[Esta lista tem actualmente cerca de 400 participantes inscritos.]

    Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
    https://www.campoaberto.pt/
    https://campo-aberto.blogspot.com/

    Comente, participe. Divulgue!

    ==========================
    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
    é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também
    recebem).

    Peça informações:
    campo_aberto@oninet.pt

    ==========================

    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    Segunda-feira, 2 de Abril de 2007

    ==========================

    Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

    ==========================
    1. Gaia: Maior plano urbano do país nasce em Laborim

    Dentro de quatro anos, já deverão ser visíveis, em Gaia, os primeiros
    resultados da maior operação de planeamento urbano em Portugal, que
    abrange uma área de 580 hectares. Trata-se do Interface de Laborim e
    a VL3 (via que fará a ligação entre a rotunda de Santo Ovídio e a
    Madalena), obras orçadas em cerca de 50 milhões de euros, que serão,
    em parte, “financiados por privados”, segundo afirmou, ao JN, o vice-
    presidente da autarquia, Marco António Costa.

    https://jn.sapo.pt/2007/04/02/porto/maior_plano_urbano_pais_nasce_labori.html

    ==========================
    2. Gaia: Santuário de cães

    A quinta, hectares a perder de vista, não é dela – é da Quimigal, uma
    empresa de produtos químicos industriais. E os cães, mais de 30, só
    são dela porque ela, Aurora Cardoso, 52 anos, empregada de limpeza da
    Refer, os salvou da rua, dos canis, da casa de quem queria um animal,
    mas não queria as responsabilidades que isso acarreta.

    https://jn.sapo.pt/2007/04/02/porto/santuario_caes.html

    ==========================
    3. Oliveira do Hospital: Valor das pinhas leva idosos a subir às árvores

    Estreou-se na apanha da pinha mansa há mais de 20 anos e, quem já
    presenciou as suas investidas, afirma que Maria Carolina, 66 anos,
    sobe aos pinheiros “como uma gata”. Conhecia a actividade e estava a
    par da sua rentabilidade, mas foi só após a morte do marido, há 21
    anos, que Maria decidiu dedicar-se à apanha da pinha mansa. “Enviuvei
    e precisava de dinheiro para acabar de criar os meus filhos”, contou
    ao JN, a mãe de três filhos, que toda vida trabalhou na agricultura.
    A opção justifica-se pelo valor das pinhas um saco de 100 quilos vale
    60 euros. É quanto dá um intermediário de Mangualde que as vende para
    as fábricas de Espanha, onde são retirados os pinhões, posteriormente
    comprados pelas confeitarias.

    https://jn.sapo.pt/2007/04/02/norte/valor_pinhas_leva_idosos_a_subir_arv.html

    ==========================
    4. Porto: Da Ribeira para bairros municipais

    A Câmara do Porto quer transferir inquilinos municipais das casas
    entre os números 82 e 95 do Muro dos Bacalhoeiros, na Ribeira, para
    bairros sociais. Três deles já abandonaram as suas habitações, mas os
    restantes prometem resistir ao despejo iniciado há cerca de três
    anos.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=c855f26732ea0e86fda6157f4aca2fcc

    ==========================
    5. Viana do Castelo: Miséria numa cidade mudada pelo Polis

    As intervenções do Programa Polis em Viana do Castelo já chegaram ao
    fim, à excepção da demolição do prédio Coutinho, mas a cidade
    continua com problemas urbanísticos. Um deles é o estado degradado
    das casas do Centro Histórico onde vivem pessoas em condições
    degradantes.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=073cf27f1d507a9f14d658f45f5ac04b

    ==========================

    Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    Se quiser consultar os boletins atrasados veja
    https://campoaberto.pt/boletimPNED/

    ==========================
    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
    de Notícias, do Público e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente
    de outros jornais ou fontes de informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
    está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
    âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
    Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

    Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
    contacto@campoaberto.pt
    telefax 229759592
    Apartado 5052, 4018-001 Porto

    Selecção hoje feita por Paulo Araújo

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário