• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente cerca de 380 participantes inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Veja também o blogue:
https://avenida-dos-aliados-porto.blogspot.com

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e faz a
Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 31 de Janeiro de 2006

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================

Destaque: ESTACIONAMENTO EM VEZ DE JARDINS. Em Gaia não abundam os jardins
públicos dignos desse nome: no centro urbano só há dois, o do Morro e o de
Soares dos Reis, e o segundo deles é pouco mais do que uma praça arborizada.
Mas, apesar de serem um bem tão escasso no concelho, ambos estes jardins estão
ameaçados a prazo pela construção de parques de estacionamento subterrâneo. É
que, por muito cuidado que se tenha nessas empreitadas (e a regra é nem haver
tais cuidados), os jardins sofrerão sempre graves amputações; e as condições
vegetativas das árvores nunca serão as mesmas se, no subsolo, houver uma placa
de betão em vez de terra viva e permeável. E, como os portuenses podem
diariamente confirmar nos muitos lugares onde foram construídas semelhantes
estruturas, nem a miragem de devolver a cidade aos peões é materializada, pois
à superfície o trânsito e o estacionamento permanecem tão caóticos e abusivos
como sempre foram. Em vez de sacrificar, por um motivo insensato, os poucos e
preciosos jardins de que dispõe, Gaia daria um bom exemplo se investisse na
construção dos novos jardins que tanta falta fazem ao concelho.

==========================
1. Porto: Parque Oriental terá um plano de pormenor

A Câmara do Porto vai avançar com a elaboração de um plano de pormenor para o
Parque Oriental. Com a aprovação do Plano Director Municipal em Conselho de
Ministros na passada sexta-feira (embora necessite ainda de ser publicado em
Diário da República), a Direcção Municipal do Urbanismo poderá realizar o
desenho daquela área, em colaboração com o gabinete do Parque Oriental e o
arquitecto Sidónio Pardal – que já apresentou um estudo do futuro parque ao
Executivo. O vereador do Ambiente, Álvaro Castello Branco, acredita que o plano
de pormenor ficará concluído este ano, seguindo-se a aprovação no Executivo e na
Assembleia Municipal e o período de discussão pública. O autarca não tem dúvidas
de que a construção demorará anos, a exemplo do que sucedeu com o Parque da
Cidade, que hoje se estende ao longo de 83 hectares.

(…) Mas a criação de espaços verdes na cidade não deve resumir-se ao Parque
Oriental. É, pelo menos, a convicção de Paulo Farinha Marques, arquitecto
paisagista e professor na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, no VI
Encontro Nacional de Técnicos dos Espaços Verdes (que se realizou, ontem, no
Teatro do Campo Alegre). Para o arquitecto, faltam jardins públicos de
proximidade que ocupem pequenos espaços no Porto, sejam áreas entre
urbanizações ou praças, recordando o passado dourado durante o século XIX em
que a cidade foi líder na projecção e na concepção de áreas verdes.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/grande_porto/parque_oriental_tera_plano_pormenor.html

==========================
2. Porto: Impasse no metro sem fim à vista

O impasse na extensão da Linha Amarela do metro às duas estações do Instituto
Português de Oncologia (IPO) e Hospital de S. João, no Porto, continua sem fim
à vista. A Escola Superior de Enfermagem garante que ainda espera uma resposta
da Empresa do Metro com uma solução para a segurança nos acessos de veículos às
instalações da escola. Já fonte do Metro assegura, por sua vez, que aguarda pelo
aval da direcção da Escola de Enfermagem para começar a obra de recuo do portão.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/grande_porto/impasse_metro_fim_a_vista.html

==========================
3. Porto: IPPAR ainda não recebeu proposta da Câmara

A nova proposta da Câmara Municipal do Porto para o prolongamento do túnel de
Ceuta ainda não chegou ao Instituto Português do Património Arquitectónico
(IPPAR). A decisão não passa pelo Porto. Está nas mãos da direcção nacional do
instituto, em Lisboa.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/grande_porto/ippar_ainda_recebeu_proposta_camara.html

==========================
4. Gaia: Câmara de Gaia pretende construir cinco parques cobertos na cidade

A Câmara de Gaia aprovou ontem o lançamento de dois concursos públicos para a
concepção, construção e exploração dos parques de estacionamento do Centro
Histórico e do Agueiro. As duas infra-estruturas inserem-se no pacote de cinco
parques que a autarquia pretende implementar no centro da cidade. O vereador
das Obras Municipais, Firmino Pereira, referiu que os processos relativos aos
parques subterrâneos do Jardim Soares de Reis, do Centro Cívico (ao lado dos
Paços do Concelho) e do Jardim do Morro já estão em preparação.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=c7396f5d089a592b678624b4f8a31149

==========================
5. Matosinhos: Nova ponte móvel de Leixões terá de receber aval do IPPAR

A construção da nova ponte móvel de Leixões precisará do aval do Instituto
Português do Património Arquitectónico (IPPAR) para avançar. Uma situação que
deriva da abertura do processo de classificação do Mercado Municipal de
Matosinhos como monumento nacional, sublinhou, ontem, o presidente da Câmara,
Guilherme Pinto, na reunião do Executivo.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/grande_porto/nova_ponte_movel_leixoes_tera_recebe.html

==========================
6. Maia: O mundo do lixo num autocarro

A escola EB1 de Moutidos, em Águas Santas, foi ontem o ponto de partida do
projecto “lixoteca itinerante”. A iniciativa, promovida pela empresa municipal
Maiambiente e pela STL, empresa do grupo SUMA, e intitulada “Viagem maravilhosa
ao mundo dos lixos”, tem como objectivo “motivar e ensinar as crianças para
serem os defensores do ambiente”, segundo Márcia Santos, uma das técnicas
envolvidas no projecto.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/grande_porto/o_mundo_lixo_autocarro.html

==========================
7. Espinho: Feira semanal esquecida e esburacada

A feira semanal de Espinho, a maior do país, é considerada um ex-líbris da
cidade. Chamariz de centenas de pessoas que ali se dirigem todas as semanas, a
feira é vista como um verdadeiro postal do concelho, uma imagem a preservar. No
entanto, e apesar de há vários anos se prometer a requalificação, as condições
vêm-se degradando a olhos vistos.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/grande_porto/feira_semanal_esquecida_e_esburacada.html

==========================
8. Amares: Ciclo de debates sobre património

Um ciclo de conferências sobre arqueologia e história do concelho começa, no
próximo sábado, com uma palestra sobre “O sítio arqueológico da Santinha no
contexto da Pré-História do Concelho de Amares”, que irá ser proferida pela
professora da Universidade do Minho Ana Maria Bettencourt. A iniciativa é
organizada pela Associação para a Defesa do Ambiente e do Património Cultural
do Concelho de Amares (Bloena) e conta com o apoio do município.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/minho/ciclo_debates_sobre_patrimonio.html

==========================
9. Beiras: Lixos de Aveiro e Coimbra vão produzir electricidade

Até ao final do ano, os aterros de resíduos banais de Coimbra e Aveiro vão
produzir energia eléctrica que será introduzida na rede nacional. Os dois
concursos públicos internacionais já foram lançados (os respectivos anúncios
foram publicados este mês) pela ERSUC – Resíduos Sólidos do Centro e permitem
uma maior rentabilização dos meios da empresa bem como a minimização dos
impactes ambientais nos dois locais.

https://jn.sapo.pt/2006/01/31/centro/lixos_aveiro_e_coimbra_produzir_elec.html

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico ou
ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias e de O
Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais ou fontes de
informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está aberta a
todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico são as
questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o Vouga e o
Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
contacto@campoaberto.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Paulo Araújo

————————————————————-
A FCUP utiliza o sistema de webmail Horde/IMP (www.horde.org)

Visite: https://www.fc.up.pt/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário