• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Veja o site da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Sábado, 21 de Julho de 2007

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Clientes e comerciantes juntos pelo regresso do 79

Uma manifestação conjunta de comerciantes, clientes e moradores da Rua de Costa Cabral, no Porto, exigiu o regresso do autocarro 79, cuja alteração de percurso dizem estar a matar o comércio. A marcha, com início na Praça do Marquês do Pombal e fim no cruzamento com a Avenida dos Combatentes, foi acompanhada por três carros-patrulha e uma carrinha do Corpo de intervenção da PSP, que identificou alguns dos organizadores. Rotina que decorre da lei, segundo a Polícia. A organização diz que não é só isso.

“O Governo Civil disse que não recebeu o fax a pedir a autorização”, contou a Associação de Comerciantes do Porto (ACP). A segunda via solicitada não terá cumprido o prazo. “A senhora governadora civil já tem autorizado manifestações com 14 horas de antecedência”, revelou Laura Rodrigues, presidente da ACP. “O que está em causa é mais importante do que isso e se for constituída arguida, será por uma boa causa”, disse.

Considerando que o protesto “não foi ilegal”, prometeu nova manifestação, que será solicitada por carta registada e com oito dias de antecedência, para daqui a duas semanas. Uma proposta consagrada no manifesto aprovado pelas dezenas de manifestantes. O documento “repudia a alteração do percurso”, feito pelo actual 204, e “exige à STCP a reposição da antiga linha 79”, a que “melhor serve as necessidades dos utentes”.

Exigências que podem ter eco junto da STCP. “Há abertura para resolver o problema da ligação de Álvaro Castelões ao Marquês”, que iria recuperar uma parte do trajecto do 79, disse Luís Miguel Seabra. O presidente da Junta de Paranhos mostrou um fax que a directora da STCP enviou, ontem à tarde, a prometer uma avaliação da “nova rede”, até ao fim do mês, quando concluir a avaliação semestral.

Um balanço em falta, segundo Carlos Pinto, do Movimento de Utentes dos Transportes da Área Metropolitana do Porto. “Esta manifestação mostra que o descontentamento é elevado, maior que 20% de utentes insatisfeitos de que fala a STCP”, disse. “O serviço público que está em causa”, vincou.

“Querem é acabar com isto”, protestou Joaquim Ferreira, ex-funcionário da STCP. “Se fizerem uma estatística, percebem que o 79 é viável”, acrescentou. Segundo Luís Almeida, da Comissão organizadora, já fecharam cinco estabelecimentos desde o fim do 79. “Esta é a primeira de muitas manifestações, porque há muito a fazer em Costa Cabral”, disse.

https://jn.sapo.pt/2007/07/21/porto/clientes_e_comerciantes_juntos_pelo_.html

Uma questão de bom senso
https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=b689e768a759399af6e43444b0adc1c5

==========================
2. Arrábida encerrada durante 17 horas

O tráfego da Ponte da Arrábida vai estar encerrado, no sentido Vila Nova de Gaia-Porto, entre as 21 horas de hoje e as 14 horas de amanhã, devido à realização da iniciativa Porto Bike Tour, informou, em comunicado, a empresa Estradas de Portugal. Durante o período de tempo referido, a circulação rodoviária entre Vila Nova de Gaia e Porto deverá fazer-se pela Ponte do Freixo.

A Estradas de Portugal afirma, também, que “o percurso alternativo estará devidamente sinalizado e que será acompanhado pela Brigada de Trânsito da GNR e pela PSP”.

É de referir que a Ponte da Arrábida é uma das passagens que ligam a cidade do Porto a Vila Nova de Gaia e, por isso, é atravessada diariamente por cerca de 30 mil automobilistas, que se deslocam maioritariamente para trabalhar e estudar.

A iniciativa tem início às 10 horas de amanhã, no tabuleiro da Ponte da Arrábida, seguindo pela IC1, com saída na Rotunda da Boavista, e termina junto à Praça Gonçalves Zarco, mais conhecida como Castelo do Queijo, no Porto.

Cerca de seis mil pessoas vão participar no evento, percorrendo um total de 11 quilómetros. A Porto Bike Tour tem como lema “Pedalada…só com a tua energia”, ocorre pela primeira vez na cidade do Porto e tem como objectivo principal promover a bicicleta como meio de proporcionar uma vida saudável e prevenir o consumo de substâncias psicoactivas como fonte de bem-estar.

No dia da prova, os participantes terão à sua disposição, no Catelo do Queijo, autocarros para os transportar ao ponto de partida, não podendo usar outro tipo de transporte para o efeito.

Os autocarros vão funcionar no período compreendido entre as 7 e as 8.30 horas. O preço da inscrição é de 50 euros, incluindo um “kit” composto por uma bicicleta, um capacete, uma t-shirt, uma mochila, uma medalha e um diploma de participação.

Susana Caetano, elemento da organização do Porto Bike Tour, afirma que “a bicicleta apenas é entregue no local de partida da prova”.

Iniciativas para famílias

A par da prova, a organização realiza, hoje, no Cais de Gaia, em Vila Nova de Gaia, iniciativas destinadas às familias.

O programa começa de manhã. Às 10 horas, tem início o “Gokarts”, um circuito de carros a pedais com acesso gratuito, e termina às 19 horas.

A partir das 15 horas, e até às 19, decorre, também, um circuito de minibicicletas e triciclos, para crianças, intitulado “Rodinhas”.

O projecto Porto Bike Tour teve início em 2006, em Lisboa, com a travessia da Ponte Vasco da Gama. Este ano, a capital conseguiu reunir 11 mil cicloturistas.

O Instituto da Droga e da Toxicodependência é o principal patrocinador desta iniciativa.

https://jn.sapo.pt/2007/07/21/porto/arrabida_encerrada_durante_horas.html

==========================
3. Mais oito meses de obras na Avenida da República

As obras do metro vão voltar a tomar conta de parte da Avenida da República, em Vila Nova de Gaia, a partir do próximo dia 30 e por um período de oito meses. O troço entre a Rua de Angola e o acesso à rotunda de Santo Ovídio (junto à Fundação Couto) vai sofrer fortes constrangimentos à circulação automóvel, devido à empreitada de prolongamento da Linha Amarela.

https://jn.sapo.pt/2007/07/21/porto/mais_oito_meses_obras_avenida_republ.html

==========================
4. Obras finais do comboio para o porto em Novembro

As obras de construção da ultima fase da ligação ferroviária ao porto de Aveiro, entre a zona da Friopesca e o terminal portuário, atravessando parte da Gafanha da Nazaré, deverão começar no próximo mês de Novembro, segundo apurou o JN junto da Refer.

https://jn.sapo.pt/2007/07/21/norte/obras_finais_comboio_para_o_porto_no.html

==========================
5. Comboio chegou há cem anos

Fafe comemora, esta tarde, o centenário da chegada do comboio ao município. Foi a 21 de Julho, no longínquo ano de 1907 que as locomotivas “Porto” nº 5 e “Negrellos” nº 2 fizeram pela primeira vez o trajecto de Guimarães a Fafe. Esse, foi um dia de festa na então vila que viu ser rasgada uma avenida (a actual 5 de Outubro) para acesso à estação terminal.

No entanto, e apesar das comemorações deste centenário, do comboio em Fafe resta apenas a lembrança dos mais antigos e algumas estruturas que fazem lembrar aos mais novos que as locomotivas por lá passaram outrora. Desactivada em 31 de Maio de 1986 por razões de viabilidade económica, a linha foi entretanto reconvertida, em 1996, numa Pista de Cicloturismo e continua a fazer a ligação ao concelho vizinho de Guimarães. Na antiga estação, está hoje sediada a Indáqua Fafe e o seu logradouro era, até há bem pouco tempo, utilizado como depósito de “monstros” da Câmara Municipal.

Hoje, as memórias do comboio serão reavivadas numa cerimónia que começará às 15 horas na Estação de Cepães (Fafe) com uma visita ao local de instalação de uma carruagem, e depois da sessão solene comemorativa nos Paços do Concelho, será apresentada uma medalha evocativa da efeméride e apresentada uma obra de José Emídio Martins Lopes intitulada “Apontamentos sobre o Centenário da chegada do comboio a Fafe”. Nesta obra, os leitores poderão conhecer alguns episódios através de testemunhos vivos que marcaram a complicada construção e a existência da linha, que durante muitas décadas foi a principal ligação de Fafe ao Porto.

Na ocasião, a autarquia vai apresentar o ante-projecto da colocação de uma carruagem na Estação de Cepães e de uma locomotiva no Parque 1º de Dezembro (Jardim da Estação) em Fafe.

https://jn.sapo.pt/2007/07/21/norte/comboio_chegou_cem_anos.html

==========================
6. Aveiro: Barcos tradicionais ibéricos acompanham Moliceiro nas Festas da Ria
Regata do Moliceiro alargada

Um museu vivo no rio é o que pretende a organização das Festas da Ria, que decorrem no próximo fim de semana, entre os dias 27 e 29. Neste primeiro Encontro Internacional de Embarcações Tradicionais e Exposição de Apetrechos participam sobretudo barcos ibéricos.

Duas dezenas de barcos típicos, metade dos quais portugueses, vão estar atracados em Aveiro, de 27 a 29 de Julho, transformando os canais da cidade num museu vivo de artes náuticas durante as Festas da Ria. Trata-se do I Encontro Internacional de Embarcações Tradicionais e Exposição de Apetrechos, que pretende ampliar a dimensão da tradicional Regata do Moliceiro, que já vai na sua 18ª edição, e motiva as famílias e autarquias a manterem as embarcações características da Ria de Aveiro, conhecidas em todo o mundo.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=7b5dfa16673fb5cf02eff43716c348f7

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais
ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt
www.campoaberto.pt

Selecção hoje feita por Cristiane Carvalho

======================================

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário