İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

    As cidades não podem ficar alheadas do problema das alterações climáticas. É
    nas cidades que se gera a maior parte das emissões de gases de efeito de
    estufa. É nas cidades que se consome a maior parte da energia. Também nas
    cidades, a par da concentração de problemas e disfunções ambientais, reside
    muita da capacidade de resposta a este problema global. Cabe­nos dar corpo
    a essa resposta.

    A Campo Aberto ­ Associação para a Defesa do Ambiente ­ pensa que a Área
    Metropolitana do Porto deve encetar um esforço conjugado, integrado e
    coerente para combater as suas emissões poluentes, e nessa tarefa cabe um
    papel importante a cada um dos cidadãos.

    Algumas entidades devem assumir a liderança deste esforço de criatividade e
    acção: A Junta Metropolitana do Porto, dando prioridade política ao problema
    e articulando soluções intermunicipais, elaborando um Plano específico,
    faseado e com metas exequíveis; as Autarquias em cada um dos municípios,
    adaptando e concretizando no seu contexto particular uma visão mais ampla e
    regional; as empresas, dinamizando programas de eficiência e de boas
    práticas ambientais; os sindicatos e organizações sociais e profissionais,
    sensibilizando os seus membros e integrando este problema nas suas
    preocupações; as instituições de carácter científico, e a Universidade,
    cooperando na procura de soluções avançadas e sustentáveis que possam ser
    aplicadas concretamente.

    Para mais informações veja o documento completo

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Deixar comentário