[Esta lista tem actualmente cerca de 380 participantes inscritos.]

    Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
    https://www.campoaberto.pt/
    https://campo-aberto.blogspot.com/

    Veja também o blogue:
    https://avenida-dos-aliados-porto.blogspot.com

    Comente, participe, divulgue.

    =================================

    Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
    veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/

    =================================

    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    =================================
    Quarta-feira, 5 de Julho de 2006
    =================================

    1. Trajecto Porto-Vigo vai durar uma hora

    O trajecto Porto-Vigo em comboio de alta velocidade vai realizar-se num
    período “nunca superior a uma hora”. A garantia foi dada, ontem, pelo
    presidente da Junta da Galiza, Emilio Pérez Touriño, à saída de uma reunião
    com o presidente da República, Cavaco Silva, em Lisboa. O ministro das Obras
    Públicas, Mário Lino, que também se encontrou com o Governante galego,
    afirmou que os prazos de execução serão definidos em Novembro, na próxima
    cimeira ibérica, em Espanha.
    João Paulo Madeira*

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/economia_e_trabalho/trajecto_portovigo_durar_hora.html

    =================================

    2. Porto: Greve dos Sapadores à vista

    Associação Nacional de Bombeiros Profissionais critica Câmara do Porto
    A Associação Nacional de Bombeiros Profissionais acusou a Câmara do Porto
    de ter “colocado, uma vez mais, em risco a segurança” da população. “O
    Batalhão Sapadores teve de substituir os Voluntários” em mais uma
    ocorrência, gerando descontentamento. A greve está à vista…

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=612ccac2724bb64ddcdd0442309650c9

    Sapadores marcam greve
    Os bombeiros do Batalhão de Sapadores do Porto decidiram, ontem, agendar uma
    greve que terá lugar até ao dia 15 de Julho. Descontentes com as mudanças
    introduzidas pela Câmara, os profissionais alegam que está em causa a
    segurança dos portuenses.
    Inês Schreck

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/porto/sapadores_marcam_greve.html

    =================================

    3. Porto: Expandir Linha Am arela no ‘S. João’

    O prolongamento da Linha Amarela até Laborim (Gaia) e para além do Hospital
    de S. João (Porto), criando um interface no nó da Estrada da Circunvalação
    com a A3, é um dos investimentos a curto prazo apontados pelo estudo
    encomendado pelo Governo à Faculdade de Engenharia da Universida do Porto
    (FEUP). O documento, coordenado pelo professor Álvaro Costa, defende ainda a
    linha da Boavista com menos estações e estendida para além da Casa da Música
    e a execução da ligação a Gondomar até Rio Tinto.
    A apreciação à segunda fase de desenvolvimento da rede do metro – intitulada
    Quadro de Reflexão sobre o Futuro do Metro do Porto – nada adianta sobre as
    segundas linhas para Gaia e para a Maia e a extensão a Leça. Recomendando-se
    apenas que sejam realizadas análises de custo-benefício às alternativas de
    expansão da rede do metro.
    Hoje de manhã, o Conselho de Administração da Empresa do Metro irá reunir-se
    e deverá tomar uma posição em relação ao estudo, que foi enviado, há cerca
    de 15 dias, pela secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino. A
    governante afirmou, na passada quinta-feira, que o único compromisso,
    assumido pela Administração Central, é a construção da extensão da Linha
    Amarela até Laborim.
    Carla Sofia Luz

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/porto/expandir_linha_arela_s_joao.html

    O futuro do metro
    Ordenar o território em função do metro. Diminuir o tempo gasto com o
    transbordo do carro ou do autocarro para o metro. Melhorar os acessos
    pedonais às estações. E se de repente se percebesse que, afinal, mais do que
    gastar centenas de milhões de euros em novas linhas, o melhor seria mesmo
    investir em massa cinzenta, para que se tire melhor partido do que já se
    tem? Não serão apenas essas as propostas que apresenta o professor Álvaro
    Costa no seu “Quadro de reflexão sobre o futuro do metro do Porto” (ler
    páginas 32 e 33), mas são essas as que ressaltam. Por serem óbvias. Por
    serem simples. Por serem eficazes. Por serem baratas. E por, infelizmente,
    ninguém lhes prestar verdadeira atenção.

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/porto/o_futuro_metro.html

    =================================

    4. Norte: Série de TV une Galiza e o Norte

    A série documental “EuroRegião Século XXI” foi apresentada, ontem de manhã,
    em Vila Nova de Gaia. Este projecto pretende valorizar os pontos comuns da
    Galiza e Norte de Portugal, uma zona transfronteiriça que compreende uma
    área de 50 mil quilómetros quadrados e onde vivem seis milhões de
    habitantes.
    A série “EuroRegião Século XXI” analisa o Eixo Atlântico como um pólo de
    desenvolvimento, tendo para isso a intervenção de várias personalidades e
    profissionais, incluindo nomes como Rui Rio, Luís Filipe Menezes, José
    Sócrates e José Luis Zapatero.
    O documentário, composto por onze episódios de uma hora cada, é encarado
    como uma enciclopédia audiovisual e como a exteriorização pública da região,
    como afirmou Manuel Campo Vidal, da Lua Multimédia, empresa responsável pela
    produção da série.

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/porto/serie_tv_galizae_o_norte.html

    =================================

    5. Porto Feliz atendeu 2113 pessoas e custou sete milhões de euros

    Rui Rio esteve ontem na Comissão Parlamentar de Saúde da Assembleia da
    República a explicar os contornos do programa de combate à exclusão social
    promovido pela Câmara do Porto. Segundo o autarca, o Porto Feliz já atendeu
    mais de duas mil pessoas, tendo sido gastos à volta de sete milhões de
    euros.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=4f60dd4c312d9050c64f02e58ac171da

    Sete milhões gastos para tratar 567 arrumadores

    O programa de combate à exclusão social Porto Feliz contactou, desde 2002,
    um total de 2113 toxicodependentes, mas apenas 567 aderiram aos tratamentos.
    Quatro anos depois do projecto da Câmara do Porto ter começado, já foram
    gastos mais de sete milhões de euros. Os números foram revelados, ontem, por
    Rui Rio aos deputados da Comissão Parlamentar de Saúde. O presidente da
    Câmara do Porto considerou os resultados “positivos” dada a população em
    causa, mas mostrou-se preocupado com o futuro do projecto, nomeadamente, no
    que respeita à sua estabilidade financeira.
    Inês Schreck

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/porto/sete_milhoes_gastos_para_tratar_arru.html

    =================================

    6. Paredes: 24 horas a pedalar em Lordelo

    A ideia é pôr à prova a resistência de cada participante 300 pessoas são
    desafiadas a aguentar 24 horas a pedalar num percurso circular de 12
    quilómetros. A iniciativa chama-se “24 Horas de Lordelo em BTT – Paredes
    Rota dos Móveis”, é apoiada pela Câmara e decorre no próximo fim-de-semana
    em Lordelo, Paredes.
    Entre as 12 horas do próximo sábado, e as 12 horas de domingo, cerca de 300
    praticantes de BTT vão percorrer, incessantemente, o percurso em sistema
    Open Road, com grau de dificuldade médio/alto, piso variado e irregular,
    declives acentuados e obstáculos naturais.
    Com início e meta nas imediações do Parque da Cidade, junto às piscinas, o
    percurso abrange o campo de futebol dos Aliados, as imediações do
    Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, a Liga do Mobiliário e,
    descendo o monte para S. Roque, em Corregais, uma passagem pela ponte
    improvisada sob a velha ponte românica e chegada às piscinas.
    Além dos atletas individuais, estão inscritas cerca de 20 equipas de quatro
    participantes e 12 de dois. A organização do evento é da responsabilidade da
    Candibyke.

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/norte/24_horas_a_pedalar_lordelo.html

    =================================

    7. Caminha: Arte em perigo

    O director do Centro Nacional de Arte Rupestre alertou para o perigo de
    destruição do sítio arqueológico do monte de Góis, Caminha, devido à
    construção de uma estrada, mas o Instituto do Património garante a
    preservação daquele espaço. Em artigo publicado na edição de Junho da
    revista dos Antigos Alunos da Universidade do Porto, António Martinho
    Baptista defende que a estrada prevista para ligar a A28 à EN13 “irá mutilar
    irremediavelmente o santuário” e a sua paisagem.
    No mesmo artigo, António Martinho Baptista defende que no Monte de Góis, em
    Lanhelas, Caminha, existe “um dos mais ricos complexos inscultóricos da arte
    rupestre da pré-história recente conhecidos na Península Ibérica”.
    “Só a crónica e secular pobreza do país permite que sítios com as
    características do Monte de Góis não sejam há muito conhecidos ou
    valorizados, quer arqueologicamente quer turisticamente”, lê-se no artigo.
    Martinho Baptista elogia a “visão estratégica” do primeiro Governo de
    António Guterres, que permitiu a salvaguarda das gravuras de Foz Côa.

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/norte/arte_perigo.html

    =================================

    8. Guimarães: Cães e gatos salvos da morte quase certa

    Desde que foi lançada pela Câmara de Guimarães, em Fevereiro do ano passado,
    a campanha de adopção de animais abandonados já permitiu salvar da morte
    centenas de cães e gatos. “Os números da adopção são satisfatórios, na ordem
    das centenas. Mais cães do que gatos”, referiu, ao JN, o vereador Costa e
    Silva, responsável, no município, pelo pelouro da salubridade pública.
    Joaquim Forte

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/minho/caes_e_gatos_salvos_morte_quase_cert.html

    =================================

    9. Amares: Lojas para vender produtos locais

    O Jardim das Termas, na Vila de Caldelas em Amares, vai ter seis lojas de
    artesanato com vista à exploração comercial de produtos locais e artesanais,
    depois da autarquia ter aberto o processo para a concessão de licenças de
    instalação daqueles espaços. Licenças essas que têm um prazo de seis meses.
    Tendo por base o objectivo que contribuiu para a aprovação do projecto de
    revitalização do Jardim das Termas, como a promoção do comércio dos produtos
    locais e da valorização de condições para a promoção e venda de produtos
    artesanais, aqueles espaços, a funcionar em pleno centro da vida, são tidos
    como fundamentais para a valorização da estância termal da Vila de Caldelas.
    Pedro Antunes Pereira

    https://jn.sapo.pt/2006/07/05/minho/lojas_para_vender_produtos_locais.html

    =================================

    10. País: Investimento em parques eólicos é de 1500 milhões

    [imagem-1]A proposta do Agrupamento Eólicas de Portugal à fase A do concurso
    para atribuição de potência eólica prevê um investimento global de 1,51 mil
    milhões de euros e a criação de 1.800 novos postos de trabalho.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=45c48cce2e2d7fbdea1afc51c7c6ad26&subsec=&id=b62e5417da7dbc98540d508b02526b16

    =================================

    11. Autarca alude às diferenças entre o Norte e a Galiza

    Menezes insiste na regionalização
    Onze documentários sobre o Norte e a Galiza, para mostra a “Euro região do
    século XXI”. O projecto, do Eixo Atlântico, pretende ser uma “radiografia
    audiovisual” das regiões. Na hora da apresentação, o presidente da Câmara de
    Gaia não resistiu em falar de Regionalização.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=tema&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3

    =================================

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
    Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
    jornais ou fontes de informação).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
    Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

    Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

    Campo Aberto – associação de defesa do ambiente
    Apartado 5052
    4018-001 Porto
    telefax 22 975 9592
    contacto@campoaberto.pt
    www.campoaberto.pt
    campo-aberto.blogspot.com

    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
    faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

    Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

    Peça informações:
    campo_aberto@oninet.pt
    __._,_.___

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário