• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente 399 inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Comente, participe, divulgue.

====

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

====
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

====
Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007
====

1.Porto: Porto Vivo apresenta hoje Documento Estratégico de um quarteirão
que já assegurou investidor para hotel
Projecto das Cardosas desvendado

A SRU apresenta hoje o projecto do Documento Estratégico do Quarteirão das
Cardosas, espaço tido como ³símbolo da reabilitação² da Baixa. O plano prevê
42 parcelas de habitação de qualidade, uma praça interior, 29 escritórios e
ateliês e um parque de estacionamento.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=a5f9db0084bf7e6a684d10bbc7afa001

====

2. Porto: PSD quer esclarecimentos do Governo sobre o destino da «Maria Pia»
Futuro da ponte em causa

O PSD/Porto pretende que o governo esclareça as medidas que tenciona adoptar
para a reabilitação da Ponte Maria Pia, sobre o rio Douro, atendendo a que
não estão a ser respeitados os compromissos assumidos em 2004. E a
degradação vai avançando.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=b2cb54b54044f985a3823e38d3fb293d

====

3. Amarante: Amarante aprova Plano Director da Água

A Câmara Municipal de Amarante aprovou, por unanimidade, o Plano Director de
Abastecimento de Água proposto pela empresa Águas do Douro e Paiva, que
prevê o abastecimento do Município a partir do subsistema do Vale do Sousa.
A solução proposta assenta na extensão daquele subsistema até à zona
ocidental do concelho de Amarante, criando-se, aí, dois pontos de entrega:
na Serra de Água e Leite e em Freixo de Cima. A partir destes pontos é
possível, invertendo o actual sistema da rede em baixa de Amarante,
proceder-se, por gravidade, ao abastecimento das populações localizadas na
margem direita do rio Tâmega e assegurar o transporte dos caudais
necessários para a margem esquerda. Neste caso, serão construídas condutas e
estações elevatórias para as freguesias de Carneiro e Bustelo,
designadamente para o lugar de Travanca do Monte.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=41f499add7f898fc1f55e5f3e18dea1b

====

4- Gerês: Gerês
Terras do Bouro exige as contrapartida à portagem na Mata Albergaria

O município de Terras de Bouro exige as contrapartidas à portagem de 1,5
euros imposta pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês para passagem de
automóveis na Mata da Albergaria. Segundo o seu presidente, António Afonso,
o Instituto da Conservação da natureza instituiu a portagem em Janeiro, por
portaria, ³esquecendo-se de cumprir as contrapartidas prometidas em 2004:
investimento nas freguesias serranas, abertura da albufeira de Vilarinho das
Furnas a barcos sem motor e criação de duas praias fluviais². O autarca
falava no final da reunião ontem realizada no Centro Ambiental do Vidoeiro,
no Gerês, entre o director do Parque, Henrique Pereira, os cinco municípios
que o integram e as respectivas juntas de freguesia. No acto participaram os
autarcas, ou seus representantes, dos municípios de Terras de Bouro, Arcos
de Valdevez, Montalegre, Melgaço e Ponte da Barca. António Afonso
reivindicou ainda a melhoria da estrada que atravessa a Mata e pediu a
transferência da sede do PNPG de Braga – que está fora – para o Centro do
Vidoeiro. O autarca social-democrata entende que o Parque tem também de
proceder rapidamente à revisão do Plano de Ordenamento, de forma a permitir
a construção de parques eólicos e de mini-hídricas, tal como sucede noutras
reservas naturais. Considerou, por outro lado, inaceitável que o Parque
tenha proibido a utilização, para auto-sustento, de saibreiras no seu
interior, ao arrepio do que
consta no Plano de Ordenamento. Face às críticas do autarca, Henrique
Pereira argumentou que a introdução da portagem visa ³preservar a Mata, ao
impedir a invasão de veículos numa reserva biogenética de interesse mundial²
e garantiu que ³serão dadas as contrapartidas pedidas².

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=0fe3fe0e260a24f62a94b2ebf6865d86

====

5. Gaia: QUE DIZ O ACORDO ENTRE A CÂMARA E A REFER
Diferendo entre Câmara e Refer deixa via inacabada
fernando oliveira / arquivo jn

Construção da circular do Centro Histórico resulta de um protocolo, assinado
entre a Câmara e a Refer

Acircular do Centro Histórico de Gaia vai ficar inacabada. O diferendo entre
a Refer e a Câmara Municipal deixa um pequeno troço isolado, junto à estação
ferroviária de General Torres e sem ligação à malha viária existente na
zona. A Refer já anunciou que não vai ceder o corredor ferroviário
desactivado (entre a estação das Devesas e a ponte de Maria Pia) para
concluir a circular, que ligaria as ruas de General Torres e de Serpa Pinto
numa primeira fase, apesar do protocolo celebrado em 2003 pelas duas
entidades. E, segundo esse acordo, o Município não tem direito a ser
indemnizado pelo “milhares” já despendidos.

https://jn.sapo.pt/2007/02/13/porto/diferendo_entre_camara_e_refer_deixa.html

====

6. AMP: Menezes quer planeamento metropolitano

O presidente da Câmara de Gaia critica o planeamento urbanístico “a
retalho”. No momento em que as autarquias da Área Metropolitana do Porto já
fizeram ou ultimam a revisão dos planos directores municipais, Luís Filipe
Menezes considera que a falta de lucidez do poder decisório mantém um
sistema ultrapassado de pensar o futuro da região.

“Não faz sentido que, na actual Área Metropolitana do Porto, a escala de
planeamento não seja metropolitana e que as câmaras estejam a rever os
planos directores municipais a retalho. É uma completa tonteria e iremos
pagar as favas deste erro lá para adiante, como aconteceu no passado. Ao
nível do poder decisório, não tem havido essa lucidez e essa visão. Os
arquitectos devem obrigar os poderes públicos a alterar a ordem das coisas”,
sublinhou Luís Filipe Menezes, na cerimónia de assinatura do protocolo com a
secção regional Sul da Ordem dos Arquitectos, com vista à participação da
Câmara de Gaia na Trienal de Arquitectura.

https://jn.sapo.pt/2007/02/13/porto/menezes_quer_planeamento_metropolita.html

====

7. Marco de Canaveses: PS ataca Manuel Moreira por atentados ambientais

A rede de saneamento é um dos problemas a enfrentar pela autarquia

Manuel Moreira, presidente da Câmara do Marco de Canaveses, foi
responsabilizado politicamente por um conjunto de atentados ambientais que
estarão a ser cometidos no concelho. Quem lhe aponta o dedo é a concelhia do
PS, ao denunciar, em comunicado, “o despejo de detritos domésticos em linhas
de água”. A denuncia pública será “encaminhada para o Ministério do
Ambiente”.

“Não adianta de nada a Câmara, ou o seu presidente, justificar estas
situações com a responsabilização da concessionária do abastecimento de água
e saneamento, uma vez que o discurso público do executivo tem sido reclamar
como prioridade sua o saneamento”, pode ler-se no documento assinado pelo
líder do PS local, Artur Melo e Castro.

São três os locais que sustentam a denuncia ambiental Quinta de Fontambom,
em Várzea do Douro; lugar de Lordelo, em Vila Boa de Quires; e Quinta do
Monte, em Tuías, na entrada sul da cidade do Marco.

https://jn.sapo.pt/2007/02/13/norte/ps_ataca_manuel_moreira_atentados_am.html

====

8. Vila Real: Circuito pedestre do lobo assume vocação turística

Percurso situa-se no fundo da serra de Moroucinhos, em Vila Real

Tem seis quilómetros e situa-se no fundo da serra de Moroucinhos, junto à
aldeia de Samardã, concelho de Vila Real, o primeiro circuito pedestre do
lobo da região transmontana. Está já concluído e em breve deverá ser
inaugurado. Uma das suas atracções é o Fojo do Lobo, armadilha centenária em
pedra posta e que servia para apanhar os temíveis animais dizimadores dos
rebanhos.

https://jn.sapo.pt/2007/02/13/norte/circuito_pedestre_lobo_assume_vocaca.html

====

9. Braga: Exposição de fotografias vai ajudar animais no canil

A Associação Bracarense dos Amigos dos Animais (ABRA) vai organizar, na
próxima semana, uma semana social na qual o destaque vai para uma exposição
de fotografias intitulada “Etecetera”. Todas as fotografias expostas foram
doadas à ABRA e os lucros da sua venda destinam-se a abater despesas,
designadamente médico-veterinárias.

https://jn.sapo.pt/2007/02/13/minho/exposicao_fotografias_ajudar_animais.html

====

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por José Carlos Marques

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário