entregar a petição na Assembleia da República. No texto a entregar, a
Lipor afirma que o consumo de sacos de plástico atinge em todo o
Mundo cerca de “500 biliões de unidades anualmente”. “Em Portugal,
são produzidos, anualmente, milhares de sacos.

A Lipor disponibiliza no site www.eunaofacolixo.com os modelos para
subscrever a petição. Para incentivar a população a utilizar de forma
racional os sacos de plástico, a Lipor começou a dar numa freguesia
de Espinho um trólei para transporte de compras. A iniciativa será
alargada, no próximo ano, começando pela Senhora da Hora, em
Matosinhos.

https://jn.sapo.pt/2007/11/20/porto/peticao_a_pedir_regras_para_sacos_pl.html

==========================
3. Coimbra: Detecção de peões vale distinção a investigador

Um investigador brasileiro da Universidade de Coimbra venceu um
prémio internacional ao desenvolver um modelo inovador para a criação
de um sistema de visão associado ao automóvel, que detecta peões até
50 metros.

No concurso, que exigia a criação de um modelo computacional capaz de
detectar peões para desenvolvimento de sistemas de alerta aos
condutores, o investigador Luciano Oliveira apresentou uma solução
inovadora, através da fusão de dois algoritmos matemáticos que
simulam funções cerebrais.

O sistema permite ao condutor detectar a presença de peões até uma
distância de 50 metros, distinguindo-os de outros obstáculos como
sinais de trânsito ou árvores, informando o automobilista em tempo
útil, de forma a evitar acidentes.

O objectivo final do concurso promovido pelo consórcio NISIS,
financiado pela União Europeia, passa por usar modelos computacionais
em automóveis topos de gama para aumentar a segurança rodoviária,
diminuindo o atropelamento de peões.

https://jn.sapo.pt/2007/11/20/pais/deteccao_peoes_vale_distincao_a_inve.html

==========================
4. Viana: Empresários recebem hoje sessão de esclarecimento sobre nova Lei do Tabaco

A pouco mais de um mês da entrada em vigor da nova Lei do Tabaco, a
Unihsnor Portugal, associação nacional que representa o sector da
hotelaria, restauração e turismo, pretende esclarecer os empresários
desta área sobre as implicações e desafios que a nova legislação vem
colocar.

Neste âmbito, terá lugar hoje, às 15h15, no Castelo de Santiago da
Barra em Viana do Castelo, uma sessão de esclarecimento dirigida aos
empresários que pretendam saber mais informações e tirar eventuais
dúvidas sobre esta questão, de forma a poderem cumprir com os
critérios que serão exigidos à sua área de negócio a partir do
próximo dia 1de Janeiro de 2008. Durante a sessão serão ainda
apresentados os materiais de sinalização que deverão ser afixados em
todos os estabelecimentos, de forma a que sejam identificados os
espaços onde será permitido ou proibido fumar.

Assumindo como prioritária a protecção da saúde e do bem-estar de
todos os que frequentam e trabalham em estabelecimentos de
restauração, hotelaria e de turismo no espaço rural, a posição
oficial da Unihsnor Portugal face à nova Lei do Tabaco é clara, pelo
que aconselha os seus associados a optarem pela “proibição de fumar”
nos seus espaços. A associação chama ainda a atenção para o facto dos
novos requisitos legais que serão exigidos a quem optar pela
existência de espaços onde seja permitido fumar serem muito pesados e
difíceis de cumprir.

A Unihsnor Portugal pretende, desta forma, que a nova Lei do Tabaco
não seja encarada como um problema para o sector, mas como um início
de um novo ciclo de melhor ambiente para todos.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=866c926081864a32dfdebf0fa9a710e3

==========================
Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins anteriores veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
de Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por Maria Carvalho

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário