• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

A transmissão em diferido está (ainda a ser) gravada. Devido ao meu horário de trabalho apenas tive oportunidade de ouvir intermitentemente a última meia hora. E do pouco que ouvi retive e comento apenas o seguinte:
Oliveira Marques por duas vezes afirmou que a placa da estação era tão fina que não permitiria a plantação de árvores …; creio que da segunda vez acrescentou “de grande porte”… mas que, todavia, ia ficar tudo de acordo com o projecto apresentado ao IPPAR.
Agora no fim das suas declarações disse que ia ser plantado “um bosque” em redor de um espelho de água…

O sr Presidente da Metro SA também afirmou, nestas suas declarações finais, que a Campo Aberto nunca lhe tinha pedido audiência! Errado! Em início de Setembro, a Campo Aberto, em nome de todas as Associações que apoiam a petição, enviou uma respeitosa missiva, solicitanto essa mesma audiência. Até hoje não obtivemos resposta.

Aliás sempre fomos ignorados nos nossos apelos aos responsáveis pela obra: cartas (ao Sr. Presidente da Câmara Municipal do Porto, em início de Maio e em início de Setembro); manifesto entregue juntamente com 2500 assinaturas ao Sr. Presidente da Assembleia Municipal com o pedido expresso de que fizesse chegar aos destinatários (Sr. Presidente da Câmara, Sr. Presidente da Metro, arquitectos) os nossos apelos.

(Logo que possível publicarei a transcrição integral das audições. )

Imprimir esta página Imprimir esta página

4 comentários até agora.

  1. Teófilo M. diz:

    Monótonas e mal conduzidas.

  2. Maria Carvalho diz:

    O pedido, da Campo Aberto e outras Associações, de uma audiência ao Presidente da Metro do Porto S.A. foi enviado em carta registada com aviso de recepção. Este chegou-nos com data de 9 de Setembro devidamente assinado.

    Será deste modo trapaceiro que o Presidente da Metro fará valer as suas opiniões junto das instituições portuguesas que devem zelar pelo cumprimento da lei e pela defesa do património?

  3. Teófilo M. diz:

    Talvez mandar a carta e o aviso assinado à comissão da AR, não seja má ideia.

  4. manueladlramos diz:

    Isso também, mas vamos fazer muito mais do que isso!!!
    Se o objectivo destas audições era ouvir os responsáveis pela projectada intervenção na Avenida e na Praça no sentido de se esclarecerem certos aspectos do processo para que o relatório final fosse mais justo e pudesse responder de modo cabal às preocupações manifestadas pelos cidadãos através da petição, é evidente que não não vamos deixar de responder devidamente e contestar algumas das declarações feitas nestas audições.
    (As transcrições das audições já estão feitas e em breve serão publicadas)

Deixar comentário