• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente cerca de 400 participantes inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e faz a
Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2006

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Porto: a cidade que (já) não existe

Helder Pacheco, sabe-se, leva uma vida a contar as histórias do Porto, a
procurar a alma da cidade nos seus mais sombrios recantos. Inúmeros livros
mostram-na de vários ângulos e perspectivas, desvendam-na nas suas múltiplas
vivências. Porto: da Cidade Inventada, que esta noite é apresentado na Fundação
Eng.º António de Almeida, é, todavia, mais do que um regresso aos lugares de
sempre; é, segundo o texto de introdução, um mergulho na consciência de que o
Porto que há nos livros de Helder Pacheco já não existe – é uma cidade
invisível e (re)inventada pela memória do historiador.

Fundação Eng.º António de Almeida (Rua do Tenente Valadim, 231-325)
Às 21h00

https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=12&d=12&uid=&id=111870&sid=12345

==========================
2. Porto: Estaleiro do Ouro vai permanecer fechado

O estaleiro do Ouro vai permanecer fechado e sem embarcações. O desafio, lançado
pela Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL) no final de Janeiro
deste ano, não teve consequência. O concurso público, que visava recuperar a
antiga actividade de construção e de reparação de barcos de madeira de média
dimensão, foi anulado. Apenas um concorrente apresentou uma proposta de
exploração do pequeno espaço na marginal fluvial do Porto. Mas a ideia não
agradou à APDL.

https://jn.sapo.pt/2006/12/12/porto/estaleiro_ouro_permanecer_fechado.html

==========================
3. Porto: Câmara contrata Quim Barreiros para o fim de ano

A Câmara do Porto contratou Quim Barreiros para o concerto de passagem do ano. O
cantor popular vai estar em palco na Avenida dos Aliados, no dia 31 de Dezembro,
a partir das 22h00, devendo conduzir a contagem decrescente até à meia-noite.

https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=12&d=12&uid=&id=111880&sid=12345

==========================
4. Douro: Próximo QREN vai permitir diversificar actividades

O novo presidente da Associação do Douro Histórico afirmou ontem, em Sabrosa,
que vai aproveitar o próximo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN)
para promover a diversificação das actividades económicas no Douro, actualmente
demasiado centralizadas no vinho.

https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=12&d=12&uid=&id=111881&sid=12345

==========================
5. Maia: Moradores do “Sobreiro” não querem ir para longe

“Já se fala na demolição do bairro há tantos anos que nem acredito. Só vendo.
Mas desde que não nos obriguem a ir para longe e as casas sejam melhores,
também não me importo”. Fátima Soares vive no Bairro do Sobreiro, em pleno
centro da Maia, desde os 11 anos e o projecto “Parque Maior”, que prevê o fim
daquele bairro, não a assusta. Nem aos restantes moradores.

https://jn.sapo.pt/2006/12/12/porto/moradores_sobreiro_querem_para_longe.html

==========================
6. Caminha: Ambientalistas denunciam aterro em Vilarelho

A Corema denuncia uma “violação claríssima do Plano Director Municipal de
Caminha”, cometida de há um ano a esta parte, junto ao sapal do rio Coura, na
freguesia de Vilarelho, através de um “vazamento de toneladas de terra e pedra”
em zonas “inundáveis e em leitos de cheia”, num espaço definido para
“equipamento e lazer”.

https://jn.sapo.pt/2006/12/12/minho/ambientalistas_denunciam_aterro_vila.html

==========================
7. São Pedro do Sul: Revogada venda dos balneários das Termas

A Câmara Municipal de São Pedro do Sul aprovou ontem, por unanimidade, em
reunião do executivo, a revogação da venda dos balneários das termas, Rainha D.
Amélia e D. Afonso Henriques.
O negócio, que tinha sido aprovado há menos de um mês em reunião de câmara (com
os votos contra do PS), previa a transacção dos imóveis por 12,75 milhões de
euros, para um fundo de investimento gerido pela Fund Box – Sociedade Gestora
de Fundos de Investimento Imobiliário SA, que recebera um mandato da TramCroNe
(TCN) que actuaria como investidor imobiliário. A deliberação da maioria
social-democrata levantou um coro de protestos por parte da população,
empresários do concelho, aquistas e forças políticas adversárias. Pouco mais de
uma semana depois, o presidente da câmara, António Carlos Figueiredo, recuou na
intenção de alienar os imóveis, mas o executivo continuava sem revogar a
decisão. Por isso, o PS desafiou o autarca a recuar formalmente, acusando o
executivo de estar a protelar a decisão para “arranjar receitas fictícias” na
elaboração do orçamento para 2007.

https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=12&d=12&uid=&id=111883&sid=12345

==========================
8. Coimbra: Câmara recusa indemnizações pelas derrocadas na Baixa

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Carlos Encarnação, revelou na
reunião camarária de ontem que o diagnóstico realizado em 2005 pela
Universidade de Coimbra (UC) à situação do centro histórico da cidade de
Coimbra classificou um dos prédios que ruiu no início do mês como “seguro”.

https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=12&d=12&uid=&id=111844&sid=12343

==========================
9. Serra da Estrela: Associação denuncia alegados atentados ambientais da
Turistrela

A Plataforma para o Desenvolvimento Sustentável da Serra da Estrela, com sede na
Guarda, considera “lamentável” que Artur Costa Pais, administrador da
Turistrela, a empresa concessionária das actividades turísticas na serra, se
tenha manifestado recentemente contra a realização de estudos de impacte
ambiental para proceder à ampliação da estância de esqui. Em reacção às
declarações de Artur Costa Pais, nas quais dizia não perceber tal exigência do
parque natural, a estrutura denuncia mesmo um “historial de atentados
ambientais” por parte da empresa.

https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=12&d=12&uid=&id=111849&sid=12343

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico ou
ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias, do Público e
d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais ou fontes de
informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está aberta a
todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico são as
questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o Vouga e o
Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
contacto@campoaberto.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Paulo Araújo

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário