[Esta lista tem cerca de 380 participantes inscritos.]
    ==========================
    Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

    Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que
    é e faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio. Em
    alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).
    Peça informações a campo_aberto@oninet.pt

    Veja também:
    https://campo-aberto.blogspot.com
    https://www.campoaberto.pt

    ==========================
    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    Terça, 4 de Outubro de 2005

    ==========================
    Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.
    ==========================
    1. Outras palavras

    O poder democrático mais próximo das pessoas está largamente sob
    suspeita.

    https://jn.sapo.pt/2005/10/04/grande_porto/outras_palavras.html

    ==========================
    2. NDMALO quer saber mais sobre projecto do Fluvial

    O projecto imobiliário em execução nos terrenos do Clube Fluvial
    Portuense, na Rua de Aleixo Mota (Porto), está a preocupar o Núcleo
    de Defesa do Meio Ambiente de Lordelo do Ouro (NDMALO). O crescimento
    do “primeiro bloco residencial do futuro complexo urbano” levou o
    grupo ecológico a escrever a Rui Rio, solicitando a consulta e a
    entrega de cópias dos documentos “relevantes para fins judiciais” do
    processo urbanístico de licenciamento e de concessão de alvará para a
    construção do projecto imobiliário. Na mesma missiva, o grupo pede
    informações sobre o aproveitamento do pavilhão gimnodesportivo de
    Lordelo do Ouro, a manutenção do posto de combustíveis e a
    preservação da mata de sobreiros.

    https://jn.sapo.pt/2005/10/04/grande_porto/ndmalo_quer_saber_mais_sobre
    _project.html

    ==========================
    3. Fogos

    Os bombeiros não têm tido mãos a medir nem capacidade de resposta
    perante o elevado número de incêndios dos últimos três dias que
    causaram pânico sobretudo nos distritos de Coimbra, Viseu e Leiria.
    Apesar de a época crítica de fogos ter sido alargada em 15 dias, na
    chamada Fase Charlie não vão além de 690 os bombeiros disponíveis em
    permanência, integrados nos grupos de primeira intervenção (GPI).
    Número que fica muito aquém dos 3.924 da Fase Bravo, em pleno Verão,
    ou dos 1.160 do período entre 15 de Maio e 30 de Junho.

    A “anormalidade” deste ano mede-se pelos números. Depois dos negros
    425 mil hectares de área ardida em 2003, o pior resultado desde que
    há registos (nos últimos 25 anos) ficava-se pelos 181 mil. Ou seja,
    2005 não se limita a ser o segundo pior ano. Distancia-se largamente.
    Isto porque se estima que a área ardida ultrapasse já os 300 mil
    hectares. O último relatório publicado pela Direcção-Geral dos
    Recursos Florestais, na quarta-feira passada, dava já conta de 286
    mil.

    Na tentativa de encontrar causas, às condições atmosféricas adversas
    Duarte Caldeira soma a convicção de que se assiste a uma “acção
    concertada” de incendiarismo. “O que aconteceu no último fim-de-
    semana foram demasiadas coincidências”, afirma, aludindo à
    simultaneidade de grande número de ignições, em pontos muito
    dispersos dos mesmos concelhos, “precisamente numa fase em que foi
    noticiada a redução de meios de combate”.

    Contudo, o argumento de fogo posto não colhe com facilidade junto de
    investigadores. Hermínio Botelho, da Universidade de Trás-os-Montes,
    aponta antes de mais o vento forte de Leste que se faz sentir desde
    sábado como causa de projecções de faúlhas e acendimentos quase
    simultâneos.

    “Estudo o fenómeno dos incêndios há anos e cada vez mais vejo na
    negligência a causa primeira”. Exemplo de comportamentos de risco são
    as queimadas, “habituais no final das colheitas e que se vêem todos
    os dias”.

    https://jn.sapo.pt/2005/10/04/em_foco/meios_insuficientes.html

    ==========================
    4. Guerra aos novos hipermercados

    O Ministério da Economia deu luz verde à instalação, em Fafe, de
    cinco novas superfícies comerciais. A proliferação acentuada de
    conjuntos comerciais tem suscitado o “braço-de-ferro” das associações
    comerciais, considerando que a região do Minho excedeu, pelo cadastro
    comercial, o número de hipers e que estes constituem uma “agressão”
    ao tecido comercial local.

    https://jn.sapo.pt/2005/10/04/minho/associacao_promete_guerra_novos_hip
    e.html

    ==========================
    5. Ruas com melhor iluminação pública

    Quatro freguesias em Coimbra estão a receber, desde ontem, a
    colocação de 1300 novas luminárias, distribuídas por 73 ruas. Esta
    troca de luminárias corresponde à 3ª fase do programa de ampliação e
    reformulação da rede de iluminação pública, levada a cabo pela Câmara
    Municipal, com um incentivo de 50% da Medida de Apoio ao
    Aproveitamento Energético e Racionalização de Consumos do Programa de
    Incentivos à Modernização da Economia. Segundo responsáveis da EDP,
    as novas luminárias e lâmpadas, para além da poupança energética, têm
    também menores custos de manutenção.

    https://jn.sapo.pt/2005/10/04/centro/ruas_melhor_iluminacao_publica.htm
    l

    ==========================
    6. Novo pólo de leitura

    O pólo de leitura de Esgueira, da Biblioteca Municipal de Aveiro,
    está a funcionar, desde ontem, em novas instalações, no recém
    inaugurado Centro Cultural, antiga Casa da Carvoeira.

    https://jn.sapo.pt/2005/10/04/centro/novo_polo_leitura_esgueira.html

    ==========================
    7. Prémio Inovação Ambiente

    A DISPAR – Distribuição Participações, um dos accionistas da
    Sociedade Ponto Verde, criou o Prémio Inovação Ambiente que visa
    distinguir trabalhos de estudantes e jovens investigadores que
    apresentem soluções inovadoras na área da gestão de resíduos. Podem
    concorrer até 15 de Dezembro de 2005 todos os cidadãos portugueses
    que frequentem o ensino universitário ou investigadores até aos 40
    anos de idade. Os trabalhos deverão enquadrar-se na área das ciências
    e engenharias ambientais e apresentar soluções inovadoras aplicáveis
    ao sector da distribuição para resolução dos problemas ambientais
    gerados pelos resíduos. O valor do prémio a atribuir ao melhor
    trabalho apresentado será de 10 mil euros, sendo ainda atribuídas
    duas menções honrosas no valor de cinco mil euros.

    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?
    op=artigo&sec=b6d767d2f8ed5d21a44b0e5886680cb9&subsec=&id=4ab87074fb2c
    2880a71d8a5d701053f5

    =======================
    ===========================
    Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/
    ==========================

    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
    urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
    de Notícias e de O Primeiro de Janeiro (em um ou vários dos citados,
    não necessariamente em todos).

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto
    (telefax 229759592 Apartado 5052, 4018-001 Porto), e está aberta a
    todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente
    entre o Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por Maria Carvalho

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
    Links do Yahoo! Grupos

    <*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    <*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
    pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    <*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
    https://br.yahoo.com/info/utos.html

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário