• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente cerca de 380 participantes inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Veja também o blogue:
https://avenida-dos-aliados-porto.blogspot.com

Comente, participe. Divulgue!

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o
que é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também
recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006

==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================

1. Viana do do Castelo: Moura trouxe propostas de Lisboa

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo esteve anteontem,
Defensor Moura, na Secretaria de Estado das Obras Públicas e Comunicações
onde participou numa reunião de trabalho e na qual foram apresentadas
soluções pela EP – Estradas de Portugal, relativamente à construção dos cais
de acostagem do ferry-boat, a instalar em ambas as margens do Rio Lima, com
calendarização e custos envolvidos.
Miguel Rodrigues

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/norte/moura_trouxe_propostas_lisboa.html

==========================

2. Espinho: Aeródromo sem culpa no incidente

Jorge Pinhal, presidente do Aeroclube da Costa Verde, concessionário do
Aeródromo de Paramos, em Espinho, argumenta que não se podem retirar ilações
sobre a segurança a propósito do incidente ocorrido na tarde de
segunda-feira passada, que envolveu um ultraleve obrigado a aterrar fora da
pista devido a uma avaria. O dirigente explica que, mesmo que a pista
estivesse vedada, o que ainda não acontece, a aterragem forçada, neste caso,
no areal da praia ali próxima, aconteceria da mesma forma.

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/porto/aerodromo_culpa_incidente.html

==========================

3. Gaia: Casas para fixar jovens

A Câmara de Gaia quer fixar população nas freguesias do interior do
concelho. Nesse sentido, negociou com algumas empresas a construção, nessas
zonas, de 300 casas para jovens casais a custos controlados. O respectivo
contrato das empreitadas deverá ser aprovado na reunião de Executivo a
realizar hoje. Segundo explicou ao JN o presidente da Autarquia, Luís Filipe
Menezes, o acordo prevê que os construtores recebam contrapartidas, como
isenções fiscais.
Hugo Silva

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/porto/casas_para_fixar_jovens.html

==========================

4.Matosinhos: Expropriação polémica no IP4

Não está a ser pacífico o processo de expropriação de um terreno onde se
inserem uma residência e um stand de automóveis (pertencentes à mesma
família), na Rua da Lagoa, em Matosinhos. Há dois anos, a Estradas de
Portugal (EP) avançou para a posse administrativa, no âmbito das obras do
sublanço Sendim-Via Norte do IP4, e Manuel Ribeiro Pinto, proprietário da
casa e do stand, contestou. No início deste mês, e perante a indicação de
que a construtora se prepararia para proceder à demolição dos imóveis,
interpôs uma providência cautelar. O morador garante, contudo, que esteve
prevista para a manhã de ontem a demolição, mesmo sem serem conhecidas as
decisões dos recursos.
“Só saímos se o tribunal decidir. Em dois anos, nunca falaram comigo e agora
querem fazer isto de um dia para o outro”, lamentou Manuel Pinto, ao JN,
sublinhando que ele e a família (mulher e duas filhas) não têm quaisquer
alternativas de realojamento. “E o stand é o meu sustento”, acrescentou.
De acordo com o morador, a situação remonta a Setembro de 2004, quando a EP
fez a declaração de utilidade pública do terreno, propondo uma indemnização
de 142,5 mil euros. A medida foi contestada, não só pelo valor apontado (que
a família considera baixo), como pelo facto de a obra “não fazer parte do
traçado do IP4, sendo apenas um ramal de acesso, e por não estar prevista no
PDM”, argumentou Manuel Pinto.

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/porto/expropriacao_polemica_ip4.html

==========================

5. Matosinhos: Câmara acusada de pagar a empresa obra dos SMAS

O PCP acusou, ontem, a Câmara Municipal de Matosinhos de ter pago mais de
100 mil euros a um empreiteiro, por uma obra executada pela própria
autarquia, e ameaçou recorrer à Inspecção-Geral da Administração do
Território e ao Tribunal de Contas. Segundo os comunistas, a rede de
drenagem da Rua de Brito Pais, em Leça da Palmeira, foi executada pela
autarquia e o empreiteiro limitou-se a colocar o pavimento. A Câmara de
Matosinhos esclareceu, no entanto, que se trata de uma obra “à medição” pelo
que a autarquia “só pagará o que o empreiteiro executou”.
Reis Pinto

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/porto/camara_acusada_pagar_a_empresa_obra_.html

==========================

6. Mais uma morte na albufeira do Torrão

Um homem de 34 anos afogou-se, ontem à tarde, na albufeira do Torrão, Marco
de Canaveses. Joaquim António Marinho Baptista, que morava em Aveleda,
Lousada, estava a brincar nas águas do Tâmega com um barco insuflável. Os
dois filhos, de seis e 12 anos, estavam com a vítima e, segundo apurámos, o
mais velho ainda terá tentado salvar o pai, que não sabia nadar. Joaquim
Marinho Baptista tornou-se na terceira vítima a morrer na albufeira do
Torrão, também conhecida por lagoa de Alpendurada, no espaço de quatro
meses. Recorde-se que, em finais de Maio passado, dois adolescente, de 14 e
15 anos, que moravam em Rio de Moinhos, também se afogaram, depois do bote
em que seguiam ter sido virado pela ondulação provocada pela passagem de
motas de água.

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/norte/mais_morte_albufeira_torrao.html

==========================

7. Polémica sem fim entre Câmara e os concessionários das águas

A revisão do contrato de concessão das redes de água e saneamento no Marco
de Canaveses não ata nem desata. Recorde-se que a autarquia insiste na
revisão do tarifário, enfrentando a resistência da empresa concessionária, o
que já levou Manuel Moreira a ameaçar “rasgar” o contrato efectuado pelo seu
antecessor, Avelino Ferreira Torres.
António Orlando

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/norte/polemica_fim_entre_camara_e_concessi.html

==========================

8. País: Dinheiro fica por gastar

As associações transmontanas que trabalham com raças de gado autóctones não
conseguem gastar o valor total dos subsídios que são disponibilizados pelo
Estado. Num total de 5,38 milhões de euros que o programa Agris previa, em
2005, para as 13 associações da região, apenas foram reclamados cerca de 70
por cento daquela verba.
Glória Lopes

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/norte/dinheiro_fica_gastar.html

==========================

9. Amarante: Marcha de veteranos por caminhos rurais

A 11.ª Marcha Nacional de Veteranos vai-se realizar no próximo dia 31, às 9
horas, em Amarante. A actividade consiste em percorrer caminhos rurais e de
montanhas, num total de 14 quilómetros, durante seis horas.
O ponto de encontro é no Parque de Campismo do Penedo da Rainha.
As inscrições podem ser feitas até 25 de Setembro no Clube de Campismo do
Porto, organizador da marcha. Cada interessado terá que pagar 10 euros para
se inscrever na actividade que inclui estadia no Parque de Campismo.
Vão haver duas rotas a percorrer na Serra do Marão a rota do Marancinho e a
rota de S. Bento. Na primeira rota, a actividade começa junto à igreja
românica de Gondar e termina no início da rota de S. Bento.
O percurso da segunda rota consiste em subir ao topo da montanha, no lugar
dos Picotos, e entrar num caminho secular até à capela de S. Bento. A
jornada termina na praia fluvial de Rua.

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/norte/marcha_veteranos_caminhos_rurais.html

==========================

10. Amarante: Novo terminal rodoviário avança

A Câmara Muncipal de Amarante procedeu, ontem, à consignação do projecto de
concepção e construção da Estação Rodoviária do Queimado à empresa
Ladário-Sociedade de Construções. A empreitada deverá estar concluída até ao
final do primeiro trimestre de 2007.
O objectivo desta construção é garantir uma estrutura moderna de apoio aos
transportes colectivos interurbanos.

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/norte/novo_terminal_rodoviario_avanca.html

==========================

11.Congresso arranca hoje em Vilar Perdizes

Exorcismo, satanismo e o poder curativo das plantas são alguns dos temas em
debate na 20ª edição do Congresso de Medicina Popular, que decorre de hoje
até domingo em Vilar de Perdizes, Montalegre.

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/norte/congresso_arranca_hoje_vilar_perdize.html

==========================

12. Achado santuário rupestre em Vilar de Mouros

Responsáveis pela Comissão de Melhoramentos de Caminha (COMDECA),
acompanhados pelo arqueólogo António Baptista, deslocaram-se recentemente a
Vilar de Mouros e descobriram um santuário rupestre da época castreja, no
interior de um povoado (castro) pré-romano com estruturas circulares.
O achado contempla 11 insculturas (pias) quadrangulares e duas apenas
desenhadas no afloramento granítico, abertas com recurso a picos de ferro e
apontando para usos rituais, como o provarão vestígios de ressaltos para
suporte de grelhas utilizadas nos sacrifícios.

..
Perante a necessidade de datar os vestígios que existam, a associação de
defesa do património propõe investigações arqueológicas, como adiantou o seu
presidente Augusto Sá, sendo ainda constatado que este achado “nunca
referenciado anteriormente”, se localiza precisamente no enfiamento do
IC1/A28 que termina nesta freguesia.
Daqui resulta que um eventual prolongamento para norte da via rápida
(presentemente em fase de estudo prévio), poderá interceptar o castro e o
santuário rupestre, contribuindo para que esta associação exija o mais
rapidamente possível, um estudo aprofundado do achado arqueológico. Luís
Almeida

https://jn.sapo.pt/2006/08/31/minho/achado_santuario_rupestre_vilar_mour.html

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Se quiser consultar os boletins atrasados veja
https://campoaberto.pt/boletimPNED/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
de Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
contacto@campoaberto.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

__._,_.___

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário