• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente 403 inscritos.]

Veja o site da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/

Comente, participe, divulgue.

====

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

====
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

====
Quarta-feira, 18 de Abril de 2007
====

1. Ria de Aveiro: EFEITOS A PRAZO
Já assentou o mercúrio deixado pela indústria na Ria de Aveiro

Um ecossistema como a Ria de Aveiro tornou-se num “laboratório vivo” para
estudar efeitos da poluição

Já assentou o mercúrio deixado pela indústria na Ria de Aveiro

Cerca de 40 anos de indústria química junto à Ria de Aveiro deixaram marcas
ambientais, que os cientistas vêm monitorizando. Uma década depois de ter
mudado o processo de fabrico de cloro e de soda cáustica, ainda é possível
encontrar elevadas concentrações de mercúrio junto ao ponto onde as
descargas eram feitas, na área do esteiro de Estarreja. Elas estão lá, tendo
sido cobertas por uma camada de sedimentos com 30 a 40 centímetros. A apenas
um ou dois quilómetros desse ponto, as medições indicam que as concentrações
de mercúrio baixam abruptamente.

https://jn.sapo.pt/2007/04/18/sociedade_e_vida/ja_assentou_o_mercurio_deixado_pela_.html

====

2. Nacional: Informar sobre a obesidade

A obesidade é um problema de saúde que está a aumentar e que terá de ser
combatido, nomeadamente com mais legislação e com uma verdadeira campanha,
segundo uma especialista do Hospital de Santa Maria em Lisboa .

No decorrer do simpósio “Modificações do Estilo de Vida”, inserido no I
curso pós-graduado “Obesidade, Diabetes, Dislipidemia e Hipertensão”, a
psicóloga Maria João Fagundes denunciou a falta de “uma verdadeira campanha
contra a obesidade em Portugal”.

https://jn.sapo.pt/2007/04/18/sociedade_e_vida/informar_sobre_a_obesidade.html

====

3. Porto: Obra em quarteirão devolve viela ao Centro Histórico

Investimento de 1,5 milhõesde euros já tem dois espaços abertos, mas a
maioria abriráem Junho. Empresário está satisfeito com aposta na Zona
Histórica e elogia “cultura de vizinhança” que encontrou na Ribeira

Aviela, bem nas entranhas do Centro Histórico do Porto, esconde-se atrás de
um portão verde. Fica logo no início da Rua de S. João, a meia-dúzia de
passos da fonte que marca a Praça da Ribeira. Esquecida há muitos anos, a
Viela do Forno – nome que lhe advém dos antigos fornos de cozer pão que,
apesar de muito degradados , ainda lá se encontram – vai ser devolvida à
cidade, no âmbito da reabilitação de grande parte daquele quarteirão, que
vai ganhar um bar, uma presuntaria, um restaurante e um espaço de inspiração
oriental.

https://jn.sapo.pt/2007/04/18/porto/obra_quarteirao_devolve_viela_centro.html

====

4. Mindelo: Plano pioneiro para defender áreas naturais

A Associação dos Amigos do Mindelo para a Defesa do Ambiente, em Vila do
Conde, desenvolveu um projecto, pioneiro em Portugal, da Agenda 21 Local. A
iniciativa visa o cumprir o desejo de “desenvolvimento sustentável” e da
“cidadania ambiental”, pretendendo, a longo prazo, dar o exemplo ao país.

“Em termos de desenvolvimento sustentável, Mindelo ainda não será um exemplo
nacional, mas, na área da cidadania, tem assegurado uma disseminação
efectiva de boas práticas, onde se destaca a Agenda 21 Local”, refere-se,
segundo a Agência Lusa, no documento, elaborado pela associação, que estará
na base da conferência que se realiza, hoje, na Escola Superior de
Biotecnologia da Universidade Católica do Porto, subordinado ao tema
“Desenvolvimento sustentável em Mindelo O sonho de uma comunidade que quer
ser exemplo nacional”.

https://jn.sapo.pt/2007/04/18/porto/plano_pioneiro_para_defender_areas_n.html

====

5. Alto Minho: Acções de eólicas rendem milhões a quatro câmaras
alfredo cunha

Parque eólico tem uma potência total instalada de 240 MW

Os municípios de Monção, Melgaço, Paredes de Coura e Valença irão brevemente
obter um encaixe financeiro global de 20 milhões de euros com a venda das
suas participações do consórcio “VentoMinho, Energias Renováveis”.

https://jn.sapo.pt/2007/04/18/norte/accoes_eolicas_rendem_milhoes_a_quat.html

====

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por José Carlos Marques

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário