• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente 394 inscritos.]
=================================
Destaque: Artificializar os rios?

Um especialista portuense defende a artificalização de todos os afluentes do
Douro para conter inundações. (N.º 3) Na verdade, poucos faltarão que não
estejam já artificializadps profundamente.

Nos EUA, na sequência do Katrina, está a ser proposto o caminho inverso: a
renaturalização dos rios como a melhor forma de conter os estragos das
inundações.

É certo que cada caso é um caso. Mas… fica a pista de reflexão.
JCM
=================================

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Comente, participe, divulgue.

=================================

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

=================================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

=================================

Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006
=================================

Títulos no Público sem acesso livre

– Diabetes atingem 700 mil portugueses
Doença pode ser evitada com uma mudança de estilo de vida. Os gastos
directos representam já sete por cento do orçamento da Saúde

– Desastres climáticos podem custar um bilião de dólares até 2040
Progressos técnicos em Nairobi

– Hormonas na carne ligadas ao cancro da mama

– Acção em Coimbra para travar co-incineração

– Especialista defende barragens em todos os afluentes do rio Douro para
controlar cheias

– Câmara de Caminha investe 500 mil euros para recuperar Torre do Relógio

– Dezasseis novas superfícies comerciais autorizadas para o distrito de
Viana em 2006
Pedido de instalação de um Carrefour, com 6000 metros quadrados, submetido a
consulta pública

– Dinamização turística em seis aldeias vinhateiras vai avançar em 2007

– Blogues contestam poluição por plásticos na serra da Estrela
Passeio de BTT deixa fitas plásticas na paisagem 16 dias depois. Parque
natural manda investigar

=================================

1. VNG: Grupo parlamentar exige que o Ministério do Ambiente se pronuncie
sobre o aterro
PSD quer soluções para Sermonde

Depois de quase um ano passado sobre a anulação da autorização do Governo
para deposição de resíduos industriais banais no aterro de Sermonde, o
PSD/Porto enviou ao Ministério do Ambiente um requerimento onde exige
soluções alternativas para esta problema.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=3c5333d778e4e84102b95ffc7033770e

=================================

2. Caminha: Caminha: Investimento da câmara vai permitir abrir o monumento
ao público
500 mil euros para recuperar Torre do Relógio

A Câmara de Caminha vai investir 500 mil euros na recuperação da Torre do
Relógio, monumento que é um «ex libris» do concelho, mas cujo interior se
encontra em avançado estado de degradação, informou ontem fonte municipal.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=4fde0597ead0ddc449b73b949d4ad25e

=================================

3. Douro: Projecto de Foz Côa deve avançar

Um especialista da Faculdade de Engenharia da UP defendeu ontem a construção
de barragens em todos os afluentes do rio Douro como única forma de
controlar o caudal deste rio e evitar a ocorrência de cheias. O responsável
disse ainda que a barragem de Foz Côa devia avançar.
O professor António Machado e Moura, especialista da Faculdade de Engenharia
da Universidade do Porto, disse à agência Lusa que a bacia hidrográfica do
Douro ³só poderá ser controlada com a construção de obras hidráulicas² em
todos os afluentes deste rio, desde o Corgo, ao Pinhão, Tua, Sabor, Paiva e
Côa.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=8e147e80eea6dff62fcf89c164d31117

=================================

4. Marco de Canaveses: Eventual venda de terreno gera polémica

O Partido Socialista exige a Manuel Moreira e António Coutinho, presidentes,
respectivamente, da Câmara Municipal e Assembleia Municipal do Marco de
Canaveses, explicações claras sobre o processo que levou ao licenciamento de
duas novas superfícies comerciais no concelho.

https://jn.sapo.pt/2006/11/15/norte/eventual_venda_terreno_gera_polemica.html

=================================

5. Aveiro: Região quer credibilizar a ria

A exclusão da ria de Aveiro do novo Plano Estratégico Nacional de Turismo
como pólo prioritário de investimento até 2015 abanou, mas não fez cair, a
pretensão das entidades públicas aveirenses em a recuperar e valorizar,
tornando-a uma das principais zonas de interesse aos olhos dos turistas. As
respostas não se fizeram esperar e o objectivo passa por certificar a ria
como uma imagem de marca não só em Portugal como no mundo.

https://jn.sapo.pt/2006/11/15/centro/regiao_quer_credibilizar_a_ria.html

=================================

6. Coimbra: Acção tenta travar co-incineração

Acção popular foi entregue, ontem, por Castanheira Barros, no Tribunal
Administrativo e Fiscal

U ma acção popular apresentada, ontem, no Tribunal Administrativo e Fiscal
de Coimbra, vai tentar travar, mais uma vez, o processo de co-incineração de
resíduos industriais perigosos em Souselas. Entre os autores da acção, à
qual a população pode aderir numa fase posterior, estão nomes como o
presidente da Assembleia Municipal de Coimbra, Manuel Lopes Porto, ou o
director do Serviço de Cirurgia Cardiotorácica dos Hospitais da Universidade
de Coimbra, Manuel Antunes, entre outros. Mas, segundo o advogado
Castanheira Barros, outro dos autores, esta acção popular conta também com a
“solidariedade” de Manuel Alegre e de Vital Moreira.

https://jn.sapo.pt/2006/11/15/centro/accao_tenta_travar_coincineracao.html

=================================

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por José Carlos Marques

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário