• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Destaque: Parque da Cidade Ameaçado

Além das questões evocadas na notícia n.º 3, a ameaça mais séria que paira
sobre o Parque da Cidade porque o estraçalharia (se à superfície) ou
descaracterizaria brutalmente (se em túnel), é a hipótese, que gente
supostamente séria admite sem um calafrio, de um atravessamento rodoviário.
A ideia vai sendo referida na impresna e por outras formas na tentativa de
que a gente se habitue e consinta. Aliás, a técnica eficaz nestas coisas por
parte de quem quer “arrasar” é deixar que o cansaço vença os cidadãos:já se
mobilizaram com as torres dos génios da arquitectura, agora já não têm
forças para mais…

Esta gente julga que o Parque da Cidade é um “enorme parque” que pode ser
objecto de abertura de estradas como o Prater ou o Tiergarten, abertas aliás
numa época muito diferente, hoje provavelmente não seriam assim. Em
Bruxelas, o Parc du Cinquantenaire (bem maior que o nosso) foi nessa áurea
época rofoviária perfurado por um túnel: há dois ou três anos obras de
protecção e reconstituição, incluindo cobertura de partes abertas, tentaram
emendar o pior do que tinha sido feito.

Mas como não haviam de achar “enormíssimo” o relativamente pequeno Parque da
Cidade? Se um homem-chave do “Presidente” no anterior mandato achava que a
Rotunda da Boavista era um “enorme espaço verde”…

Falta agora construírem uma ponte sobre o Douro com base no Palácio de
Cristal ou atravessarem-no por um viaduto. A bem da Cidade. A bem da Nação.

A imaginação dos nossos “urbanistas” não tem limites: o limite é o céu.

JCM

[Esta lista tem actualmente 403 inscritos.]

Veja o site da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/

Comente, participe, divulgue.

====

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
contacto@campoaberto.pt

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

====
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

====
Quarta-feira, 12 de Setembro de 2007
====
1. Mundial: Moda dos biocombustíveis recebe primeiras reservas

Carros movidos a óleo usado não serão a solução para o futuro da humanidade,
garante a OCDE

Os biocombustíveis podem causar problemas à biodiversidade e não serão
rendíveis sem novas políticas governamentais, considera a OCDE num relatório
de conclusões imprevisíveis ontem divulgado.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos apresentou
ontem, em Paris, o documento intitulado “Biocombustíveis um Remédio Pior que
a Doença?” numa mesa-redonda sobre o desenvolvimento sustentável. Aí se
considera que “a tendência actual em prol dos biocombustíveis cria tensões
insustentáveis que agitarão os mercados sem gerar benefícios ambientais
significativos”. De igual modo, é feita uma referência à área cultivável
“importante” que a produção dos biocombustíveis ocupará e que “sujeitará a
pressão os preços da alimentação e da água” a troco de vantagens “muito
limitadas”.

Segundo a estimativa da OCDE, os biocombustíveis apenas poderão reduzir em
3%, no máximo, as emissões de gases com efeito de estufa. Recorde-se que na
União Europeia só os transportes rodoviários consomem 24% da energia e são
responsáveis por 12% das emissões de gases a que se aponta a
responsabilidade pelo aquecimento global. O Governo português fez a revisão
de algumas metas a alcançar em 2010, definindo que nesse ano deverá ser
alcançada uma incorporação de 10% de biocombustíveis nos combustíveis
tradicionais.

https://jn.sapo.pt/2007/09/12/sociedade_e_vida/moda_biocombustiveis_recebe_pr
imeira.html

====

2. Nacional: Portugal também destrói corais

Portugal surge referido num estudo da organização conservacionista WWF como
um dos participantes na destruição de bancos de corais no Atlântico
Noroeste. A utilização de métodos de pesca prejudiciais àquela espécie de
água fria é também apontada ao Canadá, Rússia e Espanha.

Uma das tendências para que a mesma organização chama a atenção será a da
substituição de ecossistemas naturais, como as florestas, por culturas
destinadas à bioenergia. Tal acontecerá, prevê o mesmo documento, sem que os
valores ambientais sejam integrados pelos mercados.

https://jn.sapo.pt/2007/09/12/sociedade_e_vida/portugal_tambem_destroi_corais
.html

====

3. Porto: Parque da Cidade preocupa Sá

A impermeabilização da área contígua ao Parque da Cidade, no Porto, está a
preocupar o vereador da CDU. Rui Sá teme que, com a pavimentação do
Queimódromo e a construção da pista para os aviões da Red Bull e da Vila
Desportiva do Sport Club do Porto, sejam ultrapassados os limites
estabelecidos no Plano Director Municipal (PDM).

“Toda a zona do Parque da Cidade, que inclui o Queimódromo, está definida
como área verde de utilização pública no PDM. Creio que já foram
ultrapassados os 5% de impermeabilização permitidos. E não cumprir o PDM dá
perda de mandato”, afirma Rui Sá, sublinhando que a sua preocupação ficou
ontem sem resposta.

Nesse sentido, irá apresentar uma proposta, na próxima reunião de Câmara,
para que seja contabilizada a área de impermeabilização actual e futura
(depois da conclusão de todos os equipamentos da Vila Desportiva) no Parque
da Cidade.

https://jn.sapo.pt/2007/09/12/porto/parque_cidadepreocupa_sa.html

====

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por José Carlos Marques

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário