İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    [PNED] 3 de Setembro INFO
    Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página
    net veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    A estrutura deste Boletim INFOPNED tem vindo a variar por motivo de
    experiências e tentativas de fixação de um modelo a seguir no futuro.
    Agradecem-se sugestões e comentários.

    Quarta-feira, 3 de Setembro de 2003

    1.
    Quatro Vozes do Porto Dão Vida ao Edifício Transparente

    Público
    ANDRÉIA AZEVEDO SOARES
    Porto/Castelo do Queijo/Edifício Transparente
    Ambiente Urbano/Marginal Marítima

    O Edifício Transparente que emoldura a marginal marítima do Porto, próximo
    do Castelo do Queijo, começa a ter hoje alguma utilidade. Esta noite, a
    partir das 20h30, a autarquia organiza o concerto “Porto Sound” – um
    espectáculo com a participação dos Blind Zero, de Sérgio Godinho, de Rui
    Veloso e dos GNR.

    2.
    Esqueletos de Dinossauros em Exposição no Palácio de Cristal

    Público
    Lusa
    Porto/Palácio de Cristal
    Jardins

    Nove esqueletos completos de dinossauros encontrados nos desertos da
    Mongólia vão estar expostos, a partir do dia 22, no Pavilhão Rosa Mota
    (Palácio de Cristal), no Porto, disse ontem à Lusa fonte do promotor da
    iniciativa.

    3.
    Condomínios fechados

    Jornal de Notícias
    Gomes Fernandes arquitecto/Pedro Correia (?)
    Geral/Opinião
    Condomínios Fechados/Ambiente Urbano

    Promotores acenam com a “cenoura” da segurança ao potencial comprador. São
    unidades urbanas fechadas, de pequena e média dimensão, em regra conjuntos
    residenciais onde predomina a moradia unifamiliar e com alguns equipamentos
    comuns, nem sempre proporcionais ao número de necessidades dos moradores.
    Representam, hoje e entre nós, um “status” de classe elevada e média alta,
    embora a aplicabilidade do conceito tenha vindo a perder valor comercial, na
    medida em que o mesmo já se aplica a promoções de dimensão e qualidade por
    vezes sofrível.

    4.
    Construção dos molhes do Douro volta a ser adiada

    Jornal de Notícias
    Carla Sofia Luz
    Porto/Foz
    Molhes da Foz/Marginal Fluvial Marítima/Ambiente Natural/Ambiente Urbano

    Apesar do ministro Carmona Rodrigues ter garantido que a empreitada começava
    em Setembro, o estudo de impacto ambiental ainda não está concluído. Obra só
    arranca em Janeiro. Mais uma falsa partida para os molhes do Douro. A obra
    já não começa este mês, como garantiu o ministro das Obras Públicas e dos
    Transportes, Carmona Rodrigues. O estudo de impacto ambiental ainda não es-
    tá concluído e, por isso, aponta-se uma nova data para a intervenção:
    Janeiro de 2004. Uma varanda para o mar com jogos e esplanada: A vocação dos
    molhes é criar condições de maior segurança na barra do Douro, mas o
    projecto não se resume a este aspecto: é uma longa varanda lúdica, com vista
    para o mar. Com um prazo de execução de 28 meses, deverá estar concluída em
    Maio de 2006.

    5.
    Soares da Costa espera por decisão da Câmara

    Jornal de Notícias
    Carla Sofia Luz
    Porto / Antas
    Ambiente Urbano

    Autarquia deixou claro que não dará o terreno prometido à firma. Porta-voz
    da construtora diz que ainda não recebeu a comunicação oficial. A empresa
    Soares da Costa ainda espera por uma comunicação oficial da Câmara do Porto.
    O coordenador do Plano de Pormenor das Antas (PPA) da autarquia, Rui
    Quelhas, deixou claro, no passado mês de Julho, que não será entregue o
    terreno nas Areias (Campanhã) àconstrutora, apesar do compromisso
    protocolado entre as duas entidades. A atribuição da parcela é ilegal no
    entendimento camarário e da Inspecção-Geral das Finanças.

    6.
    Adesão às Águas do Cávado vale dez milhões de euros

    Jornal de Notícias
    Gil Diniz
    Amares
    Rio Cávado/ Água

    Endividada para além do limite legal, a Câmara só pode realizar pequenos
    investimentos. O município de Amares praticamente não tem liquidez
    financeira. E é um dos 43 municípios portugueses que já ultrapassaram a
    capacidade legal de endividamento. José Barbosa, presidente da Câmara
    Municipal de Amares, um independente eleito pelas listas do PS que
    conquistou a autarquia ao social-democrata Tomé Macedo nas últimas
    autárquicas, afirma que teve de renegociar todas as dívidas para garantir o
    funcionamento dos serviços camarários e, ainda, para algum investimento. O
    ambiente é prioridade até ao fim do mandato, pelo que diz estar tentado na
    associação com a Águas de Cávado e, assim, beneficiar de fundos na ordem dos
    10 milhões de euros.

    7.
    Jacintos invadem a Pateira

    Jornal de Notícias
    Pedro Fontes da Costa
    Águeda/Pateira de Fermentelos
    Zonas Húmidas/Conservação da Natureza/Jacinto-de-água

    A maior lagoa da Península Ibérica está a ser novamente atacada pelo vegetal
    brasileiro. Plantas provocam a morte dos peixes e causam grandes transtornos
    à navegação. A Pateira de Fermentelos, localizada no concelho de Águeda,
    está a ser invadida por milhares de jacintos, plantas de rápida reprodução.
    “Múltiplos prejuízos”/ Rosa Pinho Professora da Universidade de Aveiro:
    A eichhornia crassipes – jacinto – é de origem brasileira. Uma só planta
    pode originar outra em duas semanas. A área total ocupada por esta planta é
    muito considerável no planeta. São múltiplos os prejuízos que resultam da
    sua proliferação, com destaque paraa alteração dos biótopos aquáticos, tendo
    já sido observada rarefação ou desaparecimento de peixes. No Sudão, a pesca
    à rede é impossível. A navegação e flutuação podem tornar-se impraticáveis e
    a higiene pública pode ser afectada pela decomposição de plantas e formação
    de águas estagnadas. Nos EUA, os prejuízos causados por esta praga oscilam
    entre 5 e 14 milhões de dólares anuais.

    8.
    Nem o Festival das Dunas salvou época balnear

    Jornal de Notícias
    P.R.
    Aveiro/S. Jacinto/Torreira
    Prais e Litoral/Dunas/Reserva de S. Jacinto

    O sossego, a tranquilidade e o contacto bastante próximo com a natureza são
    o cartão de visita das praias da Torreira e S. Jacinto, e que habitualmente
    chamam muitos turistas àquela região do distrito de Aveiro. Este ano, e
    porque a crise parece que veio para ficar, nas unidades hoteleiras e os
    restaurantes da zona a falta de poder de compra dos portugueses também se
    fez sentir.

    9.
    Nova empreitada no Parque Urbano

    Jornal de Notícias
    Gil Diniz
    Braga
    Parque Urbano/Ambiente Urbano

    Concurso Câmara Municipal deverá aprovar execução da segunda fasede arranjos
    exteriores ao estádio. Mais uma empreitada no Parque Urbano, onde se situa o
    novo estádio de Braga, será aprovada amanhã na primeira reunião pós-férias
    do Executivo municipal. Apesar de não serem intervenções directas no
    estádio, as obras a executar são consideradas imprescindíveis para o seu
    funcionamento: pavimentações, parques de estacionamento e zonas verdes.

    10.
    Reciclagem será o novo projecto

    Jornal de Notícias
    Autor não indicado
    Barcelos/Martim
    Sensibilização Ambiental/Reciclagem/Resíduos

    A iniciativa, inserida na campanha de sensibilização ambiental MartimLimpo,
    foi promovida pela Junta de Freguesia de Martim, com a colaboração do
    pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Barcelos. “Sabendo que o programa
    de ocupação de tempos livres, do Instituto Português da Juventude, dava
    prioridade, este ano, aos projectos de carácter ambiental, aproveitamos para
    desafiar os nossos jovens”, conta António Carvalho. Depois de concluída a
    primeira fase do projecto Martim Limpo, a Junta de Freguesia de Martim vai
    avançar com uma segunda fase, no âmbito da reciclagem. “Aos poucos vamos
    conseguir acabar com os contentores a transbordar de lixo”.

    11.
    Rio Labriosque mais limpo graças ao trabalho de jovens

    Jornal de Notícias
    Liliana Rodrigues
    Barcelos/Martim
    Rios/ Rio Cávado/ Poluição

    Afluente do Cávado escondia animais mortos, móveis e electrodomésticos.
    Estação de tratamento de águas é a esperança da Junta, numa freguesia ainda
    s em saneamento. O rio Labriosque, afluente do rio Cávado, que atravessa a
    freguesia de Martim, em Barcelos, está mais limpo graças à acção de 20
    jovens. Depois de dois meses de limpeza, que terminaram no passado
    fim-de-semana, os jovens admitiram que foi “uma experiência difícil, mas
    muito interessante”, já que “as ervas e as silvas escondiam uma verdadeira
    lixeira ao ar livre”.

    12.
    Roteiro turístico das 51 freguesias

    Jornal de Notícias
    R. M.
    Ponte de lima
    Turismo Interior

    Percorrer as pouco mais de uma centena de páginas que compõem o Roteiro,
    cuja concepção levou o autor, Maurício Brito, a “descobrir e admirar mais”
    Ponte de Lima, pode significar, nas suas palavras, “orgulhar-se dos
    monumentos, beleza natural e tradição da mais antiga vila de Portugal e,
    provavelmente, a mais bela”.

    13.
    Vila Chã Quer Uma Solução Ambiental para Exploração de Caulinos

    Público
    FRANCISCO FONSECA
    Esposende/Vila Chã
    Indústria Extractiva/Poluição

    A freguesia de Vila Chã, no concelho de Esposende, quer uma solução
    ambiental integrada para a exploração de caulinos levada a cabo pela
    Campados, Caulinos do Norte, SA, uma empresa que labora na freguesia há
    vários anos.

    14.
    Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão Arranca Depois de Amanhã

    Público
    ÂNGELO TEIXEIRA MARQUES
    Vila Nova de Famalicão
    Artesanato/Economia Tradicional

    A Feira de Artesanato e Gastronomia de Vila Nova de Famalicão, que começa
    depois de amanhã, no antigo campo da feira semanal, vai fixar um novo
    recorde de presenças de artesãos e de restaurantes, em relação às dezanove
    edições anteriores.

    FORA DO NOROESTE

    15.
    Big brother vigia circulação em Alfama e no Bairro Alto

    Jornal de Notícias
    Gina Pereira
    Lisboa/Alfama/Bairro Alto
    Mobilidade/Automóvel/Limitação automóvel/Ruas Pedonais

    Um único sistema de controlo regula, 24 horas por dia, as duas primeiras
    zonas de acesso condicionado. Pilaretes são alvo de brincadeiras de peões,
    mas não vandalizados. Uma sala não muito grande, sem janelas. Mesas
    corridas, vários computadores e um ecrã gigante, onde são projectadas as
    imagens que estão a ser captadas, em tempo real, por 16 câmaras de vídeo
    instaladas nas duas primeiras zonas de acesso e circulação condicionada da
    capital: Bairro Alto e Alfama. O centro de controlo de tráfego da Empresa
    Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) funciona 24 horas por dia e,
    por trás do sistema, estão pelo menos dois operadores em permanência,
    garantindo que tudo funciona sobre rodas.

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentaram-se os resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias
    e do Público Local Porto e Minho, em 3 de Setembro de 2003.

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
    Vouga e o Minho. Em «Fora do Noroeste» (só ocasionalmente), podem inserir-se
    notícias de outras regiões que possam apresentar interesse como exemplo
    negativo ou positivo para situações equivalentes no Noroeste.

    Selecção hoje feita por José Carlos Marques

    Para os textos integrais consultar:

    https://jn.sapo.pt/eddia/eddia4.asp

    https://jornal.publico.pt/publico/2003/09/03/indice.html

    ou as respectivas edições em papel.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://www.egroups.com/group/pned

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário