İzmir escort » İzmir eskort bayan » Vip Escorts beydağ escort bornova escort buca escort çeşme escort seferihisar escort beylikdüzü escort avrupa yakası escort mecidiyeköy escort beşiktaş escort Escort Paris porn tube porno porn porno amateur

    [Esta lista tem actualmente 399 inscritos.]

    Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
    https://www.campoaberto.pt/
    https://campo-aberto.blogspot.com/

    Comente, participe, divulgue.

    ====

    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
    faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

    Peça informações:
    campo_aberto@oninet.pt

    Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
    veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    ====
    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    ====
    Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007
    ====

    Títulos no Público com acesso variável

    – Câmara do Porto admite abandonar projecto-piloto para o Bairro do
    Lagarteiro

    – Resíduos com amianto vão ser removidos em Alhandra

    – Habitação junto à Praia Suave Mar
    Autarca de Esposende responsabiliza PNLN por construção nas dunas
    João Cepa disse ontem que a câmara ficou presa ao licenciamento da obra após
    a emissão de um parecer positivo por parte do Parque Natural
    do Litoral Norte

    ====
    1. Porto: Divergências quanto ao financiamento do projecto pode excluir o
    bairro do programa-piloto
    Intervenção no Lagarteiro ameaçada

    A adesão do Lagarteiro ao programa-piloto «Bairros Críticos» continua a
    gerar polémica. Rui Rio acusa o Governo de «show-off» por pôr a câmara ³a
    pagar o projecto². O PS diz que os quatro milhões de euros em causa não são
    custos demasiado elevados.
    Patrícia Gonçalves

    A integração do Bairro do Lagarteiro no programa-piloto do Governo «Bairros
    Críticos» pode estar ameaçada, caso a Câmara do Porto não decida rapidamente
    celebrar o contrato de parceria com a Administração Central. O aviso partiu
    ontem dos vereadores do PS que, na sessão pública do executivo, questionaram
    Rui Rio sobre as objecções colocadas ao projecto. Segundo a socialista
    Palmira Macedo, ³corre-se o sério risco de perder a candidatura aos fundos
    EFTA [organização internacional]², o que pode conduzir à ³inviabilização da
    candidatura do bairro ao programa-piloto, não havendo tempo para
    substitui-lo por outro².
    Rui Rio acena com os custos e acusa o Governo de ³show-off², pois coloca a
    autarquia a ³pagar bem mais² pelo projecto. ³A proposta do Governo é a
    decisão. O que é investimento pesado é a câmara que paga², acusou.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=7e6c6be85d71a9fe0bb06f023c1a3841

    ====

    2. Opinião: Porto: Militância e cidadania

    Participei há dias numa iniciativa sobre urbanismo na Área Metropolitana do
    Porto (AMP), promovida pelo clube político “4ª Dimensão” e,tal debate fez-me
    pensar nalgumas questões pertinentes, do ponto de vista da cidadania, que os
    partidos têm dificuldade de encarar.

    Há hoje um claro défice de participação e debate de ideias no quotidiano da
    vida partidária, em particular nos partidos do “arco do poder”, neste caso
    no PS, a quem pertence o substancial do corpo de associados deste clube
    político, que integra ainda independentes. Por tal razão, mas não única, vem
    ressurgindo este tipo de prática associativa, que procura ocupar um vazio de
    carência criado quase por exclusiva responsabilidade dos partidos, que
    deveriam funcionar como escola cívica e de formação de quadros e não meros
    aparelhos de conquista e uso do poder.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/24/porto/militancia_e_cidadania.html

    ====

    3. Trofa: Variante à Linha do Minho vai libertar a cidade do comboio

    Paisagem urbana irá ser revolucionada com a variante à Linha do Minho.
    Vão-se os comboios, mas fica o canal, já a pensar num veículo urbano

    A construção da variante da Trofa, que irá libertar a cidade do “espartilho”
    da linha do caminho-de-ferro, deverá arrancar no final deste ano. O concurso
    público para a primeira fase (um túnel com cerca de 1,5 quilómetros) já foi
    lançado e as obras têm um prazo de execução de dois anos. Quando ao túnel se
    juntarem os 1,1 quilómetros do novo canal à superfície, a Refer terá gasto
    cerca de 50 milhões de euros e a Trofa poderá requalificar o seu centro
    urbano.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/24/porto/variante_a_linha_minho_libertar_a_ci.html

    ====

    4. Porto: Câmara exige que STCP ouça utentes

    A Câmara do Porto exige que a Sociedade de Transportes Colectivos do Porto
    (STCP) atente nas “justas reivindicações das populações” e introduza
    “alterações na proposta de reestruturação da rede de transportes” já em
    vigor.

    A vontade municipal foi expressa, ontem de manhã, na reunião da Autarquia. O
    Executivo aprovou, por unanimidade, uma moção da CDU, solicitando que a STCP
    assegure “um nível de qualidade do serviço prestado nunca inferior àquele
    que estava em vigor antes da reestruturação”, implementada no início do ano.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/24/porto/camara_exige_stcp_ouca_utentes.html

    ====

    5. “Norte deve ser uma causa nacional”

    “É necessário que o Norte seja encarado pelo Estado e pelos principais
    actores, como as câmaras municipais, como uma grande causa nacional”,
    afirmou, ontem, na Fundação de Serralves, Carlos Lage, presidente da
    Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN).

    Carlos Lage falava no final da apresentação do Programa Operacional Regional
    do Norte 2007-2013 a mais de 60 presidente de câmara da Região Norte.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/24/norte/norte_deve_seruma_causa_nacional.html

    ====

    6. Minho: Perre desespera por museu que evoque antigo povoado
    artur machado

    Em Perre, são ainda visíveis algumas estruturas postas a descoberto durante
    as escavações no castro do Vieito, cividade que quase desapareceu com a
    construção do lanço do IC1

    construção do lanço do IC1/A28 entre Viana do Castelo e Caminha esbarrou, no
    Verão de 2004, em castro romanizado. A cividade do Vieito, ou “casa dos
    Mouros”, como lhe chamam na freguesia, foi, então, alvo de escavação
    arqueológica de emergência. Porém, a estrada acabou por atravessar o
    povoado, do qual pouco restou, reivindicando, agora, residentes e órgãos
    autárquicos locais por um núcleo museológico, equipamento que tarda em
    chegar e no qual, a exemplo da preservação do castro, já poucos acreditam.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/24/minho/perre_desespera_museu_evoque_antigo_.html

    ====

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
    Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
    jornais ou fontes de informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
    Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por José Carlos Marques

    Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

    Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

    www.campoaberto.pt
    campo-aberto.blogspot.com

    Apartado 5052
    4018-001 Porto
    telefax 22 975 9592
    contacto@campoaberto.pt

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário