• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente 394 participantes inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é
e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Sábado, 21 de Outubro de 2006

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Reciclagem pode originarprodutos de qualidade

Está a atenuar-se a ideia de que os materiais reciclados dão origem a produtos com qualidade medíocre, defenderam ontem participantes de uma sessão do 3.º Congresso Internacional Pro Europe, que decorreu em Paris e onde foi feito um balanço da reciclagem de embalagens, actividade a que se dedicam as mais de duas dezenas de organizações Ponto Verde suas associadas. Estas continuam a defender que a reciclagem deve ser a via prioritária para os produtos fora de uso, uma posição divergente da que vem mantendo a Comissão Europeia, que pretende dar maior ênfase à reutilização. De qualquer modo, segundo o presidente da Pro Europe, a legislação que existe sobre a matéria, designadamente em relação a metas de reciclagem, “é suficiente”.

“Compra-se reciclado porque é mais barato, mas devia comprar-se reciclado porque é melhor para o planeta”, sublinhou um dos intervenientes no painel do congresso sobre materiais reciclados e consumo. Para Yvan Liziard, “é um erro crasso darmos valor diferente aos produtos feitos com materiais virgens ou reciclados” e não deveria haver qualquer discriminação entre eles. E isto, apesar de ser possível fazer sucessivas reciclagens, tudo dependendo das características físicas do produto. Uma fibra pode, por exemplo, ser reciclada seis ou sete vezes. E é também possível ir introduzindo em cada nova reciclagem algumas novas matérias primas. Mas, por enquanto, na Europa, segundo disse outro interveniente na sessão, “não há ainda uma visão multimateriais de reciclagem”, estando os sectores compartimentados por fileiras como os metais ferrosos e não-ferrosos, o papel, ou o plástico. Tal deve-se também aos distintos processos industriais usados para cada material (o vidro e o metal são fundidos, enquanto o papel-cartão e o plástico são reciclados por via mecânica).

A terceira edição do congresso das empresas Ponto Verde europeias saldou-se por novas adesões (Finlândia, Ucrânia, Islândia e talvez Itália), ficando a organização com três dezenas de associadas. Para Bernard Hérodin, presidente da Pro Europe e do congresso, fica assim assegurada a cobertura de toda a Europa pela organização, sendo este alargamento “um sinal da boa colaboração entre indústria e autarquias”. O mesmo responsável considera que deve caber a cada país hierarquizar as prioridades relativamente à reutilização ou à reciclagem tendo em conta o seu território e a densidade populacional. No seu entender, pode não ser adequado em termos ambientais nem rendível a reutilização que a Cmissão Europeia pretenderá favorecer.

https://jn.sapo.pt/2006/10/21/sociedade_e_vida/reciclagem_pode_originarprodutos_qua.html

==========================
2. Transgénicos ilegais apreendidos

Este mês foram apreendidos pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), 630 quilos de arroz que continham vestígios de uma variedade genéticamente alterada, não estando autorizada para comercialização.

“Nos últimos dois meses temos recebido alguns alertas sobre arroz transgénico ilegal em circulação no território europeu, mas apenas um relativo à introdução de arroz em território nacional”, afirmou Jorge Reis vice-presidente da ASAE.

Jorge Reis acrescentou que é “improvável que o consumo do arroz contendo LLRICE601 (variedade de arroz apreendido) apreendido represente um risco iminente para a saúde”.

A Comissão Europeia vai pedir contra-análises mais restritas às importações de arroz oriundas dos Estados Unidos da América (E.U.A.) na próxima segunda-feira. Esta decisão surgiu após terem sido verificados, há quatro semanas atrás, indícios de LLRICE601 em carregamentos provenientes dos EUA, muito embora o arroz tenha sido certificado como livre desta variedade de organismo geneticamente modificado (OGM) não autorizado. É de referir que as contra-análises vão levar em conta a descoberta de uma outra especie de OGM (LLRICE502).

https://jn.sapo.pt/2006/10/21/sociedade_e_vida/transgenicos_ilegais_apreendidos.html

==========================
3. Sistema de abastecimento do Pinhão resolve falta de água

A empresa Águas de Trás-os-Montes anunciou ontem um investimento de 20 milhões de euros na construção do sistema de abastecimento de água do Pinhão, que pretende resolver a falta de água que no Verão afecta o Douro Norte.
O Sistema do Pinhão engloba uma barragem, uma Estação de Tratamento de Água (ETA), oito reservatórios, sete estações elevatórias e cerca de 100 quilómetros de condutas adutoras, cujas obras já estão a decorrer e deverão estar concluídas em 2008. A barragem do rio Pinhão está a ser construída nos limites de Sabrosa e Vila Pouca de Aguiar, distrito de Vila Real, e representa um investimento de cerca de quatro milhões de euros. “No início de 2008 e através desta barragem poderemos resolver os problemas da falta de água das populações dos concelhos do Douro Norte”, afirmou Alexandre Chaves, presidente do Conselho de Administração da Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro.
A barragem do Pinhão será o ponto de origem do sistema de abastecimento de água do Pinhão, abrangendo uma população de cerca de 75.000 habitantes. Estas obras são garantidas pelo Fundo de Coesão Europeu através de uma comparticipação de 85 por cento a fundo perdido.
Este sistema vai abastecer os concelhos de Vila Real, Sabrosa, a zona nascente do Peso da Régua e a zona nordeste de Alijó, alimentando supletivamente ainda os sistemas de abastecimento de Vila Chã (Alijó e Murça) e do Sôrdo (Vila Real, Santa Marta de Penaguião, Régua e Mesão Frio). Assim, segundo o responsável, os sete concelhos do Douro Norte vão ser abastecidos através de três pontos de origem, designadamente as barragens do Pinhão e do Sôrdo e o sistema de captação superficial da Campeã.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=ff41b09e602a3a5f20109beda2a8bdab

==========================
4. Metro sem novas obras durante o ano de 2007

Metro do Porto não deverá contar com novas obras durante o próximo ano. O contributo de 16,6 milhões de euros que o Governo reservou no PIDDAC para o metropolitano foi pensado apenas para estudos de implementação de toda a rede e, mesmo que a linha de Gondomar até Rio Tinto seja já lançada, como previsto, também não se prevê a sua construção nos próximos 12 meses, sendo necessários só para o concurso público pelo menos seis meses. A agravar a situação, estão os atrasos na alteração da estrutura accionista, inicialmente prevista para o final do Verão.

https://jn.sapo.pt/2006/10/21/porto/metro_novas_obras_durante_o_de_2007.html

==========================
5. Bacalhau está mesmo ameaçado

O Conselho Internacional para a Exploração dos Mares (CIEM) divulgou ontem o relatório científico de Outono em que propõe a abolição da pesca de bacalhau no Atlântico Norte por considerar que está em causa a sobrevivência da espécie.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=45c48cce2e2d7fbdea1afc51c7c6ad26&subsec=&id=a0bbe8c9d36a7b0cfba462a3740317d0

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e d’O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros jornais
ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito
específico são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste,
basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt
www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Selecção hoje feita por Cristiane Carvalho

======================================

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário