Destaque: Vouzela anuncia (ver n.º 4) uma reflorestação com espécies
    autóctones preventiva de fogos florestais. É uma esperança, sobretudo se a
    solução se generalizar. Não se compreende aliás como ainda não se
    generalizou pois desde há muito é apontada como um caminho (mais) seguro a
    adoptar.
    JCM

    ====
    [Esta lista tem actualmente 399 inscritos.]

    Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
    https://www.campoaberto.pt/
    https://campo-aberto.blogspot.com/

    Comente, participe, divulgue.

    ====

    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
    faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

    Peça informações:
    campo_aberto@oninet.pt

    Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
    veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    ====
    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    ====
    Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007
    ====

    Títulos no Público com acesso variável

    – Portugal reciclou 5500 toneladas de resíduos eléctricos em 2006

    – Fogos Deputados querem prevenção e combate num ministério

    – Quinta do COVELO cinco projectos de recuperação

    – “Governo nunca se interessou pela quinta”

    – VISITA GUIADA ÀS “RUÍNAS” DA PRAÇA DE LISBOA

    – Póvoa ainda à espera que a refer avance com projecto da ecopista

    ====

    1. Matosinhos: Guilherme Pinto, presidente da Câmara de Matosinhos, assistiu
    a duas demolições
    Costa requalificada em 2008

    A Câmara de Matosinhos demoliu, ontem de manhã, o bar da praia de Fuzelhas,
    em Leça da Palmeira, e uma construção na praia do Cabo do Mundo. Guilherme
    Pinto salientou que até à época balnear de 2008 vão ser investidos 10
    milhões de euros na requalificação da orla costeira.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=3ae7b6df4e0277b095773a595922adea

    10 milhões de euros para renovar a orla marítima
    adelino meireles

    Obra de beneficiação entre a zona do Farol da Boa Nova e o Cabo do Mundo
    deve arrancar na Primavera. Marginal ficará ligada por passadiço

    O antigo bar da praia de Fuselhas, em Leça da Palmeira, e as instalações de
    uma tipografia junto à praia do Cabo do Mundo, em Perafita, começaram,
    ontem, a ser demolidos. Foi o início “simbólico” de um projecto de
    requalificação da orla marítima, que deverá ficar concluído a tempo da época
    balnear de 2008. Ao longo de toda a costa do concelho de Matosinhos vão ser
    investidos 10 milhões de euros em equipamentos de apoio, aquisição de
    terrenos e beneficiação do espaço.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/17/porto/10_milhoes_euros_para_renovar_a_orla.html

    ====

    2. Porto: Finalistas de Arquitectura Paisagista apresentaram cinco propostas
    sustentáveis para o parque
    Quinta do Covelo em aberto

    Ainda não há cronograma. A Câmara do Porto continua aberta a contributos
    para enriquecer o projecto do Parque Urbano da Quinta do Covelo. Depois do
    concurso de ideias, ontem foram divulgadas as propostas dos alunos
    finalistas de Arquitectura Paisagista.
    Lúcia Pereira

    O projecto para o Parque Urbano da Quinta do Covelo ainda está em aberto.
    ³Será seguramente uma fusão, aproveitando ideias, com mais uma ou outra da
    autarquia², afirmou o vice-presidente da Câmara do Porto, Álvaro
    Castello-Branco. Ontem, o autarca responsável pelo Pelouro do Ambiente
    assistiu à apresentação de mais cinco propostas, desta feita pelos alunos
    finalistas de Arquitectura Paisagista, que elaboraram os projectos para o
    parque urbano no âmbito da cadeira Projecto ­ Qualificação Urbana. A criação
    de percursos, miradouros, socalcos, passadiços, edifícios para actividades
    culturais e pedagógicas, zonas de socalcos, clareiras relvadas e um jardim
    com rochas foram algumas das propostas apresentadas.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=6822d91203d47896ff356cb288789bfa

    ====

    3. Leça da Palmeira: Comissão pede restituição das linhas
    Leceiros contra alterações da STCP

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=51312c34d3a526ac2344e5cdc70d5929

    ====

    4. Vouzela: Vouzela: Monte Sr. do Castelo reflorestado
    ³Floresta modelo² com 12 mil árvores

    Doze mil árvores vão ser plantadas no Monte da Senhora do Castelo, em
    Vouzela, onde a autarquia pretende criar uma ³floresta modelo² que
    privilegie espécies autóctones, consideradas essenciais para evitar a
    propagação dos fogos.
    A autarquia anunciou ontem que estão a ser cortadas árvores e limpo o mato
    existente numa área de dez hectares do Monte da Senhora do Castelo.
    O objectivo é ³criar uma floresta modelo, na qual prevaleçam espécies
    autóctones, tais como carvalhos, castanheiros e sobreiros, permitindo assim
    a diminuição futura de risco de propagação de incêndios naquela zona²,
    justifica. As doze mil árvores a plantar posteriormente foram cedidas
    gratuitamente ao abrigo do projecto ProNatura, através de um protocolo
    celebrado entre a autarquia, a Salvador Caetano, SA e a Associação Nacional
    de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente. Desta forma, o Monte da
    Senhora do Castelo ficará coberto com 5.500 carvalhos, 1.300 castanheiros,
    4.000 ciprestes, 1.000 sobreiros e 200 bétulas.
    O presidente da Câmara de Vouzela, Telmo Antunes, referiu que este projecto
    se enquadra nas intervenções de silvicultura preventiva, plantando espécies
    mais resistentes aos incêndios. ³A floresta é uma riqueza estratégica do
    concelho e esta é uma medida que vai ao encontro das políticas que foram
    definidas no Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios²,
    sublinhou.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=de1744e1540f6f264bd1636a90032039

    ====

    5. Alijó: Castro poderá ser património mundial
    Eduardo Pinto

    Castro do Pópulo, também conhecido como castro da Touca Rota ou castro de
    São Marcos, é um monumento que remonta à Idade do Ferro

    Ocastro do Pópulo, em Alijó, poderá vir a integrar a candidatura dos castros
    do Noroeste Peninsular a património mundial.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/17/norte/castro_podera_patrimonio_mundial.html

    ====

    6. Douro: Barragem rouba melhores terras a Pretarouca

    O presidente da Junta de Freguesia de Pretarouca, Rocha Dias, está
    preocupado com o futuro da localidade, depois da construção de uma barragem
    e uma estação de tratamento, que ocuparão 80 hectares dos melhores terrenos
    de cultivo e pecuária, e não outros sugeridos pela população no início do
    processo.

    O ministro da presidência, Pedro Silva Pereira, lança, hoje, a obra da nova
    barragem do rio Balsemão, que ficará localizada na área da freguesia de
    Pretarouca e que vai servir mais de 90 mil pessoas, de seis municípios do
    Douro Sul.

    A obra está a cargo da Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro (ATMAD) e inclui
    uma estação de tratamento e 138 quilómetros de condutas adutoras, num valor
    de cerca de 30 milhões de euros.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/17/norte/barragem_rouba_melhores_terras_a_pre.html

    ====

    7. Tua: Refer investe na Linha do Tua

    A Refer anunciou um investimento de cerca de dois milhões de euros na
    consolidação da linha férrea do Tua, acreditando que está a caminhar para a
    sustentabilidade económica do troço ferroviário.

    A iniciativa pode ser um obstáculo à intenção da EDP de construir uma
    barragem em Foz Tua, que pode levar ao encerramento da linha férrea entre o
    Tua e Mirandela.

    O director-geral de exploração e infra-estruturas da Refer revela que a
    empresa “acabou de automatizar as passagens de nível da cidade de Mirandela
    e está a concurso a remodelação da linha entre o Cachão e Mirandela, o que
    traduz uma manifestação inequívoca da nossa vontade de que a linha não
    encerre”, afirma Eduardo Frederico.

    Para o presidente da Câmara Municipal de Mirandela, esta é uma boa notícia,
    porque, na opinião de José Silvano, “este investimento da Refer vai
    constituir um argumento de peso para que a EDP pondere a vontade de
    construir a Barragem do Tua e, dessa forma, evitar a morte da linha férrea
    entre Mirandela e o Tua”.

    Há ainda outra novidade. A Refer vai passar a ser o agente único de
    circulação, regulando o tráfego a partir do Tua.

    https://jn.sapo.pt/2007/01/17/norte/refer_investe_linha_tua.html

    ====

    ====

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
    Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
    jornais ou fontes de informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
    Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por José Carlos Marques

    Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

    Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

    www.campoaberto.pt
    campo-aberto.blogspot.com

    Apartado 5052
    4018-001 Porto
    telefax 22 975 9592
    contacto@campoaberto.pt

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário