• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[Esta lista tem actualmente 389 participantes inscritos.]

==========================
Caro Leitor do Boletim Diário PNED:

Se ainda não o é, e se concorda, ainda que apenas em parte, com o que é e
faz a Campo Aberto, e se julga útil apoiá-la, faça-se sócio!

Em alternativa assine a revista Ar Livre (que os sócios também recebem).

Peça informações: campo_aberto@oninet.pt
Consulte: https://campo-aberto.blogspot.com/
==========================

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Segunda-feira, 19 de Setembro de 2005
==========================

1. Planos florestais avançam
País

Novas Metas Governo actualizou o calendário para a conclusão dos PROF Vários
serão colocados em consulta pública só no próximo ano
O Governo reprogramou a calendarização dos planos regionais de ordenamento
florestal (PROF), devendo uns entrar em consulta pública só no próximo ano,
apurou o JN junto do Ministério de Agricultura. Os documentos estão
previstos desde 1996, mas que têm tido atrasos sucessivos.
A importância dos PROF decorre de conterem indicações sobre o tipo de
floresta mais adequado para cada região. Vão conter regras que irão vincular
futuras decisões da administração pública, desde logo, porque irão reverter
essas instruções nos planos directores municipais (PDM), condicionando todo
o ordenamento territorial.
Outro dos objectivos dos PROF – que terão um período de vigência de 20
anos – é garantir assistência, vigilância e tratamento permanentes do
território, no sentido da prevenção do abandono, que tende a dar lugar,
nomeadamente, a grandes incêndios.
Teresa Costa

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/pais/planos_florestais_avancam.html

==========================

2. Bombeiros quase eram espancados
Cinfães do douro

Os bombeiros da corporação de Cinfães, que acorreram a um incêndio (que
matou um homem acamado de 60 anos), ontem de madrugada, em Tuberais, quase
eram espancados pela população, que achou que “chegaram tarde demais”. “É
incrível o que aconteceu. Como é possível estarmos a quatro quilómetros da
vila e os bombeiros demorarem mais de 20 minutos?”, interroga Susana Soares,
uma vizinha.
“O primeiro carro só trazia três jovens bombeiros, 400 litros de água e
houve dificuldade em ligar as mangueiras, porque a pressão era reduzida”,
recordou. Mas pior, para Susana Soares, foi “em vez de irem primeiro
resgatar o homem, começaram a apagar onde já estava a arder”.
O comandante dos bombeiros, José Fernando, considera “que as acusações não
são justas”. “Mal fomos avisados, mobilizámos, só que não nos disseram se
era fogo urbano ou rural. E a indefinição causou-nos alguns entraves”,
refuta.
Quanto à demora, explicou que “as instalações são exíguas e foi preciso
tirar alguns carros para saírem os que iam para o fogo”. “Fizemos o
possível, mas infelizmente perdeu-se uma vida”, lamentou. Almeida Cardoso

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/pais/bombeiros_quase_eram_espancados.html

==========================

3.Metro invadido por curiosos
Porto

Linha amarela Milhares de pessoas entupiram várias estações entre Gaia e
Porto para experimentar a nova linha Opiniões em relação ao preço e ao
conforto não são consensuais
Helena Teixeira da Silva

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/grande_porto/metro_invadido_curiosos.html

Nos carris

Estações
A Linha Amarela tem 11 paragens obrigatórias Câmara de Gaia, General Torres,
Jardim do Morro, S. Bento, Aliados, Trindade (com ligação às linhas Azul,
Verde e Vermelha), Faria Guimarães, Marquês, Combatentes, Salgueiros e Pólo
Universitário). Dentro de três meses juntam-se as estações Parque da
República e Santo Ovídio (do lado de Gaia) e IPO e S. João (do lado do
Porto)

Tempo e preço
Cada viagem custa 80 cêntimos. Do Pólo Universitário à Câmara de Gaia, o o
trajecto leva 15 minutos. O tempo de espera oscila entre os 8 minutos,
durante o dia, e os 15, à noite.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/grande_porto/nos_carris.html

==========================

4. Descer às minas e descobrir a cobiça romana pelo ouro
Valongo

História de explorações mineiras contada na visita aos fojos do Parque
Paleozóico Antes dos romanos e até dos dinossauros, a serra esteve coberta
pelo mar há 540 milhões de anos .
Carla Sofia Luz

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/grande_porto/descer_minas_e_descobrir_a_cobica_ro.html

==========================

5. Tsunami em Valongo

Há 470 milhões de anos, quando o território do Parque Paleozóico era coberto
pelo mar, houve um tsunami na região de Valongo. Os mares de Valongo
chegaram a ter icebergs há 440 milhões de anos. Memórias gravadas na
paisagem.

Percursos pedonais
O parque pode ser conhecido através de três percursos pedonais. Podem ver-se
os moinhos hidraúlicos em funcionamento, o rio Ferreira e o seu vale no alto
das Fragas do Castelo e a aldeia de Couce, entre outras riquezas. Mais
informações estão disponíveis no centro interpretativo do parque e na página
da Internet www.paleozoicovalongo.com

Flora e fauna
Os fetos, a urze e o tojo são espécies populares no parque. Entre os
animais, as aves, como o pisco-de-peito-ruivo, o melro, a carriça, os
chapins e os gaios, são mais fáceis de descobrir.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/grande_porto/pormenores.html

==========================

6. Bateria de exames médicos em feira de saúde
Vila do conde

A Associação Internacional de Temperança promove, a partir da próxima
quarta-feira, em Vila do Conde, a Expo-Saúde. O objectivo da iniciativa é
sensibilizar a opinião pública para questões relacionadas com a saúde e a
qualidade de vida.
Para uma melhor promoção ao evento, realizou-se, na manhã de ontem, mais uma
caminhada pelas ruas da cidade, a qual contou com a participação de várias
dezenas de pessoas.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/grande_porto/bateria_exames_medicos_feira_saude.html

==========================

7. Cadáver de desconhecido resgatado das águas do Ave
Vila do conde

O cadáver de um homem foi ontem encontrado na margem do rio Ave, em Vila do
Conde. O corpo do indivíduo – que aparentava cerca de 25 anos – foi avistado
a 17 metros da margem Sul, junto à ponte rodoviária. O alerta foi dado à
Polícia Marítima por volta das 10 horas e o corpo foi retirado da água uma
hora depois. O agente Ferreira, da Capitania de Vila do Conde, teve mesmo de
mergulhar para evitar que o corpo se afundasse. “Havia muito lodo e tive de
o agarrar, antes que fosse ao fundo”.
Uma equipa de mergulhadores dos Bombeiros de Vila do Conde ajudou a retirar
o corpo do rio. A meio da manhã foi reconhecido o óbito e o delegado do
Ministério Público adiantou que a vítima não possuía identificação.
“Trata-se de um cadáver recente e para já não suspeitamos de nada”,
acrescentou. O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal do Porto.
Céu Salazar

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/grande_porto/cadaver_desconhecido_resgatado_aguas.html

==========================

8. Povo de Vale reclama obras nos caminhos
Arcos de valdevez

Moradores não compreendem por que razão arranjos não avançam Câmara
disponibilizou verbas, mas Junta não as usou. Vinte anos sem quaisquer obras
nos caminhos públicos de parte da freguesia de Vale, em Arcos de Valdevez,
estão a levar as populações dos lugares de Soutinho e Penedo ao desespero e
a ponderarem acções de luta contra a Junta de Freguesia. Os populares
sentem-se “discriminados” pelo autêntico “atoleiro” em que se encontram as
vias que atravessam aqueles lugares, praticamente intransitáveis na época de
chuvas.
Pedro Antunes Pereira

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/minho/povo_vale_reclama_obras_caminhos.html

==========================

9.Modernização do comércio com fundos de 2,4 milhões
Braga

Urbcom Segunda fase do projecto de requalificação e modernização do comércio
tradicional contempla 13 artérias e 120 lojas Arranque das candidaturas
previsto já para Novembro
Magalhães Costa

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/minho/modernizacao_comercio_fundos_24_milh.html

Desenvolvimento em meio rural espera financiamento

A Associação Comercial de Braga prepara-se, a curto prazo, para apresentar à
Administração Central, através da Secretaria de Estado do Comércio, Turismo
e Serviços, um projecto que contemple um estudo do desenvolvimento do
comércio em meio rural. A ACB pretende alargar o Urbcom aos concelhos
abrangidos pela sua área de influência territorial, designadamente a Vieira
do Minho, Terras de Bouro, Vila Verde e Amares.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/minho/desenvolvimento_meio_rural_espera_fi.html

==========================

10. Agere inaugura ETAR
Braga

A empresa municipal de saneamento básico, Agere inaugura hoje a ETAR
compacta de Arentim, apresenta as remodelações da ETAR principal da cidade,
em Frossos e o laboratório da ETA, em Ponte do Bico. Entra, assim, na fase
final o processo de ligação do concelho à rede de saneamento, projecto que
ronda os 26,6 milhões de euros e que tem uma comparticipação de 64,8% do
montante envolvido.
O alcance global do projecto aponta para o fim das situações de
insalubridade ainda verificadas no concelho e contribuir para a gradual
despoluição do meio hídrico receptor dos efluentes, ou seja o rio Cavado.
Por isso, o projecto aponta para a construção de 21 ETAR’s este ano (quatro
já estão concluídas, doze estão em curso e cinco estão projectadas), além de
19 novas estações elevatórias e uma que será remodelada.
De referir que a Agere e a autarquia bracarense têm disponível uma linha de
crédito que visa aumentar o número de ligações domésticas à rede de
saneamento básico e água pública que ainda é muito curto. Isto porque os
habitantes ainda preferem os poços particulares e as ligações privadas a
fossas e sumidouros.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/minho/agere_inaugura_etar.html

==========================

11. Cidade sem Dia Sem Carros para evitar contestações
Guimarães

Ao contrário do que vem sucedendo nos últimos quatro anos, o município de
Guimarães não participará, este ano, no Dia Sem Carros, que se cumpre no
próximo dia 22, integrado na Semana Europeia da Mobilidade.
A decisão foi tomada “em função da experiência colhida nos anos anteriores,
em que constatamos que quando este dia coincidia com um fim-de-semana a
iniciativa tinha muito bom acolhimento, mas quando coincidiu com um dia de
semana, como acontecerá de novo este ano, houve uma contestação ou uma não
aceitação por parte de muitos condutores que, de algum modo, puseram em
causa os objectivos generosos, do ponto de vista ambiental, desta
iniciativa”, justifica o vereador do Ambiente Costa e Silva.
Ainda segundo aquele responsável, uma outra razão terá pesado na decisão de
não participar no Dia Sem Carros, que se prende com as obras que decorrem no
Parque de Estacionamento da Mumadona (com inauguração prevista para o início
de Outubro), que durante vários meses provocaram um grande transtorno aos
automobilistas. “Seria mais um dia com vias cortadas ao trânsito e com
vários problemas que daí decorrem”, acrescenta, valorizando que “aquilo que
importa são medidas duradouras e projectos para o futuro”. Costa e Silva
reafirmou que a autarquia mantém o propósito de, gradualmente, encerrar ao
trânsito, a título definitivo, mais algumas ruas do Centro Histórico e
periferia, “no sentido de reforçarmos a segurança e melhorarmos a qualidade
do ar que respiramos. No fundo, termos uma cidade mais saudável e fruída
para todos os cidadãos”, concluiu.
Liliana Costa

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/minho/cidade_dia_carros_para_evitar_contes.html

==========================

12. Garranos levam milhares à corrida das Feiras Novas
Ponte de Lima

Tradição Apreciadores e participantes aludem à mais emblemática realização
do género da região Noite de baile dá hoje por encerrada uma das mais
castiças romarias do país
Luís Henrique Oliveira

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/minho/garranos_levam_milhares_a_corrida_fe.html

==========================

13. Avaria prejudica testes de táxi fluvial da Câmara
Aveiro

dia sem carros Hélice do “Pirâmides” bateu em objecto estranho quando seguia
do Rossio para o cais da Fonte Nova Centro da cidade sem automóveis é para
repetir no próximo ano
Os testes do táxi fluvial “Pirâmides” entre o cais da Fonte Nova e o largo
do Rossio ficaram ontem de manhã inviabilizados quando a hélice da
embarcação bateu num objecto estranho no canal central e teve que recolher
ao pequeno ancoradouro em frente ao hotel Meliá Ria.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/centro/avaria_prejudica_testes_taxi_fluvial.html

==========================

14.Bombeiros ganham cinco veículos no aniversário
Vagos

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vagos procedeu ontem,
durante as comemorações do 77º aniversário, à bênção de cinco veículos. Um
carro para o comando, duas viaturas de transporte de doentes (uma nova e
outra usada), um carro ligeiro para fogo florestal novo e outro usado para
fogo urbano aumentam a capacidade de resposta a sinistros e incêndios.
Apesar do acréscimo de viaturas, o comandante, Ricardo Fernandes, ainda
encontra lacunas. “Era bom termos o parque automóvel completo, mas temos de
o conseguir aos poucos, com os meios possíveis”, refere.
Zulay Costa

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/centro/bombeiros_ganham_cinco_veiculos_aniv.html

==========================

15.Museu municipal da vila reabre remodelado
Castro d’Aire

Reabriu, ontem, depois de meio ano de obras de remodelação, o museu
municipal de Castro Daire.
Localizado numa das alas do rés-do-chão do Solar do Carrascal (centro da
vila), actualmente propriedade de uma instituição bancária, o espaço guarda
raros utensílios agrícolas, já em desuso, e faz a apologia da actividade
ancestral ligada ao mundo rural.
Na mesma sala, destaca-se a presença de várias peças arqueológicas
encontradas em escavações feitas no concelho. “Por enquanto não são muitos
os objectos, mas o espólio engrossará certamente à medida que mais material
de relevância apareça”, diz o presidente da Câmara de Castro Daire, João
Matias.
O museu, ao contrário do que acontecia anteriormente (só estava aberto dois
dias por semana), está em funcionamento de segunda a sexta-feira, e sempre
com técnicos especializados em museologia.
Ontem, na vila, foi também inaugurado um monumento em homenagem aos antigos
combatentes do Ultramar. À cerimónia compareceu cerca de centena e meia de
ex-soldados.
O monumento, feito em granito, foi implantado junto à repartição de Finanças
da vila.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/centro/museu_municipal_vila_reabre_remodela.html

==========================

16.Velha EN 109 vai para obras no próximo ano
Ílhavo

via de cintura poente Troço que liga a Malhada às Lavegadas foi ontem
inaugurado Ligação das Lavegadas à Vista Alegre só em 2007
A velha EN 109, municipalizada desde Maio passado, vai para obras de
requalificação no próximo ano, segundo anunciou, ontem, o presidente da
Câmara de Ílhavo, na inauguração da terceira fase da Via de Cintura Poente,
que liga a Rua Dinis Gomes às Lavegadas e à Malhada.
Ribau Esteves disse que a velha 109 que atravessa Ílhavo será objecto de uma
requalificação total, situação que durante as obras obrigará à interrupção
total da circulação rodoviária naquela via.
“É uma obra que não poderia ser feita sem que este troço da Via de Cintura
Poente pudesse estar concluída”, sublinhou o autarca.
O troço de 1,8 quilómetros ontem inaugurado e aberto ao trânsito, que inclui
uma via para ciclistas e peões, junta-se à Via da Malhada, concluída em
Dezembro de 2001, e à Via da Barquinha até a Vista Alegre, em funcionamento
desde Outubro do ano passado.
A conclusão da Via de Cintura Poente só ocorrerá em 2007, segundo Ribau
Esteves, quando for feita a ligação das Lavegadas a Verdemilho (Aveiro)
passando pela Coutada. Segundo o autarca, o estudo prévio já está feito.
“Inauguramos hoje, e não há mais tempo, porque tivemos que expropriar quatro
parcelas de terreno. Esta via também é para esses munícipes, para que possam
circular com mais velocidade e segurança”, disse Ribau Esteves, que
sublinhou que desde que foi eleito pela primeira vez, em Janeiro de 1998,
“nunca mais houve lançamentos de primeiras pedras”. “Somos contra”, disse o
autarca, para quem as obras “são um elemento importante de motivação para se
fazer mais e melhor”.
Jesus Zing

Números

1
milhãode euros foi o custo total da Circular Poente a Ílhavo, no troço que
abriu ontem ao trânsito. A Câmara comprou 50 parcelas de terreno. Foi
adjudicada por 819234,84 euros mais IVA.

1,8
quilómetros tem de extensão a via ontem inaugurada, que liga a Rua Dinis
Gomes à Via das Lavegadas e que vai possibilitar o não atravessamento do
centro da cidade.

https://jn.sapo.pt/2005/09/19/centro/velha_109_para_obras_proximo_ano.html

==========================

17.Quercus revela que País emite cerca de 500 toneladas de CFC por ano

Portugal não protege ozono
Portugal continuar a não assegurar a recuperação da maior parte dos
clorofluorcar-bonetos contidos nos frigoríficos, arcas e apa-relhos de ar
condiciona-do, não protegendo a camada de ozono. A denúncia foi da Quercus
no âmbito do dia internacional para a protecção desta camada.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=c74d97b01eae257e44aa9d5bade97baf&subsec=&id=55b6ca527b9f612ea95bd779790c2a31

==========================

18.OE lança livro sobre a «Maria Pia»
Porto

A ponte de Seyrig
A Ordem dos Engenheiros (OE) vai lançar amanhã a obra «Ponte Maria Pia, a
obra prima de Seyrig», numa cerimónia que decorrerá no auditório da
instituição, pelas 18h00, na Rua Rodrigues Sampaio.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=0d40a2f2a8c0b488a22d101299f22039

==========================

19.Festival de Andas animou Matosinhos

A Marginal de Leça da Palmeira acolheu, no fim-de-semana, o 1º Festival de
Andas de Matosinhos.
A iniciativa partiu do Pelouro da Juventude da Câmara de Matosinhos e foi o
culminar da animação de Verão. O dia de sábado foi preenchido com um
workshop de andas que contou com a participação de uma centena de pessoas.
Segundo Joaquim Mota Soares, membro da organização do evento, as idades eram
mais variadas: a mais nova tinha 3 anos, enquanto que no outro extremo
estava uma senhora de 80 anos que afirmou mesmo não querer morrer sem
experimentar. O trabalho foi orientado por António Oliveira e membro do
Grupo de Andas de Gaia, única instituição legalizada na Europa. A noite
deste mesmo dia foi preenchida com a actuação da banda «Lulla Bye». Segundo
Joaquim Mota Soares, o espectáculo contou com a presença de quase meio
milhar de pessoas. À semelhança das restantes iniciativas, a apresentação da
banda esteve a cargo do apresentador de televisão José Figueiras. Vinte e
nove pessoas participaram, ontem, na parte competitiva do festival. Os
concorrentes foram avaliados segundo os critérios de velocidade, perícia e
performance. Após a avaliação do júri, foi feito o anúncio dos vencedores. O
vencedor e o melhor «performer» tiveram como prémio a viagem a Londres e a
possibilidade de poderem assistir ao espectáculo “Alegria” do Circ du
Soleil. Fernando Rocha, vereador da Cultura da Câmara de Matosinhos,
salientou o facto das andas ser uma actividade que tem recebido grande
entusiasmo, considerando que “o festival constituiu um incentivo”. O mesmo
responsável lembrou que esta é uma actividade que, desde sempre, todos
tentaram fazer “Antigamente fazia-se com vassouras velhas. Hoje está tudo
mais sofisticado”.
Eduardo Coelho

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=9aeb333bf4f5e68687545d88803433fe

==========================
Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.
O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/
==========================

INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:
Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico
ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias e de O
Primeiro de Janeiro (nas versões disponibilizadas gratuitamente e com as
ligações em referência).
Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste de Portugal.
Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592 Apartado 5052, 4018-001 Porto
Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário