İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    Veja o site da Campo Aberto:
    https://www.campoaberto.pt/

    Comente, participe. Divulgue!

    ==========================
    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
    é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

    Peça informações:
    contacto@campoaberto.pt

    ==========================

    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

    ==========================

    Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

    ==========================
    1. Porto: Fita-cola segura azulejos históricos em S. Bento

    Alguns azulejos de um dos imensos painéis que revestem o átrio da
    Estação de S. Bento, na Baixa do Porto, classificados pelo Instituto
    Português do Património Arquitectónico (IPPAR), estão seguros com fita
    adesiva há já algum tempo. No quadro alusivo ao Torneio de Arcos de
    Valdevez (século XII) faltam ainda 15 azulejos. Contactado pelo JN, o
    Gabinete de Comunicação e Imagem da Refer, entidade responsável pelos
    equipamentos ferroviários, admitiu que os azulejos em falta possam
    estar em restauro.

    https://jn.sapo.pt/2007/10/29/porto/fitacola_segura_azulejos_historicos_.html

    ==========================
    2. Opinião: Competência
    por Rui Sá (Vereador da CDU na Câmara do Porto)

    O JN deu grande relevo ao facto de Rui Rio, na reunião da Câmara de 23
    de Outubro, me ter considerado incompetente, do ponto de vista
    profissional, para gerir os SMAS. Pela minha parte, já estou habituado
    ao estilo de Rui Rio de tentar denegrir e desacreditar todos os que
    não fazem aquilo que gostaria que fizessem (sejam eles juízes,
    jornalistas, dirigentes sindicais ou adversários políticos). Procuro,
    assim, não descer o nível do debate político, até porque há
    determinados ataques que, longe de penalizarem os visados, provocam
    rombos na credibilidade dos seus autores (e as mensagens de
    solidariedade que tenho recebido, muitas da parte de apoiantes de Rui
    Rio, reforçam esta minha ideia). Não deixarei, deste modo, de apoiar
    as medidas da coligação PSD/CDS que a CDU considera positivas para a
    cidade, do mesmo modo que não me cansarei de combater e denunciar
    todas aquelas que forem negativas para o Porto e para a sua população.
    Recebi, porém, telefonemas e mensagens que me fizeram recordar que o
    insulto de “incompetência” também foi sentido por aqueles que, entre
    2002 e 2005, trabalharam comigo nos SMAS. E que, sem possibilidades de
    se defenderem, sofrem com a ideia de que se considerem desperdiçados
    quatro anos em que deram o seu melhor à causa pública. É em nome deles
    que escrevo este artigo, incluindo os administradores nomeados por Rui
    Rio e que constituíram, é bom que se diga, a maioria do Conselho de
    Administração dos SMAS os vereadores Paulo Cutileiro e Ricardo
    Figueiredo e, mais tarde, os doutores Diogo Gandra e Santos Carvalho e
    o engº Artur Rangel.

    https://jn.sapo.pt/2007/10/29/porto/competencia.html

    ==========================
    3. Crónica: Construções e demolições
    por Jorge Vilas

    Se quisermos falar em revoluções urbanísticas no Porto outra zona mais
    significativa não há como a do Carmo. Trata-se de um espaço que
    engloba várias e importantes artérias do velho burgo como é o caso das
    praças de Gomes Teixeira, de Parada Leitão e de Carlos Alberto, as
    ruas das Carmelitas, dos Clérigos e de Cedofeita e ainda os jardins da
    Cordoaria e do Carregal. De facto, em apenas 176 anos, aproximadamente
    entre 1700 e 1876, construíram-se vários (e grandiosos) imóveis que
    depressa foram apeados para dar lugar a outras edificações não menos
    significativas – e talvez mais funcionais que os seus antecessores

    https://jn.sapo.pt/2007/10/29/porto/construcoes_e_demolicoes.html

    ==========================
    4. Porto: Hotel Infante de Sagres vendido a Júdice

    https://jn.sapo.pt/2007/10/29/porto/infante_sagres_vendido_a_judice.html

    ==========================
    5. Minho: Aldeias ganham prémio de desenvolvimento

    Trinta anos mais novos. É assim que, meio a brincar meio a sério, se
    sentem os habitantes das aldeias de Campos e Lamalonga, em Vieira do
    Minho, depois de parte do seu património histórico ter sido recuperado
    e premiado recentemente com o Prémio Nacional de Boas Práticas para o
    Desenvolvimento Sustentável. “Isto está tão bonito que apetece viver
    mais uns anos”, diz um dos habitantes da aldeia de Campos, ladeado por
    mais uns quantos homens que partilham da mesma opinião “Ficou tudo tão
    perfeito que nos avivou a memória dos tempos em que moíamos a farinha,
    cultivamos o milho e fazíamos o pão”.

    https://jn.sapo.pt/2007/10/29/norte/aldeias_ganham_premio_desenvolviment.html

    ==========================
    6. Braga: Universidade dá bicicletas aos estudantes

    A Universidade do Minho (UM) quer implementar ainda este ano lectivo,
    nos “campus” de Braga e Guimarães, o transporte da bicicleta
    estudantil, conhecida por “Bute” (Bicicleta de Utilização Estudantil),
    já em prática em várias cidades europeias. O projecto, da
    responsabilidade dos Serviços de Acção Social, tem por objectivo a
    distribuição gratuita aos estudantes de 2000 bicicletas até Julho de
    2008.

    https://jn.sapo.pt/2007/10/29/norte/universidade_bicicletas_estudantes.html

    ==========================
    7. Matosinhos: Fogo destrói armazém com pneus em Leça do Balio

    Um armazém abandonado de pneus e viaturas pesadas ardeu ontem em Leça
    de Balio. Este ano já ocorreram onze incêndios no local, alegadamente
    fruto de vandalismo. Moradores revelam-se saturados com a recorrência
    dos sinistros e com a inoperância municipal.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=a87ff679a2f3e71d9181a67b7542122c&subsec=&id=4f2d3e3def61dedcc7729f192b1abba4

    ==========================
    8. Famalicão: Gás químico obriga a evacuar vinte famílias

    No sábado foram evacuadas 20 casas na zona de Famalicão, devido à
    libertação de um gás químico numa estufa. Na sequência do incidente
    verificaram-se situações de mal-estar físico na população.
    Proprietários asseguram conformidade do químico utilizado.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=1f527c14e770fb557c56e8485cb1698a

    ==========================
    9. Porto: Bairros de Aldoar e Pinheiro Torres vão sofrer obras de
    requalificação

    Os bairros de Aldoar e de Pinheiro Torres vão entrar em obras de
    reabilitação exterior. A Câmara do Porto publicou recentemente os
    concursos para iniciar as empreitadas, sendo que na primeira
    urbanização custarão 2,1 milhões de euros e na segunda cerca de 1,8
    milhões.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=5c3266bedf8d948badf70ecbdb8232d2

    ==========================
    10. Porto: Albergues nocturnos com graves carências de recursos financeiros

    Se uns utilizam o Albergue Nocturno do Porto como um meio de passagem,
    outros encaram a instituição como uma casa onde passam passar alguns
    anos da sua vida. O JANEIRO foi descobrir o dia a dia do albergue da
    Rua Mártires da Liberdade e ouviu histórias de gente que ?gosta de lá
    morar?.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=a03835fd339d646e14aa91b083dc727f

    ==========================
    11. Viana do Castelo: Ponte Eiffel reabre amanhã

    O tabuleiro rodoviário da ponte Eiffel de Viana do Castelo reabre
    amanhã, 637 dias após ter fechado para obras, que custaram 8,6 milhões
    de euros e que provocaram prejuízos ?incalculáveis? a utentes e
    comerciantes.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=797d73a61e16c8154e40b7a32bcc7419

    ==========================

    Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    Se quiser consultar os boletins atrasados veja
    https://campoaberto.pt/boletimPNED/

    ==========================
    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
    Notícias, do Público e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de
    outros jornais ou fontes de informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
    específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
    basicamente entre o Vouga e o Minho.

    Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
    contacto@campoaberto.pt
    telefax 229759592
    Apartado 5052, 4018-001 Porto

    Selecção hoje feita por Paulo Araújo

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário