• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente 387 participantes inscritos.]

Veja o site e o blogue da Campo Aberto:
https://www.campoaberto.pt/
https://campo-aberto.blogspot.com/

Veja também o blogue:
https://avenida-dos-aliados-porto.blogspot.com

Comente, participe, divulgue.

=================================

Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações:
campo_aberto@oninet.pt

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

=================================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

=================================

Quarta-feira, 21 de Junho de 2006
=================================

Títulos no Público sem acesso livre

– Lei das finanças locais foi apresentada a alguns deputados
Líder parlamentar e deputados da Comissão do Poder Local reuniram-se com
Eduardo Cabrita

– TGV Porto-Vigo deve assegurar “a maior participação possível de empresas
ibéricas”

– Rui Rio aplaude nova lei das Finanças Locais
Autarca esperava no entanto mudança mais ambiciosa, embora considere
positivo o sentido a seguir

– Florestas do distrito de Viana vigiadas por 400 jovens
Programa do IPJ garante vigilância em nove concelhos

=================================

1. Leça: Marginal de Leça terá 800 lugares de estacionamento
josé carmo

Projecto de requalificação da marginal leceira prevê instalação de radares
de velocidade na via

Amarginal de Leça da Palmeira, entre o Farol e a zona da Aldeia Nova, vai
ser requalificada nos próximos meses. A segunda fase do projecto de
requalificação daquela avenida junto ao mar, também da autoria do arquitecto
Siza Vieira, foi aprovada, ontem, na reunião de Câmara e a prioridade vai
para o estacionamento automóvel. O projecto prevê a construção de dois
parques públicos, com cerca de 800 lugares de estacionamento.

https://jn.sapo.pt/2006/06/20/porto/marginal_leca_tera_lugares_estaciona.html

=================================

2. Região Metropolitana do Porto: Junta quer apresentar prioridades a
Sócrates

Autarcas inauguraram a nova sede da Junta Metropolitana

A Junta Metropolitana do Porto pediu uma audiência ao primeiro-ministro,
José Sócrates, para apresentar o documento em que estabelece as prioridades
da região no âmbito do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN), ou
seja, os próximos apoios financeiros provenientes da União Europeia.

https://jn.sapo.pt/2006/06/20/porto/junta_quer_apresentar_prioridades_a_.html

=================================

3. Vila Real: Crianças fazem manifestação por um parque limpo
Ermelinda Osório

Crianças pedem limpeza de um parque que divide Câmara e DGRF

Cerca de 180 crianças, com idades compreendidas entre os três e os seis
anos, manifestaram-se, ontem, de manhã, em Vila Real, por “um parque
florestal limpo”. Os meninos pertencem ao Agrupamento de Escolas D. Dinis e
frequentam os jardins- de-infância de S. Vicente de Paula, da Timpeira, de
S. Pedro e de Árvores. Entre as reivindicações, que mereceram cartazes, as
crianças exigem, para além da limpeza, “um guarda, um lago com peixinhos,
animais”, e até “câmaras de filmar para vigiar as pessoas que se portam
mal”, conforme explicou ao JN, a educadora Maria João.

https://jn.sapo.pt/2006/06/21/norte/criancas_fazem_manifestacao_um_parqu.html

=================================

4. Vila Verde: Zonas de extracção vão ser requalificadas
lisa soares / arquivo jn

Zonas de extracção de argila vão obedecer a um plano de requalificação

A Câmara de Vila Verde apresentou um projecto de requalificação do passivo
ambiental na zona extractiva de argila, localizado na área de confluência
das freguesias de Prado, Oleiros, Cabanelas e Cervães, num total de 800
hectares e que, nesta altura, está em discussão pública informal. A
proposta, com base num estudo realizado no último ano, apresenta projectos
de requalificação para nove unidades operativas de planeamento e gestão, que
corresponde às zonas extractivas identificadas no terreno.

https://jn.sapo.pt/2006/06/21/minho/zonas_extraccao_ser_requalificadas.html

=================================

5. Caminha: Corema pediu providência

Segundo a responsável da Direcção Regional do Norte do Ippar, Paula Silva, o
parecer veiculado por aquela instituição fica, igualmente, condicionado à
apresentação de um estudo de valorização da Laje das Fogaças, já
classificada como monumento nacional, e da Laje das Carvalheiras, em vias de
obter aquela classificação.

“A actuação do Instituto Português do Património Arquitectónico permitiu
assegurar uma solução que, embora de compromisso é, efectivamente,
minimizadora do impacto da via sobre os imóveis classificado e em vias de
classificação, bem como sobre o conjunto das lajes insculturadas, permitindo
evitar a sua destruição e minimizando de forma significativa o impacte sobre
a envolvente”, referiu.

No entanto, Paula Silva reconhece que “a redução a zero dos impactos da via
sobre os conjuntos rupestres, apenas, seria possível pela não construção da
estrada”.

A Corema não se conforma e acusa o Instituto Português do Património
Arquitectónico e o Instituto Português de Arqueologia de, com estes
pareceres, prosseguirem “na senda de passar autênticas certidões de óbito
aos testemunhos histórico-culturais desta região”.

A associação ambientalista já interpôs uma providência cautelar para tentar
travar a construção da ligação, considerando que, além da ameaça ao
património arqueológico, o processo configura também “um claro atropelo à
legalidade”, por não ter havido consulta pública ao “novo” traçado.

https://jn.sapo.pt/2006/06/21/minho/corema_pediu_providencia.html

Ippar garante que protegerá gravuras

Prolongamento do IC1 está a ser contestado pela Corema

Adirectora regional do Norte do Instituto Português do Património
Arquitectónico (Ippar) desvaloriza as críticas dos ambientalistas,
garantindo que o traçado da ligação da A28 à EN13, em Caminha, evita a
destruição do património arqueológico e minimiza os impactos na envolvente.
Paula Silva acrescenta, em comunicado, que a actuação do Ippar no processo
assegurou, igualmente, a valorização das lajes classificadas e o estudo e
identificação de dois “importantes” núcleos de arte rupestre, “praticamente
desconhecidos e que podem agora ser investigados e protegidos”. Disse ainda
que o traçado da via naquele local foi alterado “para evitar a destruição de
qualquer das lajes identificadas”.

https://jn.sapo.pt/2006/06/21/minho/ippar_garante_protegera_gravuras.html

=================================

6. São Jacinto: S. Jacinto ganha estatuto de praia acessível a todos
nuno alegria / arquivo jn

S. Jacinto passa a exibir a Bandeira Azul e a Bandeira Praia Acessível

A par da Bandeira Azul, que ostenta, este ano, pela primeira vez, a praia de
S. Jacinto (Aveiro) vai passar a exibir, também , o título de “praia
acessível” a todos.

O título “Praia Acessível ” é atribuído àquela que é a única praia do
concelho de Aveiro, pela Comissão Nacional de Coordenação para o Ano Europeu
das Pessoas com Deficiência (CNCAEPD), ao abrigo de um projecto, iniciado em
2004, que tem como objectivo primeiro tornar as praias portuguesas, tanto as
marítimas como as fluviais, acessíveis às pessoas com mobilidade reduzida.

https://jn.sapo.pt/2006/06/21/centro/s_jacinto_ganha_estatuto_praia_acess.htm
l

=================================

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias e de O Primeiro de Janeiro (e ocasionalmente de outros
jornais ou fontes de informação).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por José Carlos Marques

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:

Campo Aberto – associação de defesa do ambiente

www.campoaberto.pt
campo-aberto.blogspot.com

Apartado 5052
4018-001 Porto
telefax 22 975 9592
contacto@campoaberto.pt
=================================

__._,_.___

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário