[PNED] Boletim 18.02.2005

    [Esta lista tem actualmente cerca de 290 participantes inscritos.]

    BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
    resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

    Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2005
    ==========================
    Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.
    ==========================

    1.Estudo de Impacte Ambiental da Linha da Boavista em Execução

    Por ABEL COENTRÃO
    A Empresa do Metro do Porto (EMP) deverá ter concluído em Março o estudo de
    impacte ambiental (EIA) da linha da Boavista. Ao mesmo tempo que tenta
    convencer o Governo a dispensar o projecto deste passo, a EMP antecipou-se a
    uma eventual decisão negativa e, por “precaução”, pediu à empresa de
    consultoria ambiental Jacob Gibbs que avançasse com o trabalho.
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalPorto/LP08.html

    Medicina Culpada por Atraso da Linha Amarela
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalPorto/LP08CX01.html

    Linha Vermelha Abre Até 12 de Março
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalPorto/LP08CX02.html

    “Estamos Aqui
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalPorto/LP08CX03.html

    Metro avançou com estudo ambiental para a Boavista
    O estudo de impacto ambiental da linha de metro da Boavista estará pronto no
    próximo mês. Afinal, a Empresa do Metro avançou mesmo com a realização do
    estudo, embora tenha pedido ao Governo dispensa daquela avaliação. “Para
    prevenir a hipótese de não termos razão”, justificou o presidente da
    Comissão Executiva da Empresa do Metro, Oliveira Marques
    https://jn.sapo.pt/grande_porto

    Oliveira Marques irritado com as críticas ao projecto para a avenida
    portuense
    “Se calhar até é possível melhorar a solução, mas com este tom não vamos
    longe”. Foi com estas palavras que o presidente executivo da Metro, Oliveira
    Marques, reagiu ontem à onda de críticas que, […]
    https://www.ocomerciodoporto.pt/

    ==========================

    2.Suspensão do PDM acelera obras na zona ribeirinha
    VNGaia

    A Assembleia Municipal de Gaia aprovou a suspensão parcial do Plano Director
    Municipal (PDM) para a área de intervenção do programa Polis, permitindo,
    assim, agilizar um conjunto de obras previstas para a zona ribeirinha.
    https://jn.sapo.pt/2005/02/18/grande_porto/suspensao_pdm_acelera_obras_zona_rib.html

    ==========================

    3.Casa do Douro e “Pára-quedistas” Marcam Campanha em Vila Real

    Celeste Pereira
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalPorto/LP06.html

    ==========================

    4. Águas do Minho à Margem de Parecer Sobre Barragem no Rio Mouro

    A Águas do Minho e Lima (AML), empresa promotora do projecto de construção
    de uma barragem no rio Mouro, em Melgaço, não tinha, até ontem, sido
    informada oficialmente pelo Governo da suspensão da declaração de impacte
    ambiental favorável ao empreendimento.
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalPorto/LP22.html

    ==========================

    5. Estacionamento Pago no Centro da Feira

    A Câmara de Santa Maria da Feira prepara-se para abrir concurso público com
    o objectivo de implementar o estacionamento pago na zona central da cidade,
    com especial incidência no perímetro histórico. Este processo insere-se num
    plano mais amplo de requalificação urbana, que engloba a colocação de nova
    postura de trânsito e de sinalética na sede do município feirense.
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalPorto/LP26.html

    ==========================

    6.Câmara de Aveiro Aprova Moradias em Área de Reserva Ecológica por Erro
    Cartográfico

    Por PATRÍCIA COELHO MOREIRA
    Um alegado “erro de cartografia” terá levado a Câmara de Aveiro a aprovar um
    loteamento para a construção de uma série de moradias, em área de Reserva
    Ecológica Nacional (REN), na freguesia de Nossa Senhora de Fátima. Algumas
    das moradias já estão concluídas, mas não podem ser ocupadas por falta de
    licença de habitabilidade.
    https://jornal.publico.pt/publico/2005/02/18/LocalCentro/LC10.html

    ==========================

    7.A Linha Negra (II)
    Para além da Boavista, não há mais nenhuma rua por onde o “metro” possa
    passar
    por manuel correia fernandes arquitecto e professor catedrático da faup

    Pelo facto do projecto do metro do Porto ter nascido sobre as cinzas dos
    caminhos-de-ferro que convergiam para o centro da cidade, amarrou o
    respectivo conceito ao modelo de “canal dedicado”, ou seja, ao modelo de
    “via exclusiva”, tal como ainda hoje acontece com os comboios tradicionais.
    Este era, em boa medida, o conceito fundador do projecto do metro que o
    tornava aliciante e coerente de vários pontos de vista era rápido, de grande
    capacidade, tinha escala verdadeiramente metropolitana e conexão viável com
    outras ferrovias de âmbito regional e nacional já existentes.
    Ainda que nada tivesse sido verdadeiramente planeado de forma coordenada, o
    facto é que a cidade e a área metropolitana foram crescendo em simultâneo e
    em paralelo com as diversas redes dos vários modos e sistemas de transportes
    públicos ou privados que foram sendo implantados desde que o século XIX fez
    expandir a mancha urbanizada da “grande cidade”.
    https://jn.sapo.pt/2005/02/18/grande_porto/a_linha_negra_ii.html

    ==========================

    8.Porto para grandes veleiros será lançado no Verão
    Viana do castelo

    Ex-doca comercial dará lugar à futura marina oceânica, a construir por
    privados Autarquia e Viana Polis lançam concurso e asseguram espaço para
    embarcações de pesca
    Até finais do próximo mês de Junho, devem estar reunidas as condições com
    vista ao lançamento do concurso para a conversão da ex-doca comercial de
    Viana do Castelo na futura marina oceânica, estrutura voltada para o apoio
    aos grandes veleiros.Luís Henrique Oliveira
    https://jn.sapo.pt/2005/02/19/minho/porto_para_grandes_veleiros_sera_lan.html

    ==========================

    9. Valimar aposta nos desportos naúticos

    A comunidade urbana da Valimar Comurb integrou o projecto de Desenvolvimento
    do Sector Náutico no Espaço Atlântico (NEA), juntando-se assim a mais quatro
    regiões de raiz cultural céltica de Espanha, França, Irlanda e Reino Unido.
    O objectivo é potenciar a actividade deste sector, tendo em conta a sua
    importância comercial e de atracção turística.
    https://jn.sapo.pt/2005/02/19/minho/valimar_aposta_desportos_nauticos.html

    ==========================

    10.IPPAR recebe pedido de classificação de barbearia

    A barbearia clássica da Rua do Souto, Braga, que enfrenta uma acção de
    despejo, pode estar mais perto de uma classificação do Instituto Português
    do Património Arquitectónico (IPPAR). Um requerimento de pedido de defesa de
    património, contendo todos os argumentos para a preservação da barbearia e
    do imóvel em que esta está inserida, será entregue, no início da próxima
    semana, pela Associação para a Defesa do Património Construído e Natural de
    Braga (ASPA).
    https://jn.sapo.pt/2005/02/19/minho/ippar_recebe_pedido_classificacao_ba.html

    =========================

    11.Arquitecto do Museu da Ciência e Indústria defende manutenção do espaço

    João Pedro Rapagão falou do assunto que tem originado alguma polémica
    durante as Jornadas da Arquitectura na Universidade Lusíada do Porto
    Encontrar um local adequado para uma Pousada de Portugal no Porto será mais
    fácil do que descobrir na cidade um complexo industrial com o valor das duas
    fábricas (a velha e a nova) das Moagens Harmonia. A convicção é do
    arquitecto João Pedro Rapagão, responsável pelo projecto de instalação do
    Museu de Ciência e Indústria na antiga fábrica, que defendeu esta hipótese,
    ontem de manhã, durante as Jornadas de Arquitectura da Universidade Lusíada.
    A transformação do Palácio do Freixo e da antiga fábrica de moagens numa
    Pousada de Portugal foi chumbada no executivo da Câmara do Porto, mas o
    presidente, Rui Rio, já anunciou que pretende levar o projecto novamente a
    votação. PATRÍCIA CARVALHO
    https://www.ocomerciodoporto.pt/

    =========================

    12.ZONA ANIMAL
    Porque se devem proteger os animais em vias de extinção?
    Concelho de Vila do Conde
    (…)
    O que podemos fazer para ajudar?
    Há meia dúzia de medidas que estão ao nosso alcance. Por exemplo: deixar de
    comprar artigos feitos de animais raros (casacos de peles, carteiras e
    sapatos de pele, esculturas em marfim ou adornos feitos com conchas); acabar
    com a venda de animais raros e ou “exóticos” como animais de estimação (o
    seu lugar é em jardins zoológicos ou parques naturais); respeitar as zonas
    florestais, tendo o cuidado de seguir pelos caminhos, não fazer fogueiras,
    levar o lixo para casa e não perturbar os animais selvagens; e, ainda, lutar
    contra a utilização de animais selvagens – tais como os chimpanzés -, na
    investigação médica, apoiando as organizações que lutam pela conservação da
    Natureza.
    https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=19ca14e7ea6328a42e0eb13d585e4c22&subsec=c4851e8e264415c4094e4e85b0baa7cc&id=07ff22f6489a4b637668ef47bc1a639a

    ==========================
    Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.
    O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
    https://groups.yahoo.com/group/pned/
    ==========================
    INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

    Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico
    e ambiental publicados na edição electrónica do Jornal de Notícias, de O
    Primeiro de Janeiro, de O Comércio do Porto e do Público.

    Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
    aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
    são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste de Portugal, entre o
    Vouga e o Minho.

    Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

    Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
    campo_aberto@oninet.pt
    telefax 229759592
    Apartado 5052, 4018-001 Porto

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

    Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

    Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

    Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

    Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

    Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    =============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
    Links do Yahoo! Grupos

    <*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
    https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

    <*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
    pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

    <*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
    https://br.yahoo.com/info/utos.html

    Imprimir esta página Imprimir esta página

    Categorias: Boletim

    Deixar comentário