• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio.

Peça informações a: ampo_aberto@oninet.pt

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
www.campoaberto.pt
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592

==========================
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2007
==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
==========================
1. Porto: Conquistadas mudanças em 16 linhas

Os protestos que se multiplicaram por diversos concelhos e que
mobilizaram muitas centenas de passageiros já obrigaram a STCP a
fazer quase duas dezenas de alterações (num total de 16 linhas) à
nova rede, que entrou em operação há menos de um mês. Entre reforços
de horários, reposição de serviço à noite e ao fim-de-semana e, até,
a criação de uma nova carreira, a empresa, que aceitou trocar títulos
antigos, já se viu forçada a acatar diversas exigências de quem viu
degradar-se a mobilidade, sobretudo, entre casa e o trabalho. E
embora haja mais mudanças na calha, como a criação de uma linha
directa de Rio Tinto à Baixa do Porto, o Movimento de Utentes dos
Transportes diz que muitas zonas continuam sem serviço em condições,
antevendo mais protestos.

https://jn.sapo.pt/2007/01/29/porto/conquistadas_mudancas_16_linhas.html

==========================
2. AMP: Limpar o rio é objectivo comum

A Junta Metropolitana do Porto (JMP) revelou na semana passada, no
final da reunião dos presidentes de câmara da região, que vai
envolver-se no projecto de despoluição do rio Leça, entre a nascente,
em Santo Tirso, e a foz, em Matosinhos. O projecto de trabalhos irá
basear-se, segundo fonte da JMP, na experiência “inovadora” que vai
ser utilizada na requalificação da Estrada da Circunvalação, que
prevê o envolvimento, simultâneo, de vários municípios.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=0fc3bba4db27a1ba75a31053e17d6acb

==========================
3. Aquecimento do planeta

O diagnóstico deverá ser confirmado no final desta semana, no
relatório do Painel Inter governamental para as Alterações Climáticas
(PIAC), um grupo científico criado pela ONU que se reúne esta semana
em Paris. O documento deverá confirmar a extensão do aquecimento em
curso e o grau de responsabilidade humana e fornecer previsões e
pistas para os decisores políticos. Segundo dados preliminares, 2005
e 1998 foram os anos mais quentes desde que há registos e seis dos
sete anos mais quentes de sempre ocorreram desde 2001. A temperatura
do ar nas zonas terrestres aumentou o dobro da do oceano desde 1979 e
a temperatura do oceano a grandes profundidades também subiu desde
1955.

https://jn.sapo.pt/2007/01/29/sociedade_e_vida/mundo_instavel_ameaca_o_clima.html

==========================
4. Quercus duvida das metas do Governo

A emissão de CO será inferior em 1,2 milhões de toneladas se o uso de
energias renováveis atingir os 45% e diminuirá mais 0.9 milhões de
toneladas se o uso de biocombustíveis chegar aos 10%, metas que o
primeiro-ministro apresentou quarta-feira no Parlamento. Apesar de
serem medidas “importantes e ambiciosas”, a Quercus tem “algumas
dúvidas” quanto ao seu cumprimento.

Portugal teria de aumentar a incorporação de electricidade de fontes
renováveis a uma taxa média de 2,5% ao ano até 2010 para cumprir a
meta. “Um desafio quase impossível” para a Quercus, na medida em
que “o consumo de electricidade vai aumentar vários pontos
percentuais” e, em 2006, só 35,4% da electricidade tinha origem
renovável. Quanto a biocombustíveis, a produção nacional em 2006 não
atingiu os 4% “e não se conhecem incentivos dedicados no quadro do
Plano de Desenvolvimento Rural”, pelo que cumprir a meta obrigará à
importação.

https://jn.sapo.pt/2007/01/29/sociedade_e_vida/quercus_duvida_metas_governo.html

==========================
5. Programa de Desenvolvimento Rural: prioridade ao vinho, azeite e floresta

O Pograma de Desenvolvimento Rural (PDR) que se estende até 2013,
deixa um pouco de lado o sector pecuário e as pequenas explorações
agrícolas, e tem como sectores prioritários o vinho, o azeite, os
frutos, os produtos hortícolas, produtos de qualidade e florestas.
Também para o que toca aos chamados produtos de qualidade, já foram
anunciados 230 milhões de euros destinados a produção, promoção e
divulgação. Neste grupo, incluem-se obviamente os produtos de
Denominação de Origem Protegida (DOP), Indicação Geográfica Protegida
(IGP) e agricultura biológica.

https://jn.sapo.pt/2007/01/29/sociedade_e_vida/prioridade_vinho_azeite_e_floresta.html

==========================
6. Primeira Semana Europeia da Energia Sustentável

A primeira Semana Europeia da Energia Sustentável começa hoje, em
Bruxelas, com uma agenda de trabalhos que cobre a maior parte dos
sectores de actividade, das fontes renováveis à eficiência
energética, numa iniciativa da Comissão Europeia. A iniciativa, que é
realizada na sequência da apresentação, no passado dia 10, da
proposta para uma nova política energética europeia, integra cerca de
40 eventos que têm como objectivo promover a partilha de ideias sobre
o desenvolvimento do sector e como as indústrias podem dar o seu
melhor contributo.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=c74d97b01eae257e44aa9d5bade97baf&subsec=&id=6cd651d586d171994dc4b0867c74a499

==========================
7. Jardins do Porto em livro

“Cada capítulo tem um protagonista que é uma árvore, ou uma família
de árvores, que relacionamos com um jardim do Porto e estabelecemos a
ponte entre a árvore e a sua história na cidade”. Paulo Araújo
revelou que a “motivação do livro surgiu de um trabalho de
qualificação de jardins notáveis no Porto”. Estava, deste modo, dado
o mote para o aparecimento do «À Sombra de Árvores com História», que
segundo o autor, “é um modo novo de se olhar um jardim e olhar as
árvores e descrevê-las na cidade”.

Será apresentado quinta-feira à noite, na Quinta da Bonjóia, pela
cientista Maria de Sousa, com a presença do vice-presidente da Câmara
do Porto, Álvaro Castello-Branco, e Guilherme Valente, editor da
Gradiva. A concluir a sessão está prevista a mostra de uma sequência
fotográfica sobre algumas árvores e jardins do Porto.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=b833fcff395c6b01f0b3a6d63d469f7f

==========================
==========================
Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins anteriores veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico u ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e d’O rimeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais
ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as uestões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por Maria Carvalho

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário