• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio.

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
www.campoaberto.pt
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592

==========================
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Sexta-feira, 27 de Abril de 2007

==========================
Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Burros e música juntos em Vimioso

Chama-se Sons e Ruralidades e decorre entre amanhã e terça-feira em
Vimioso, distrito de Bragança. É um festival multicultural e acontece
numa região onde sobrevivem alguns dos valores naturais mais bem
conservados do país, cujas tradições e artes rurais ainda permanecem
vivas no quotidiano de quem lá vive.

https://jn.sapo.pt/2007/04/27/cultura/burros_e_musica_juntos_vimioso.html

==============================

2. 94% dos médicos americanos têm ligações à indústria farmacêutica

Laboratórios e médicos dizem que em Portugal a realidade é “residual”
Nos Estados Unidos, ser médico e estar ligado à indústria farmacêutica é
pertencer a uma imensa maioria. Notícia é não ter qualquer relação com
os laboratórios que produzem os medicamentos receitados aos doentes. De
acordo com um estudo publicado na revista da especialidade New England
Journal of Medicine, 94% dos clínicos tem ligações a empresas e um
quarto admite que recebe honorários. As relações são várias – podem ser
consultores, receber amostras de medicamentos ou comida, angariar
doentes para ensaios clínicos ou ir a congressos – e variam consoante a
especialidade

https://dn.sapo.pt/2007/04/27/sociedade/94_medicos_americanos_ligacoes_a_ind.html

==============================

3. Poluição sonora altera hábitos dos pássaros

A poluição sonora está a fazer com que muitos pássaros que vivem em
zonas urbanas alterem os seus hábitos de cantar, segundo um estudo da
universidade britânica de Sheffield. Ao analisarem os pintarroxos, os
investigadores verificaram que os pássaros diurnos estão a cantar
durante a noite para não terem de “competir” durante o dia com o ruído
das zonas urbanas. Os autores do estudo, divulgado na revista «Biology
Letters» e citado pelo site da BBC, revelaram que esta alteração pode
ser traumática para o metabolismo dos animais e contestaram que a
alteração de hábitos dos pássaros diurnos se deva ao excesso de luz
durante a noite. Os investigadores salientaram que, durante a
investigação, os animais que vivem em locais com muita.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=b6d767d2f8ed5d21a44b0e5886680cb9&subsec=&id=b1f2a8d016ed9727a80dfd4a06b67c18

==============================

4. Aveiro: Objectivo é preservar biodiversidade
Quercus compra terreno no Caramulo

A Quercus adquiriu cerca de sete hectares de terreno numa zona de
bosque, na Serra do Caramulo, para garantir a sua preservação. Aquela
associação ambientalista diz querer garantir a preservação da
biodiversidade do local situado no Cabeço Santo.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=b66020d4a7a37d661f1ac3d88892fede

==============================

5. Associação ambientalista em vigília contra abate de árvores

O Grupo de Acção e Intervenção Ambiental (GAIA) anunciou ontem ter
iniciado uma vigília junto a uma quinta, em Vila Nova de Ceira, Góis,
contra o abate de árvores que, segundo a organização, ocorre desde
quarta-feira.
Segundo o GAIA, várias dezenas de árvores, como carvalhos e oliveiras,
podem estar a ser abatidas ilegalmente, pelo que a organização teme que
esteja a ser cometido um “atentado ambiental”. Diana Dias, do GAIA,
afirmou à Lusa que as árvores, em número que não foi ainda apurado, “mas
seguramente dezenas”, poderão estar a ser abatidas em zona de reserva
Ecológica (REN) e Agrícola (RAN).

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=8daf4cbed1520356075344e84f690740

==============================

6. Parques de Gaia com mais visitantes

No ano transacto, a empresa municipal Parque Biológico registou “um
salto de qualidade” e um aumento de visitantes. Contudo, os resultados
foram negativos. O Relatório de Actividades foi apresentado
quarta-feira, em conferência de imprensa.
Mais de 375 mil pessoas visitaram os parques Biológico, da Lavandeira e
das Dunas da Aguda. Contudo, a “concorrência” da Lavandeira levou à
diminuição de utentes no Parque Biológico e, consequentemente, de
receitas.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=6364d3f0f495b6ab9dcf8d3b5c6e0b01&subsec=d82c8d1619ad8176d665453cfb2e55f0&id=e42cf9163c59e4df2aedd83220223446

==============================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

==========================

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
de Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por Celina Raposo

-> danielpc@fastmail.fm

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário