• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente cerca de 400 participantes inscritos.]

Veja o site da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 29 de Julho de 2008

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Ílhavo: Jardim Oudinot renasce em Agosto

Está marcada para 10 de Agosto a inauguração do renovado Jardim
Oudinot, na Gafanha da Nazaré, votado ao abandono durante mais de 20
anos. As obras, orçadas em 3,5 milhões de euros, ficaram prontas em
menos de um ano.

O concurso público para as obras de renovação do Jardim Oudinot foi
lançado em Setembro de 2007. Menos de um ano depois vai ser devolvido
à população. O jardim está renovado e apresenta novas valências, tais
como dois parques desportivos (com campos de futebol, ténis e
basquetebol), um parque infantil e o primeiro parque geriátrico do
município, com um circuito de manutenção para idosos. O jardim ganhou
ainda uma zona para a realização de eventos. O Festival do Bacalhau,
por exemplo, vai decorrer de 20 a 24 de Agosto, e em 22 Setembro, o
novo Oudinot servirá, também, de palco à recepção das mais de 2500
pessoas previstas durante a regata de grandes veleiros.

https://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=%CDlhavo&Option=Interior&content_id=972743

==========================
2. Coimbra: Poluição e areia causam praga no rio Mondego

O assoreamento do leito do Mondego, na cidade de Coimbra, e os
fertilizantes agrícolas e esgotos despejados a montante são causas
prováveis do aparecimento invulgar de uma grande quantidade de plantas
nas águas do rio. A explicação foi adiantada ao JN, ontem à tarde,
pelo provedor do Ambiente e da Qualidade de Vida Urbana de Coimbra,
Salvador Massano Cardoso. O provedor remeteu informações mais
rigorosas sobre o problema para o relatório que vai divulgar esta
tarde. Um documento elaborado com a ajuda de técnicos do Jardim
Botânico de Coimbra, que caracterizaram as plantas que se têm
concentrado, sobretudo, junto ao Parque Verde do Mondego. Segundo
adiantou Massano Cardoso, parece não haver dúvidas de que se trata de
uma praga de ranúnculos, cujo aparecimento resultará da acumulação
excessiva de areia, no leito do rio, e da nitrificação das suas águas.
O provedor do Ambiente garantiu, porém, que essas plantas não oferecem
qualquer perigo a quem tomar banho no Mondego. Entretanto, as plantas
acumuladas vão ser recolhidas por técnicos da Comissão de Coordenação
e Desenvolvimento Regional do Centro, adiantou, também ontem, o
vereador da Câmara de Coimbra João Rebelo.

https://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Coimbra&Concelho=Coimbra&Option=Interior&content_id=972744

==========================
3. Braga: Cemitério romano condiciona novo shopping

Uma necrópole romana foi encontrada na principal avenida de Braga,
numa área onde vai ser construído um novo centro comercial. Só o fim
das escavações podem determinar o que acontecerá ao ambicioso projecto.

A descoberta terá sido feita em Janeiro, segundo avançou o Diário do
Minho, que explica o secretismo à volta do achado com um alegado
pedido de sigilo por parte da Regojos Imobiliária, empresa que vai
construir um centro comercial no chamado quarteirão dos CTT. Segundo o
jornal, nem a Câmara de Braga, na pessoa do vice- presidente, Nuno
Alpoim, saberia ainda da descoberta na Avenida da Liberdade, mas, ao
que o JN apurou, o gabinete de arqueologia tinha já conhecimento.

A necrópole é extensa, inclui ossadas, esqueletos bastante completos e
cinzas, revelando a existência de dois rituais distintos, por inumação
ou incineração. No local, desde o início do ano, está um extenso rol
de profissionais da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho,
que inclui 13 arqueólogos. A equipa foi contratada pela própria
empresa antes das obras, uma condicionante arqueológica imposta pelo
facto de se tratar de uma área propensa à existência de vestígios
romanos.

https://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Braga&Option=Interior&content_id=972737

==========================
4. Ponte da Barca: “Piscinão” devolve praia aos banhistas

Já esteve inacessível por causa das oscilações de temperatura e do
nível das águas, originadas pelas barragens. Este Verão, após 60 mil
euros em obras, a praia fluvial da vila de Ponte da Barca foi
devolvida à população

Tem sete acessos pedonais a partir da zona urbana, está preparada para
acolher banhistas com deficiência ou mobilidade condicionada e tem uma
particularidade: funciona como se fosse uma piscina, alheia às
flutuações do caudal provocadas pelas barragens. É assim a praia
fluvial de Ponte da Barca, localizada em plena vila, numa zona próxima
das piscinas municipais

https://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Viana do
Castelo&Concelho=Ponte da Barca&Option=Interior&content_id=972736

==========================
5. Gaia: “Cais Cultural” nasce na Real Companhia

A primeira pedra do “Cais Cultural” de Gaia foi lançada, esta
segunda-feira, na presença do edil daquela Autarquia, Luís Filipe
Menezes, que elogiou o projecto orçado em 25 milhões de euros e a
inaugurar no final do próximo ano.

O “Cais Cultural” de Gaia, resultado de uma parceria público/privada –
a ser construído nas antigas instalações da Real Companhia Velha, –
vai ser constituído por um HOTEL, UM SPA, UM AUDITÓRIO E AINDA POR
ESPAÇOS DE RESTAURAÇÃO [????], numa área total de 27 mil metros
quadrados.

https://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Vila Nova de
Gaia&Option=Interior&content_id=972693

==========================
6. Matosinhos propõe-se contribuir para traçado do metro

A Câmara Municipal de Matosinhos aprovou ontem, por unanimidade – na
última reunião ordinária antes das férias – contribuir para a
definição do traçado da ligação de metro entre a Senhora da Hora e o
Hospital de S. João.

Existindo há muitos anos o consenso sobre a necessidade dessa ligação,
esta linha passou a figurar também no traçado dos novos percursos
previstos no memorando assinado em 21 de Maio do ano passado, no
Palácio do Freixo, com a presença do primeiro-ministro, José Sócrates.

https://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Matosinhos&Option=Interior&content_id=972756

==========================
7. Marco de Canavezes: Ligação de eólicas na região custa 15 milhões de euros

Entrou em funcionamento, no ínício deste mês, a subestação de
Carrapatelo (no Marco de Canaveses), considerada pela REN “um nó
fundamental da Rede Nacional de Transporte de Energia. Trata-se de um
investimento de cerca de 15 milhões de euros em energias renováveis.

Segundo a Rede Eléctrica Nacional (REN), a subestação de Carrapatelo
“tem como finalidade a alimentação da rede regional de alta tensão da
EDPDistribuição”, além da “recepção e ligação de energia proveniente
de mais quatro subparques eólicos: Aveloso (Cinfães), Carvalhosa
(Paços de Ferreira), Picão (Castelo de Paiva) e Arada (Felgueiras),
constituindo um total de 56 aerogeradores com uma potência unitária de
dois megawatts (MW) de potência.

https://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Marco de
Canaveses&Option=Interior&content_id=972700

==========================
8. Crónica: Contornar obstáculos
por Manuel António Pina

O PS garante que “não recebe lições de combate à corrupção” de
Cravinho, respondendo assim a declarações deste segundo as quais “a
grande corrupção considera-se impune (?) e atinge áreas do
funcionamento do Estado”.

E o mais certo é que não as receba também de Saldanha Sanches para
quem, em entrevista ao CM, “a maioria PS, em relação à corrupção, tem
mostrado uma inépcia altamente suspeita”. Talvez fosse, pois,
interessante conhecer de quem receberá o PS lições de combate à
corrupção, sabendo-se que, por exemplo, o Conselho que congeminou para
tal “combate” está limitado a controlar bens? imóveis.

E sabendo-se que, “with a litle help” do novo CPP, centenas de
investigações em curso por corrupção, peculato, participação económica
em negócio, tráfico de influências, abuso de poder e administração
danosa correm o risco de ficar em águas de bacalhau.

Entretanto, revela o “Público”, investidores russos pagaram 50 milhões
por terrenos de Faro onde não é permitido construir, mas “esperam
contornar esse obstáculo”. Obviamente, como cantam os Beatles,”with a
litle help from (their) friends”.

https://jn.sapo.pt/Opiniao/default.aspx?content_id=972770&opiniao=Manuel
Ant%F3nio Pina

==========================
9. Gaia: À espera para ver

Os moradores de Vila d?Este não acreditam que desta seja de vez.
Apesar das garantias de Menezes, a maioria diz estar cheia de
promessas que nunca foram cumpridas. Ao JANEIRO falaram da necessidade
de um parque infantil, de uma esquadra da polícia e de uma estação do
metro.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=832deeae6f66c272e2da33a26c3358c6

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias, do Público e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de
outros jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
contacto@campoaberto.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Paulo Araújo

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário