infoPNED 18 Agosto 2003

    PUBLICIDADE
    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
    Para contactar esta lista, ver informacoes no final da mensagem

    InfoPNED – Segunda-feira, 18 de Agosto de 2003

    PUBLICO

    1.PUB Local Minho

    Gonçalo Ribeiro Telles Quando Troveja
    Eduardo Jorge Madureira
    Segunda-feira, 18 de Agosto de 2003
    Ainda é costume dizer-se que as pessoas apenas se lembram de santa Marta quando
    troveja. Os incêndios de Agosto fizeram com que os meios de comunicação social
    se fossem, digamos assim, abastecer de sabedoria junto de Gonçalo Ribeiro
    Telles. Era previsível. “A forma como se destruíram as raízes mediterrânicas da
    nossa agricultura, a exploração familiar, a policultura, transformando-se tudo
    numa floresta de celulose e de pinhal, que depois arde no Verão, sem pensar nos
    agro-sistemas tradicionais, com base na pecuária a céu aberto, tudo isso são
    erros que se vão pagar muito caro”, avisa ele numa entrevista ao “JL” desta
    quinzena.

    2.PUB Sociedade

    Mais de 2800 Toneladas de Fuelóleo Retiradas das Praias Espanholas Neste Verão
    As praias da costa galega e cantábrica, em Espanha, continuam a ser afectadas
    pelo fuelóleo proveniente do petroleiro “Prestige”. Segundo dados oficiais,
    citados pela edição de ontem do jornal “El País”, só entre 1 de Julho e o dia 11
    deste mês foram recolhidas, na região, 2864 toneladas de resíduos. TEXTO

    3.PUB Sociedade

    Tempestade Abate-se Sobre a Catalunha
    Ao fim de várias semanas de calor intenso, chuva torrencial e ventos fortes
    abateram-se ontem sobre o Nordeste de Espanha, afectando em particular a região
    da Catalunha. A tempestade arrancou árvores, destruiu telhados e causou muitos
    problemas à circulação ferroviária. Os cortes de energia sucederam-se em várias
    localidades do país. TEXTO

    4. PUB Pública

    Alqueva: a Água Não Serve para Nada
    Luís Miguel Viana
    As visitas de fim-de-semana à barragem do Alqueva são extraordinárias. Milhares
    de pessoas chegam de todas as partes do Alentejo para verem, palparem, sentirem
    aquela obra. Saem dos carros e avançam com um passo lento em direcção ao
    parapeito que dá para a albufeira. Vão pelos largos passeios da coroa da
    barragem como se caminhassem num adro em dia de romaria. E há qualquer coisa de
    solene, de redentor, na forma como estacam, levantam os olhos e miram aquele
    lago sob o sol faíscante. Minutos depois regressam já a rir, a falar alto;
    porém, durante segundos, houve alguma coisa de profundo que se agitou dentro
    deles e que não souberam como exprimir.
    Dados do Alqueva

    JORNAL DE NOTÍCIAS

    1. JN tema da semana
    Madeireiros temem falta de trabalho
    Recessão(!) Próximo ano vai dar que fazer mas industriais já falam em
    despedimentos
    Américo Sarmento
    A desolação é total no concelho de Oleiros. Uma das mais verdes regiões do país
    está reduzida a cinzas. Onde imperava o vigor da natureza, reina agora um negro
    dantesco. Um verdadeiro cenário apocalíptico, “próprio para um filme de terror”,
    como descreve o paróco da vila, Martinho Cardoso.

    2.JN tema da semana
    Áreas desprotegidas
    Alfredo Maia
    Os incêndios das últimas semanas destruíram ou afectaram importantes habitats,
    mas o Instituto de Conservação da Natureza (ICN) ainda não recebeu qualquer
    sinal de alerta.

    3.JN tema da semana

    Reflorestação vai demorar pelo menos mais 25 anos
    O presidente da Câmara de Oleiros, José Santos Marques, olha para o seu
    concelho, quase totalmente consumido pelas chamas, e não esconde a preocupação:
    “Perdeu-se a grande riqueza do concelho. Mesmo havendo reflorestação, esta
    riqueza só volta daqui a 25 anos”.

    4.JN tema da semana

    Tudo extinto após 28 dias de inferno
    Reflexão Durão Barroso promete relatório rigoroso sobre vaga de fogos Arderam
    mais de 215 mil hectares
    Inês Cardoso e Marisa Rodrigues
    Depois da tempestade de chamas, a acalmia. Pelo menos por enquanto. Decorridos
    28 dias de alarme e mobilização permanente de meios, em que sucessivos incêndios
    varreram todo o país, ontem, o Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil
    pôde suspirar de alívio. “Está tudo extinto”, garantiu, pelas 20.30 horas, o
    comandante de serviço.

    5. JN grande Porto

    Arca de Noé na cidade
    Porto Preferências Cada Vez Mais Os Portuenses Escolhem Animais Exóticos Para
    Ter Em Casa Cães E Gatos São Agora Trocados Por Cangurus E Serpentes

    6. JN grande Porto
    Bairro histórico convertido em sala de chuto ao ar livre

    porto droga na sé Tráfico e consumo, feitos sem qualquer discrição, são
    espectáculo degradante para turistas e moradores Toxicodependentes enchem a
    Viela do Anjo e a Igreja dos Grilos

    7. JN grande Porto

    Outra vez? Não, por favor…

    por Jorge vilas jornalista Estudem os novos traçados, mas vejam se evitam uma
    nova polémica por causa da ponte para o TGV
    A jornalista Elsa Costa e Silva revelou, há dias, no DN, que o especialista de
    mobilidade da Faculdade de Engenharia do Porto, Pedro Pinho, considera que a
    linha de alta velocidade deverá entrar no Porto por Campanhã para o que é
    necessário outra obra de arte sobre o Douro. Esta perspectiva do problema é
    diferente daquela que figura e tem feito carreira na proposta de PDM: uma nova
    ponte a montante da Arrábida, aí por alturas de Massarelos, contemplando o modo
    ferroviário (com o metro) e, também, o rodoviário. Há, inclusivamente, um estudo
    elaborado pelo prof. Adão da Fonseca, o autor da ponte do Infante.

    8. JN País Viana do castelo

    Autarcas acertam agulhas para enfrentar a Portucel
    ampliação Máquina para fabrico de papel reciclado, que começará a laborar em
    2005, vai significar 55 postos de trabalho. Freguesias temem mais poluição e
    aumento do trânsito de pesados
    Os autarcas das freguesias de Sub-portela, Deocriste e Deão, em Viana do
    Castelo, vão reunir-se, esta semana, para tomar uma posição conjunta a propósito
    da ampliação da Portucel. Em causa está a instalação de uma segunda máquina,
    desta feita para produzir papel reciclado, que o grupo Gescartão quer ver a
    laborar em 2005. Apesar da criar 55 postos de trabalho, o equipamento está a
    gerar alguma controvérsia, pois receia-se que os impactos ambientais sejam
    negativos.

    9. JN País Coimbra

    Carta do ruído vai ajudar a prevenir problemas na cidade
    Uma primeira parte da Carta do Ruído foi recentemente entregue na Câmara de
    Coimbra, mas a versão final do trabalho iniciado há um ano apenas será
    apresentada em Outubro.

    10. JN País Braga

    Santa Cruz com projecto para novo lar de idosos
    Oportunidade Edifício, comprado por 140 mil euros, só espera por dinheiro para
    as obras de recuperação
    Pedro Leitão
    É o prédio “número um” do Largo Carlos Amarante, em Braga. Foi comprado à
    Misericórdia por 140 mil euros. Um “bom preço” para a Irmandade de Santa Cruz.
    Nele ficará instalada uma extensão do lar de idosos da instituição. Só que o
    aproveitamento do imóvel espera melhor disponibilidade financeira.

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentou-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do JN e do
    Público Local Porto e Minho, em 18 de Agosto de 2003.

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
    específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
    basicamente entre o Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

    Para os textos integrais consultar:

    https://jn.sapo.pt/eddia/eddia2.asp

    https://jornal.publico.pt/publico/2003/08/18/indice.html

    ou as respectivas edições em papel.

    PNED = Porto e Noroeste em Debate

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para:
    pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe
    PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a:
    pned-owner@egroups.com

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas
    mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://www.egroups.com/group/pned

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário