• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Veja o site da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Sexta, 06 de Julho de 2007

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================

1. Arderam 500 hectares do Parque Natural do Vale do Guadiana

Cerca de 500 hectares do Parque Natural do Vale do Guadiana (PNVG)
arderam com o incêndio que lavrou desde quinta-feira no concelho
alentejano de Mértola, destruindo zonas de azinheiras, pinheiros bravos
e vegetação ribeirinha.
Toda a área ardida durante o incêndio, que deflagrou às 16:26 de
quinta-feira e foi extinto ao início da manhã de hoje, está incluída no
PNVG e abrange áreas do Perímetro Florestal e de duas reservas de caça
de Mértola, uma municipal e outra associativa.
Pedro Rocha, do Instituto da Conservação da Natureza e da
Biodiversidade, adiantou hoje à agência Lusa que as chamas destruíram
“essencialmente zonas dispersas de azinheiras e mato, destruindo vários
habitats incluídos na Rede Natura 2000”.

https://jn.sapo.pt/2007/07/06/ultimas/Arderam_500_hectares_do_Parque_N.html

==========================

2. Gestão ambiental da Berlenga quer ser exemplo para o Mundo

A ideia é encontrar meios ecológicos de fornecer água e energia à
Berlenga, encontrar forma sustentável de gerir os resíduos e manter um
equilíbrio em tudo isso tendo em conta a variação sazonal de afluência
turística. Ontem, o Instituto de Conservação da Natureza e
Biodiversidade e a Câmara Municipal de Peniche avançaram para um
compromisso conjunto com mais nove entidades, algumas delas privadas,
para fazerem da ilha um “Laboratório de Sustentabilidade”. Se as
soluções encontradas provarem, podem até ser exportadas para outros
meios inóspitos e distantes de tudo noutros pontos do mundo, esperam os
impulsionadores.·
A NASA, observadora por interposta parceria, estaria interessada em
conhecer aplicações energéticas e de tratamento de resíduos em locais
remotos. Ela era já parceira do Centro de Prevenção da Poluição (C3P),
entidade que vai coordenar o projecto “Berlenga- Laboratório de
Suatentabilidade”, cujo protocolo foi ontem assinado.
O C3P, resultante de uma declaração conjunta entre o Governo português e
a NASA, em 2002, tem tido como missão fazer a transferência de
tecnologias em tudo o que se apresente como solução de problemas de
poluição. Não cria essas soluções; desencanta-as entre o que vai
surgindo como proposta adequada. Exemplos de intervenção sugerir uma
tinta pouco poluente capaz de ser usada em aviões ou técnicas de
soldadura sem recurso a chumbo.
Nesta parceria, o INESC-Porto (Instituto de Engenharia de Sistemas e
Computadores) vai integrar as diversas soluções em engenharia. Elas
terão de propor a melhor forma de abastecer de energia o farol, o forte,
o aglomerado de pescadores e as actividades turísticas da Berlenga. De
igual modo, o fornecimento de água e o tratamento de resíduos e
efluentes terá de ser o mais sustentável possível.

https://jn.sapo.pt/2007/07/06/sociedade_e_vida/gestao_ambiental_berlenga_quer_exemp.html

==========================

3. Parque Biológico junto ao Aquamuseu abre amanhã

Os parques Biológico e de Lazer do Castelinho, na zona envolvente ao
Aquamuseu do rio Minho, em Vila Nova de Cerveira, vão abrir ao público
amanhã. As duas estruturas, vocacionadas para a prática desportiva e
recreativa, vão dar um novo colorido à zona ribeirinha da vila, onde
brevemente deverá também funcionar um bar flutuante no antigo
ferry-boat, que, até à construção da nova ponte internacional que liga
a Goian, efectuava a travessia sobre o rio Minho.
Os novos equipamentos representam um investimento global de cerca de um
milhão de euros. Segundo o autarca local, José Manuel Carpinteira, a
intervenção agora efectuada na envolvente ao espaço museológico na
margem do Minho “pretende reforçar a aproximação da população ao rio”.
“Os novos equipamentos, além de servirem de apoio à actividade do
Aquamuseu, vão contribuir para valorizar aquela área ribeirinha e criar
mais um espaço atractivo para munícipes e visitantes”, refere.
O Parque Biológico permitirá conhecer todo o percurso do rio Minho,
entre Melgaço e Caminha, através de uma espécie de réplica, que inclui
canais e comportas, um trilho botânico com espécies autóctones da bacia
hidrográfica. O mesmo espaço conterá um lago interpretativo, cujo
percurso permitirá a observação, interpretação e diferenciação das
diversas espécies, e que terá também como função servir como barreira de
protecção ao lontrário do Aquamuseu e dar a conhecer espécies de flora
aquática mais representativas do rio.
O parque de lazer disponibilizará uma parede de escalada, campo de
jogos, parque infantil, de merendas e um minigolfe. O campo de jogos foi
construído a partir de uma plataforma existente com uma área de dois mil
metros quadrados e permitirá a prática de exercício físico, futebol,
voleibol, andebol ou basquetebol.
O percurso principal, que delimitará os dois parques, será constituído
por um tapete betuminoso, a utilizar por peões, ciclistas e praticantes
de patinagem.

https://jn.sapo.pt/2007/07/06/norte/parque_biologico_junto_aquamuseu_abr.html

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais
ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt
www.campoaberto.pt

Selecção hoje feita por Celina Raposo

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário