• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Destaque: O amianto existe!

Como se vê (notícia n.º 6), o Governo descobriu que o amianto existe e é
problema, e vai investigar! Nada mau. Ainda há pouco, altos responsáveis do
sector energético negavam que as linhas de alta tensão pudessem representar
qualquer prejuízo para os que habitam próximo. Mesmo depois do tribunal os
chamar à pedra. De modo que reconhecer o problema do amianto não é ainda a
solução mas é uma possibilidade de haver solução. Enquanto um problema não é
reconhecido nos seus contornos reais e mais profundos, não há solução
possível.

Destacar é se calhar uma questão mais de humor que de outra coisa. Embora o
humor hoje não devesse ajudar graças a uma incómoda gripe, a verdade é que
quase tudo o que seleccionei hoje me pareceu merecer destaque: a
sinistralidade rodoviária e o mito da autoestrada segura versus velocidades
inseguras, a maior facilidade em constituir associações um bom empurrão ao
civismo se houver quem queira criar associações cívicas (uma certa
redundância nos termos mas enfim), estudos epidemiológicos úteis que estão a
ser feitos e outros que jamais poderão ser feitos deles não fala esta
notícia mas vêm à lembrança a propósito já que ninguém sabe quem está a
comer ou quem não está a comer alimentos animais provenientes de rações
transgénicas por exemplo…

Balancei mas acabei por optar pelo amianto. Não é todos os dias que a
oficialidade reconhece a existência de um problema grave e promete
estudá-lo. Não é ainda a solução, mas é já a condição da solução.

[Esta lista tem actualmente 403 inscritos.]

Veja o site da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/

Comente, participe, divulgue.

====

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

====
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

====
Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007
====
1. VALPAÇOS: Más condições atmosféricas comprometeu castanhas da região
Menos de metade da produção

As más condições atmosféricas que se fizeram sentir na época da floração
comprometeram a produção de castanhas. Este ano, a quantidade de fruto
apanhado em Valpaços vai descer para menos de metade. O Governo
disponibilizou 500 mil euros para ajudar os agricultores.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=615c16895d0c9033248a664382e41662

====

2. VILA REAL: Falta de chuva
População manifesta-se contra falta de água

Habitantes de Vilela do Douro, em Sabrosa, Vila Real, manifestaram-se ontem
contra a falta de água que atinge a localidade há algumas semanas, obrigando
os bombeiros a abastecer diariamente o depósito local.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=d29792ded5bd6746bc9177cf956c66bb

====

3. País: Serviço foi apresentado pelo Ministério da Justiça
Associação na Hora disponível desde ontem

O Ministério da Justiça apresentou ontem a Associação na Hora, um serviço
que torna ³mais rápido e barato² o procedimento de constituição de
associações, que funcionará em regime experimental em vários pontos do País.
O secretário de Estado da Justiça apresentou o serviço dizendo que ³é agora
mais simples, rápido e barato constituir associações em Portugal². ³Mais
simples porque é possível constituir associações num balcão único que trata
de todas as formalidades, e mais rápido porque seguimos o modelo da empresa
na hora para poder constituir associações num tempo médio inferior de 45
minutos², disse João Tiago Silveira. O serviço Associação na Hora permite
que sejam constituídas associações através de um atendimento presencial
único, e passa a estar disponível no período experimental nas Conservatorias
do Registo Comercial de Braga, Coimbra, Évora, Lisboa, Loulé, Porto e Gaia,
independentemente do local da sede da futura associação.

————————-

Documentos
Entrega imediata
Cumpridos o procedimentos administrativos, é entregue imediatamente à
associação criada de acordo com esta nova medida a certidão comprovativa do
acto constitutivo e dos estatutos, bem como o cartão de pessoa colectiva e o
número de Segurança Social da nova entidade.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=b6d767d2f8ed5d21a44b0e5886680cb9&subsec=&id=653431fb4c1976564dba517fe91b44d3

====

4. País: Medicamento de uso hospitalar retirado do mercado mundial

A Autoridade Nacional do Medicamento e dos Produtos de Saúde (Infarmed) está
a retirar do mercado farmacêutico português o medicamento de uso hospitalar
Trasylol, depois de um estudo ter revelado que aquele fármaco aumenta o
perigo de morte em pacientes submetidos a cirurgia cardíaca. O porta-voz da
entidade reguladora afirmou que ³os mecanismos para recolha do medicamento
no País foram desencadeados² ao longo do dia de anteontem. A Bayer,
responsável pelo desenvolvimento e pela venda do produto, suspendeu
temporariamente a sua comercialização a nível mundial, após a interrupção
parcial, por motivos de segurança, de um estudo canadiano que aferiu o risco
acrescido de morte em pacientes tratados com o fármaco que foram submetidos
a cirurgias. O Trasylol era indicado para redução de perdas sanguíneas e
transfusões de sangue em doentes submetidos a bypass cardiopulmonar.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=b6d767d2f8ed5d21a44b0e5886680cb9&subsec=&id=9303dab65f40b0469233b187e7f33359

====

5. País: Auto-estradas com mais 50% de mortes

Dimensão do acidente na A-23 fará disparar ainda mais as estatísticas de
vítimas em auto-estradas

Até final de Agosto, os registos de sinistralidade davam conta de um aumento
de quase 50% do número de vítimas mortais em auto-estradas, relativamente ao
período homólogo de 2006 – de 42 para 62 mortes. A Autoridade Nacional de
Segurança Rodoviária não dispõe de dados mais actualizados, mas a dimensão
do acidente de anteontem é suficiente para fazer disparar ainda mais esta
estatística.

https://jn.sapo.pt/2007/11/07/primeiro_plano/autoestradas_mais_50_mortes.html

====

6. Amianto: Governo admite investigar amianto

O inventário geral dos bens imóveis do Estado poderá vir a incluir quesitos
destinados a obter informação sobre estruturas que empreguem materiais como
o amianto, com vista à sua substituição. Esta foi a informação recebida pelo
provedor de Justiça na sequência de um processo sobre as providências
adoptadas pelo Governo no cumprimento de uma resolução da Assembleia da
República, de Abril de 2003.

https://jn.sapo.pt/2007/11/07/sociedade_e_vida/governo_admite_investigar_amianto.html

====

7. Terras de Bouro: Produtos biológicos no S. Martinho

S. Martinho é comemorado no próximo fim este fim-de-semana, em Terras de
Bouro, sob o signo dos produtos biológicos. “São três dias com produtos de
alta qualidade, não massificados, em vez da quantidade impera a qualidade”,
refere o presidente da Câmara, António Afonso, na apresentação da sétima
Feira-Mostra. Para além da carne de cabrito, dos cereais e dos legumes, vão
ser revividas tradições minhotas no centro da vila. Uma desfolhada aberta a
todos os interessados, uma chega de bois e provas de produtos estão também
elencadas no programa.

https://jn.sapo.pt/2007/11/07/norte/produtos_biologicos_s_martinho.html

====

8. Alimentação e doenças em estudo no concelho

Nove mil alunos são alvo do trabalho que arranca este mês

Até que ponto a asma nas crianças pode ser consequência do tipo de
alimentação? A obesidade em Guimarães tem valores igualmente elevados como a
média nacional? Estas são algumas das questões a que o Centro Médico de
Apoio ao Desporto (CMAD) de Guimarães quer responder com um estudo que
incide em quase nove mil crianças das escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico
do concelho.Resultado de uma parceria entre a Tempo Livre (que gere o
desporto municipal), através do CMAD, o Centro de Saúde de Guimarães e as
Faculdades de Medicina e de Ciências de Nutrição da Universidade do Porto,
este “estudo pioneiro” (a designação oficial é Growth Monitoring Kids)
pretende fazer a avaliação do desenvolvimento físico das crianças e conhecer
os seus hábitos alimentares.

https://jn.sapo.pt/2007/11/07/norte/alimentacao_e_doencas_estudo_concelh.html

====

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por José Carlos Marques

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com====

__._,_.___
Mensagens neste tópico (1) Responder (através da web) | Adicionar um novo tópico
Mensagens | Arquivos | Fotos | Links | Banco de dados | Enquetes | Associados | Agend

Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário