Esta lista tem actualmente 394 participantes inscritos.]

    Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
    https://www.campoaberto.pt/
    https://campo-aberto.blogspot.com/

    Comente, participe. Divulgue!
    ==========================
    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e faz
    a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

    Peça informações:
    campo_aberto@oninet.pt

    ==========================
    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    Domingo, 29 de Outubro de 2006
    ==========================
    Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

    ==========================
    1- PORTO
    Dos lázaros de Mijavelhasao sítio do Padrão das Almas
    O Recolhimento das Orfãs direitos reservados
    A antiga Rua de S. Lázaro em dia de festa ao padroeiro
    Cada portuense tem, na sua cidade, um cantinho de eleição. Por regra, essa
    predilecção vai para o sítio onde se nasceu ou se passou a infância.

    https://jn.sapo.pt/2006/10/29/porto/dos_lazaros_mijavelhasao_sitio_padra.html

    ==========================
    2- AMP
    Portagens para chegar ao aeroporto

    IC24 ou A41, autarcas e técnicos defendem que é uma via urbana que não faz
    sentido portajar
    Hugo Silva, José Mota
    V ai ser preciso pagar portagem para chegar ao aeroporto internacional Francisco
    Sá Carneiro? Os camiões da Lipor terão de pagar portagem para despejar o lixo
    nas instalações da empresa que trata dos resíduos de quase todos os concelhos
    da Área Metropolitana? E quem se dirige para a zona industrial da Maia?
    https://jn.sapo.pt/2006/10/29/porto/portagens_para_chegar_aeroporto.html

    ==========================

    3-MATOSINHOS
    Decisão adiada devido ao atraso no IP4
    Ponte móvel encerra em Janeiro

    A APDL adiou, mais uma vez, o encerramento da ponte móvel sobre o rio Leça.
    Neste sentido a travessia já não vai fechar no final do mês, mas em Janeiro.
    Este adiamento deve-se ao atraso das obras do novo troço do IP4, da VRI e do
    alargamento do IC24.
    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=182be0c5cdcd5072bb1864cdee4d3d6e&subsec=&id=50de3f16fdbd8f24a3d152148d97237b
    ==========================

    4-PAREDES
    Paredes aposta na área da investigação
    O presidente da Câmara Municipal de Paredes, Celso Ferreira, anunciou a
    construção naquele concelho
    de um parque tecnológico que albergará investigação nas áreas da
    biotecnologia, energias renováveis e saúde.
    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=d6cd9e6328fadc04e8bf396a01fae1a5
    ==========================

    5-Freguesia de Viana lança abaixo-assinado contra estrada prevista no novo PDM

    Assembleia de Freguesia de Carreço aprovou por unanimidade uma moção que
    defende a exclusão da Via Entre-Santos do Plano Director Municipal de Viana

    A população de Carreço, Viana do Castelo, está a promover um abaixo-assinado
    exigindo a exclusão da proposta de Plano de Director Municipal (PDM) de um
    corredor para uma via “desnecessária e lesiva dos interesses da freguesia”.
    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=10&d=29&uid=&id=104606&sid=11554

    ==========================

    6-
    Governo antecipa linha Porto-Vigo para 2013
    Projecto custa 700 milhões de euros e colocará
    as duas cidades à distância de uma hora

    Linha de alta velocidade do Porto a Vigo? Não. Em rigor, trata-se da linha
    Braga-Valença e não será de alta velocidade “pura”, pois estará
    parametrizada para pouco mais de 200 km/h em vez dos 300 à hora a que se
    associa ao TGV. Mas será esta a via-férrea, em bitola ibérica, que vai
    permitir ligar o Porto a Vigo em exactamente 60 minutos.
    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=10&d=29&uid=&id=104565&sid=11550
    ==========================
    7-

    Injustiça e misériana região do Douro
    Pessoas valem mais do que a bela paisagem
    Párocos das freguesias de Mesão Frio, Peso da Régua e Santa Marta de
    Penaguião, como o JN noticiou, chamam a atenção para os problemas humanos
    das gentes durienses em relação com o principal trabalho agrícola da zona a
    vinha e o vinho.
    https://jn.sapo.pt/2006/10/29/sociedade_e_vida/injustica_e_miseriana_regiao_douro.html
    ==========================

    8 DOURO
    -Traçado do IP2 destrói centenas de hectares de vinhas no Alto Douro
    Carlos Romero
    Ao atravessar a Região Demarcada do Douro, o futuro IP2 vai sacrificar centenas
    de hectares
    de vinhedos, muitos deles dedicados à produção de vinho do porto. A obra
    deverá arrancar
    no 1º trimestre de 2007, está a ser contestada por defensores da paisagem do
    Alto Douro vinhateiro
    Centenas de hectares de vinhas de boa qualidade destinadas à produção de
    vinho do porto vão ser sacrificadas com a construção do lanço de 112
    quilómetros do IP2 entre Macedo de Cavaleiros e Celorico da Beira. A obra, que
    a Estradas de Portugal (EP) estima ser alvo de concurso para concepção,
    construção e exploração no primeiro trimestre de 2007 e estar concluída
    três anos depois, está a provocar celeuma na região e forte contestação
    dos viticultores.
    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=10&d=29&uid=&id=104562&sid=11550

    —–

    Opiniões dividem-se entre o exagero disparatado e a falta de ambição
    Para os críticos do futuro IP2, a nova via é desnecessária e exagerada e só
    serve
    para descaracterizar a paisagem duriense, acelerando “a ruína da região”.
    Mas há quem pense exactamente o contrário. Por Carlos Romero
    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=10&d=29&uid=&id=104564&sid=11550

    ——
    A lógica das vias estruturantes
    Apesar das críticas e das dúvidas das “gentes locais”, a construção do IP2
    não parece ter retorno. É uma das “vias estruturantes” que atravessam o país
    na vertical, ligando Faro, Beja, Évora, Estremoz, Portalegre, Castelo Branco,
    Guarda, Vila Nova de Foz Côa, Bragança e Portelo (fronteira), daí
    prolongando-se até Puebla de Sanabria e ligando-se à espanhola A52, a
    auto-estrada das Rias Baixas. Em Abril deste ano, o ministro das Obras
    Públicas referiu-se ao IP2 entre Celorico da Beira e Macedo de Cavaleiros como
    um meio de “consubstanciar o objectivo do programa do Governo de ligação”
    entre a Guarda e Bragança “através da rede fundamental”. Francisco Olazabal e
    outros notáveis da região contestam esta visão, dizendo, entre outras coisas,
    que há pouca gente da Guarda que pense sequer em ir a Bragança e poucos
    brigantinos que desejem ir à Guarda. Mas a lógica das vias nacionais
    “estruturantes”, mesmo quando atravessam regiões de grande sensibilidade
    paisagística, com baixos índices de utilização rodoviária e com estradas
    suficientes para as necessidades das populações, parece inelutável.
    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?id=104563&sid=11550

    ==========================
    9- Temperaturas sobem até ao fim do século
    As temperaturas máximas durante o Verão no Continente deverão subir, em
    média, três a sete graus até ao final do século, de acordo com uma
    especialista do Instituto de Meteorologia, que falava durante a 1.ª
    Conferência Euro-Atlântica, em Faro
    https://jn.sapo.pt/2006/10/29/sociedade_e_vida/temperaturas_sobem_ao_do_seculo.html

    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=10&d=29&uid=&id=104657&sid=11558

    Estudo procura entender o papel dos raios cósmicos no clima da Terra
    As partículas de alta energia que atingem constantemente o planeta podem
    influenciar a formação de nuvens, ajudando à formação de aerossóis

    Como é que os raios cósmicos podem promover a formação de nuvens?
    https://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=10&d=29&uid=&id=104517&sid=11546

    ==========================
    ==========================
    Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    Se quiser consultar os boletins atrasados veja
    https://campoaberto.pt/boletimPNED/

    ==========================
    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico
    ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias e de O
    Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais ou fontes de
    informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
    específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
    basicamente entre o Vouga e o Minho.

    Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
    contacto@campoaberto.pt
    telefax 229759592
    Apartado 5052, 4018-001 Porto

    Selecção hoje feita por Manuela D.L. Ramos

    ___________________________________________________________________

    O SAPO já está livre de vírus com a Panda Software, fique você também!
    Clique em: https://antivirus.sapo.pt

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário