İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    [PNED] 19 Outubro INFO
    Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
    veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    A estrutura deste Boletim INFOPNED tem vindo a variar por motivo de
    experiências e tentativas de fixação de um modelo a seguir no futuro.
    Agradecem-se sugestões e comentários.

    Domingo, 19 de Outubro de 2003

    PUBLICO:

    1. A Arquitectura de Ginestal Machado

    Respondendo às críticas de Rem Koolhaas, que, em declarações ao PÚBLICO,
    afirmou que o anunciado edifício “ignora dramaticamente as intenções da
    Casa da Música” e previu que a sua eventual construção irá “expor ao
    ridículo a própria cidade do Porto”, Ginestal Machado afirmou ter
    “currículo suficiente para não precisar de aulas de arquitectura” do seu
    colega holandês.
    (…)
    De facto, o número de obras de dimensão significativa projectadas por
    Ginestal Machado, sobretudo no Porto e em Gaia, mas também em várias
    outras cidades portuguesas, parece dar-lhe legitimidade para acenar com
    o currículo. Pelo menos no plano quantitativo. Já no que respeita à
    qualidade, cuja avaliação é necessariamente mais subjectiva(…)

    2. Metro Consome Quase Metade do PIDDAC para o Distrito do Porto

    Primeiro as boas notícias: o Plano de Investimentos e Despesas para o
    Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) para 2004 atribui
    cerca de 862 milhões e meio de euros ao distrito do Porto, sendo este,
    pelo segundo ano consecutivo, o distrito português com mais verbas
    atribuídas (Lisboa vem logo depois, com quase 839 milhões). Porém, e ao
    que o PÚBLICO apurou, o Porto esteve quase a perder para Lisboa o
    estatuto de distrito mais beneficiado pelo PIDDAC,(…)

    3. Valentim Loureiro Desvaloriza Ligação do Metro ao Aeroporto a Tempo
    do Euro 2004

    Está decidido. O ramal de ligação do metro ligeiro ao Aeroporto
    Francisco Sá Carneiro não estará pronto a tempo de ser utilizável para o
    Euro 2004. O presidente do Conselho de Administração (CA) da Empresa
    Metro do Porto (EM), Valentim Loureiro, quis avançar com esta
    empreitada, através de adjudicação directa para ter a obra concluída até
    finais de Maio do próximo ano, mas o Governo de Durão Barroso não
    autorizou, justificando a decisão com a perda de fundos de coesão
    europeus em relação a outras candidaturas. “Do ponto de vista
    operacional e comercial, a ligação ao aeroporto não é uma prioridade
    absoluta. Era essencialmente uma questão de boa imagem”,

    4. Beneficiação da Rede Viária Sacrificada no Alto Minho

    O distrito de Viana do Castelo ocupa antetenúltimo lugar na presvisões
    de investimento da administração central para o próximo ano. Pior só
    Guarda e Portalegre. Em relação ao ano corrente, o Alto Minho leva um
    corte de mais de 30 milhões de euros na proposta governamental do Plano
    de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central
    para 2004.

    5. Moradores Querem Dois Túneis para Minimizar Impacto do IC1

    A construção de dois túneis de atravessamento dos montes da Gávea e de
    Gois, em Vilar de Mouros e Lanhelas, respectivamente, foi defendida
    ontem pelas juntas de freguesia e ambientalistas, que contestam o
    traçado do IC1 a norte do concelho de Caminha, como alternativa às
    propostas até agora apresentadas pela empresa concessionária do
    projecto, a Euroscut Norte. Numa altura em que o ministério do Ambiente
    se prepara para aprovar a Declaração de Impacte Ambiental relativa à
    ligação da futura via à Estrada Nacional (EN) 13 para que a obra possa
    finalmente avançar, os contestatários persistem na sua luta contra o que
    consideram ser “um gravíssimo atentado ambiental e social”.

    JN:

    1. A lição do senhor arquitecto
    Porto

    Nuno Teotónio Pereira, principal homenageado do Ano da Arquitectura
    2003, deu ontem uma lição sobre a reabilitação urbana do Porto. O
    arquitecto, residente em Lisboa, doutor honoris causa pela Faculdade de
    Arquitectura do Porto, lamentou que, durante anos, a”catástrofe urbana”
    do Porto tenha passado despercebida, “sem que ninguém fizesse nada”.
    “Fiquei espantado com as casas vazias que encontrei na zona da Batalha,
    fiquei aterrado com o cenário da Mouzinho da Silveira. Pensei que só os
    lisboetas é que se tinham h
    abituado a não ter população na Baixa. Verifiquei que o fenómeno era
    pior no Porto e que era nacional”, disse.

    2. Lei vai obrigar proprietários a reabilitar prédios na Baixa
    Porto

    Em nome do “interesse colectivo”, os proprietários de prédios vazios na
    Baixa portuense serão obrigados a reabilitá-los. A imposição terá letra
    de lei e visa acabar com a especulação à custa de imóveis devolutos,
    criando condições para o repovoamento dos miolos urbanos.

    3. Metro não chega mesmo ao aeroporto até ao Euro
    Porto

    Valentim Loureiro, presidente do Conselho de Administração da Empresa do
    Metro, confirmou, ontem, que a linha até ao Aeroporto Francisco Sá
    Carneiro, na Maia, não estará pronta a tempo do Euro 2004.

    4. Toponímia da cidade no relato de uma revolução
    Porto

    Há 342 anos (4 de Maio de 1661), o Porto viveu momentos de grande
    agitação. Foi quando o povo se revoltou contra uma lei que impunha em
    todo o reino a obrigatoriedade do uso do papel selado em todas as
    petições judiciais. E que cidade seria essa de há três séculos atrás ?
    Um relato pormenorizado dos acontecimentos daquela época, feito por uma
    testemunha ocular, abre-nos a porta para uma incursão ao Porto do tempo
    de D. Afonso VI.

    5. Arte rupestre poderá ajudar na luta contra o IC1
    Caminha

    Existem diversas gravuras rupestres em diversos pontos da geografia de
    Lanhelas e Vilar de Mouros, com motivos geográficos e zoomórficos, como
    sucede na Chã das Carvalheiras, sobre a qual se prevê passar o IC1, e já
    objecto de um pedido de classificação ao IPPAR que, a concedê-lo, poderá
    impedir a consecução da estrada, já que se encontra na área de protecção
    de 500 metros do monumento, conforme foi realçado pelo historiador
    lanhelense Luís Guerreiro.

    6. Observar o ambiente

    Num sítio como este, rodeado de água mas também com tantos problemas,
    preservar o ambiente é uma tarefa de todos”
    A astronomia ajuda a perceber, através de imagens de outros planetas,
    que o homem não vai destruir o planeta. Vai destruir-se a si, se não
    mudar de rumo.”
    (…)
    Um dos sonhos do presidente da AAMARG é o de ver, na extensa floresta de
    Mira, predominantemente de pinheiro, um “regresso ecológico” ao século
    XV, com o reaparecimento de espécies folhosas que previnam incêndios
    como o que, há uma dezena de anos, destruiu uma enorme extensão da mata
    da orla marítima, da Figueira da Foz à Tocha.

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentou-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias
    e do Público Local Porto e Minho, em 19 de Outubro de 2003.

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
    Vouga e o Minho. Em «Fora do Noroeste» (só ocasionalmente), podem inserir-se
    notícias de outras regiões que possam apresentar interesse como exemplo
    negativo ou positivo para situações equivalentes no Noroeste.

    Selecção hoje feita por Daniel Carvalho

    Para os textos integrais consultar:

    https://jn.sapo.pt/eddia/eddia1.asp

    https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/19/indice.html

    ou as respectivas edições em papel.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://www.egroups.com/group/pned

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário