İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    [Esta lista tem actualmente 387 participantes inscritos.]

    Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

    www.campoaberto.pt
    campo-aberto.blogspot.com

    Apartado 5052
    4018-001 Porto
    telefax 22 975 9592
    contacto@campoaberto.pt
    ======================
    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
    é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Peça informações a:
    campo_aberto@oninet.pt

    ==========================

    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    Segunda-feira, 4 de Setembro de 2006

    ==========================

    Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

    ==========================
    1. Porto: Regresso dos automóveis colide com várias obras rodoviárias

    A “ressaca” das férias promete continuar a ser dolorosa para dezenas
    de milhares de automobilistas da Grande Área Metropolitana do Porto.

    A dois meses do final anunciado das obras de alargamento da A41
    (IC24), entre o Freixieiro e Alfena, e a cerca de três da ligação de
    Matosinhos à A4, quem hoje utilizar a A3 será surpreendido com obras
    no nó de Águas Santas. Que, em seguida, darão lugar ao alargamento
    entre aquele nó e a Maia. Dentro de dois meses, será a vez de a
    A1 “retomar” o seu ar de estaleiro, com o alargamento entre os nós da
    Feira e de Estarreja. A compatibilização entre a nova ligação da A4,
    até Matosinhos, e a actual rede viária, vai fazer o nó de Águas
    Santas (A3/A4) entrar em obras durante o prazo previsto de dois
    meses. Findas as quais começará (em Janeiro) o alargamento para
    quatro faixas do troço até ao nó da Maia. Serão intervencionados, ao
    longo de 22 meses, 6,6 quilómetros, que custarão 15,7 milhões de
    euros. A obra será financiada integralmente pelo Estado, uma vez que
    se trata de um sublanço sem portagem. Serão alargadas e reabilitadas
    quatro passagens inferiores, uma passagem agrícola, uma passagem
    superior será elevada, e alargado o viaduto sobre o rio Leça. A
    passagem de duas para quatro faixas é obrigatória quando o tráfego
    médio diário ultrapassa os 60 mil veículos. De maior fôlego é o
    alargamento da A1, entre a Feira e Estarreja. São 18 quilómetros
    (intervencionados em duas fases), 47,3 milhões de euros de
    investimento e dois anos de obras. Com um horizonte temporal mais
    alargado (ainda há algumas indefinições na nova travessia do Douro )
    está a conclusão da A41 (conhecido por IC24 ou Circular Regional
    Externa do Porto). A data provável de arranque desta empreitada,
    englobada na Concessão Douro Litoral, é o primeiro semestre do
    próximo ano. O objectivo é criar um eixo de ligação a norte e a sul
    do Porto, fazendo com que milhares de viaturas deixem de atravessar a
    cidade e libertando a Via de Cintura Interna. O IC24 vai estender-se
    até Santa Maria da Feira, cruzando os concelhos de Valongo, de
    Paredes, de Gondomar e de Vila Nova de Gaia.

    Entretanto, prevê-se já para meados de Dezembro o fecho do anel da
    VCI (ou Circular Regional Interior do Porto), em Gaia. A última
    ligação, entre o nó do Barroso e a Avenida da República, implicou um
    investimento de 45,8 milhões, dos quais 14,7 milhões gastos em
    expropriações. As previsões apontam para que este troço, com 1,3
    quilómetros, incluindo dois túneis (o de Soares dos Reis e o da
    Avenida da República), receba cerca de 60 mil veículos em 2020.

    https://jn.sapo.pt/2006/09/04/porto/regresso_automoveis_colide_varias_o
    b.html

    ==========================
    2. Porto: “Passeios de Setembro” à descoberta do liberalismo

    O historiador Hélder Pacheco assegurou, ontem, o primeiro
    dos “Passeios de Setembro”, uma iniciativa do pelouro da Cultura da
    Câmara Municipal do Porto. Partindo do Palacete dos Viscondes de
    Balsemão, na Praça Carlos Alberto, os 30 participantes o percurso dos
    Ferradores ao Moinho da Lapa (através das referências do
    liberalismo). No próximo fim-de-semana, o cicerone será o historiador
    Júlio Couto, que apresentará aos participantes o percurso dos
    Ferradores às Virtudes do Horto (possibilitando a observação de
    alguns dos principais espaços urbanos e monumentos do Porto). Hélder
    Pacheco assegura, a 17 de Setembro, o percurso dos Ferradores ao
    pedreiro de bronze, em Asneiros (sítio das indústrias, do Ensino
    Industrial e da Maternidade). O último percurso integrado nesta
    primeira edição dos Passeios de Setembro acontecerá no dia 24, com o
    passeio dos Ferradores à Bataria da Vitória, guiado pelo historiador
    portuense Júlio Couto.

    Os passeios são gratuitos e limitados a 30 pessoas. As inscrições
    deverão ser feitas através do n.º 223 393 490, a partir das 10 horas
    das sextas-feiras anteriores a cada passeio, com o limite de duas
    inscrições. Os percursos começam às 10 horas, no Palacete dos
    Viscondes de Balsemão.

    https://jn.sapo.pt/2006/09/04/porto/passeios_setembro_a_descoberta_libe
    r.html

    ==========================
    3. Gerês: Incêndios florestais voltam às matas

    O Parque Nacional da Peneda-Gerês voltou ontem a ser atacado pelos
    incêndios florestais, um deles de média dimensão, em S. Bento, Terras
    de Bouro, que, à hora do fecho da edição, estava a ser combatido por
    79 bombeiros, apoiados por 19 viaturas, um helicóptero e um avião
    Alfa1.

    https://jn.sapo.pt/2006/09/04/minho/incendios_florestais_voltam_matas_p
    e.html

    ==========================
    ==========================
    Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    Se quiser consultar os boletins anteriores veja
    https://campoaberto.pt/boletimPNED/

    ==========================
    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
    de Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
    jornais ou fontes de informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
    está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
    âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
    Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por Maria Carvalho

    __._,_.___

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário