• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] infoPNED 04.11.2003
Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo pagina
net veja informacoes no rodape da mensagem.
O arquivo desta lista desde o seu inicio e acessivel atraves de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Terça-feira, 4 de Novembro de 2003

Não se incluiram neste boletim as secções Público – local porto e local
minho por não se encontrarem disponíveis na página nossa conhecida.

INDICE

1.Impasse em Mindelo
2.Micas entrou de férias
3.Rui Sá critica teimosia de Ricardo Figueiredo
4.«Movida» do Cais em queda
5. Piscina de Barrosas vai ser uma realidade
6. Casa da Juventude vai nascer em Paranhos
7. Uma questão de teimosia
8. Limpeza 50 mil euros

RESUMOS

1.Impasse em Mindelo
JN – grande porto
por bernardino guimarães ambientalista

A Reserva do Mindelo pode ter um desfecho pouco exaltante, com o prolongar
das dúvidas
Cercada por forças hostis por todos os lados, mas mantendo ciosamente a sua
identidade e valores, apesar de todas as tentativas no sentido de a
descaracterizar e destruir. Não falamos da pitoresca aldeia gaulesa de
Astérix, que os leitores do JN conhecerão da banda desenhada, mas da Reserva
Ornitológica do Mindelo, em Vila do Conde – um tesouro natural e
paisagístico único no litoral da Área Metropolitana do Porto, rodeada por um
crescente e ameaçador crescimento urbanístico.

2.Micas entrou de férias
JN – grande porto
Hugo Silva

porto metro Máquina escavou derradeiro troço do último túnel da primeira
fase da rede, entre Trindade e a ponte Luís I Tabuleiro superior vai ser
alargado e terá obras durante 14 meses
Momento solene: às 15.50 horas de ontem, Micas, a tuneladora, chegou à
Avenida Vímara Peres, à entrada do tabuleiro superior da ponte de Luís I, no
Porto, e deu por terminado o último túnel incluído na primeira fase da rede
de metropolitano

3.Rui Sá critica teimosia de Ricardo Figueiredo
JN – grande porto
Sandra Pinho com agência Lusa

porto diferendo Alameda de Azevedo continua a dividir vereadores
Rui Sá, vereador do Ambiente na Câmara do Porto, voltou, ontem, a criticar
Ricardo Figueiredo por causa do traçado da alameda que atravessará o futuro
Parque Oriental da cidade, referindo que a sua construção fica a dever-se à
teimosia do vereador do Urbanismo. “A minha profunda convicção é a de que a
alameda é um erro e que ela só vai ser feita por uma questão de teimosia do
vereador do Urbanismo”, frisou Sá, durante uma visita à Quinta da Revolta,
na zona do Freixo, onde apresentou o projecto que engloba a remoção de
entulho e limpeza dos caminhos do futuro Parque Oriental da cidade.

4.«Movida» do Cais em queda
O Primeiro de Janeiro
Ana Caridade

Depois da euforia da abertura, o Cais de Gaia vive agora dias de menor
afluência. Para completar o cenário, o perigo das cheias assombra o cais e
começa a preocupar os lojistas. Os discursos deixaram de ser de optimismo. A
administração diz que é uma situação normal.
Longe estão as filas de trânsito que entupiam os acessos à zona ribeirinha
de Gaia. Quando o complexo do Cais de Gaia abriu, em final de Maio, a
promessa era a de um autêntico paraíso à beira rio. Lá se instalaram os
melhores restaurantes e lugares da noite. O paralelo com as docas lisboetas
foi feito de imediato e havia até quem se deslocasse da capital para ver o
tão badalado complexo. Com uma vista magnífica sobre a ribeira do Porto e o
rio mesmo ali ao lado, as esplanadas dos bares e restaurantes
transformaram-se num locais mais apetecíveis do Verão de 2003. Há muito que
não se assistia a um tal fenómeno de afluência. O Cais de Gaia estava na
rota do Verão. A verdade é que não existe nada de mais efémero do que a moda
e as primeiras chuvas trouxeram as primeiras desilusões e o perigo de
cheias.

5. Piscina de Barrosas vai ser uma realidade
O Primeiro de Janeiro

Vítor Martins é o nome do responsável pelo projecto da futura piscina de
Barrosas, em Felgueiras. O arquitecto vai elaborar também o projecto de
ampliação da Biblioteca Municipal. Em reunião realizada recentemente, a
câmara deliberou, por unanimidade, solicitar ao arquitecto Vítor Martins uma
proposta para a elaboração do estudo prévio do projecto da futura piscina de
Barrosas. O convite a este técnico justifica-se, segundo a Autarquia, pela
sua experiência e conhecimentos que tem nesta área, bem como pelo facto de
ter sido o autor do projecto da actual piscina municipal. Na mesma reunião
foi ainda deliberado pelo executivo, convidar o mesmo arquitecto para
apresentar outro estudo prévio para o projecto de ampliação e reformulação
do edifício da Biblioteca Municipal, com vista a acolher o arquivo
camarário.

6. Casa da Juventude vai nascer em Paranhos
O Primeiro de Janeiro

Junta de Freguesia quer criar espaço com múltiplas valências para a
comunidade
Mais de mil metros quadrados vão ser aproveitados pela Junta de Freguesia
para criar a Casa de Juventude de Paranhos. Para o edifício abandonado,
junto à velha igreja, já existe projecto, falta apenas arranjar o dinheiro
para o investimento.
Biblioteca, ateliês, oficinas, sala polivalente, gabinetes de apoio
social… As valências da futura Casa da Juventude de Paranhos já estão
traçadas. Dada a amplitude do espaço, o presidente da Junta de Freguesia,
Miguel Seabra, adiantou ao «Janeiro» que o edifício “poderá ser utilizado
par várias actividades”, com o “grande contributo” de servir a comunidade,
principalmente os jovens, dado o perfil do projecto. “Queremos ter teatro,
pintura, danças de salão… Não só no sentido de actividades de lazer, como
na área da formação”, explicou.

7. Uma questão de teimosia
O Primeiro de Janeiro

A construção da Alameda de Azevedo, cujo protocolo é votado hoje na Câmara
do Porto, vai amputar o espaço previsto para o Parque Oriental em cerca de
20 hectares. Rui Sá está isolado na luta contra o projecto e fala em
“teimosia” do vereador do Urbanismo, Ricardo Figueiredo.
Miguel Ângelo/Patrícia Gonçalves
Rui Sá não se dá ainda por vencido no que diz respeito ao traçado da alameda
que atravessará o futuro Parque Oriental da cidade, manifestando a sua
convicção de que a sua construção se deve “à teimosia do vereador do
Urbanismo”. Segundo o vereador do Ambiente da Câmara do Porto, “esta alameda
é um erro e só vai ser feita por uma questão de teimosia”, não hesitando em
identificar Ricardo Figueiredo como o «teimoso» em questão. Para Rui Sá, é
possível conceber alternativas de circulação, menos agressivas em termos
ambientais e que evitem o redesenhar do parque que, disse, “poderá ficar
mesmo um… «parquinho»”. Refira-se que o protocolo entre a Câmara do Porto
e o IEP é hoje discutido na reunião do executivo, prevendo-se que venha a
ser aprovada a construção da alameda. Rui Sá diz-se preparado para sair
derrotado, já que “é assim que a democracia funciona”, mas sempre vai
argumentando que “até ao lavar dos cestos é vindima”. Apesar de rejeitar um
cenário de demissão, Rui Sá sempre vai afirmando que “há coisas que não
matam, mas moem”, aceitando que a aprovação do protocolo o vai deixar “um
pouco mais moído”. Para bom entendedor… O projecto inicial do Parque
Oriental previa um espaço de noventa hectares, que ficará amputado em cerca
de vinte caso a alameda, como tudo indica, venha a ser construída.
PS a favor
E Rui Sá está mesmo isolado nesta questão. Depois da indecisão verificada na
primeira reunião do executivo em que a proposta de rectificação do protocolo
foi apresentada, uma visita do PS ao local para onde está projectada a
alameda serviu para dissipar dúvidas. Ao «Janeiro», Orlando Gaspar admitiu
que o PS irá, “provavelmente”, votar favoravelmente a proposta, dado que “é
possível atenuar o impacto ambiental” da nova via estruturante. “Basta haver
um trabalho paisagístico, nomeadamente com a plantação de espécies arbóreas
e arbustivas”, defendeu o ex-responsável pela pasta do Ambiente,
desvalorizando as críticas que são feitas por Rui Sá. Por outro lado,
argumentou ainda Orlando Gaspar, a nova alameda “vai beneficiar a população
de Azevedo” que, admitiu, “tem sido marginalizada nos últimos anos”.
“Estamos perante uma situação em que existe dinheiro e a obra está pronta
para avançar. Não podíamos colocar entraves”, justificou.

8. Limpeza 50 mil euros
O Primeiro de Janeiro

Os caminhos públicos, numa extensão de aproximadamente 4,8 quilómetros,
existentes no local do futuro Parque Oriental começaram ontem a ser limpos
dos silvados e mato que por ali se amontoavam. Com um custo de 50 mil euros
e um prazo de execução de três meses, esta acção visa dar utilidade aos
caminhos, estando ainda prevista a colocação de iluminação pública.

> INFORMACAO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:
>
> Acima apresentou-se o sumario e/ou resumos de noticias de interesse
> urbanistico/ambiental publicadas na edicao electronica do Jornal de
> Noticias, do Público e de O Primeiro de Janeiro.
>
> Esta lista foi criada e e animada pela associacao Campo Aberto, e esta
> aberta a todos os interessados socios ou nao socios. O seu ambito
> especifico sao as questoes urbanisticas e ambientais do Noroeste,
> basicamente entre o Vouga e o Minho. Em «Fora do Noroeste», podem
> inserir-se noticias de outras regioes que possam apresentar interesse
> como exemplo negativo ou positivo para situacoes equivalentes no
> Noroeste.
>
>
>
> Selecção hoje feita por Alexandre Bahia
>
> Para os textos integrais consultar:
>
> https://jornal.publico.pt/publico/2003/11/04/indice.html
>
> https://jn.sapo.pt/eddia/eddia3.asp
>
> https://www.oprimeirodejaneiro.pt
>
> ou as respectivas edições em papel.
>
>
>

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário