• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[PNED] Boletim de 12/II/2005

[Esta lista tem actualmente cerca de 290 participantes inscritos.]

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

Sábado, 12 de Fevereiro de 2005
==========================

Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

==========================
1. Barragem do Sabor: Leis da Concorrência em Queixa Ambiental

Associações ambientalistas a queixarem-se a Bruxelas por violação de directivas
ambientais é algo comum em Portugal. Mas desta vez um grupo de organizações
não-governamentais está a tentar outra via para travar a construção da barragem
do Sabor: as leis da concorrência. A Plataforma Sabor Livre, que reúne seis
associações contra o projecto da EDP neste afluente do rio Douro, apresentou
ontem uma queixa à Comissão Europeia, na qual denuncia a hipótese de um
subsídio do Estado à construção da barragem. “A possibilidade de um eventual
auxílio configuraria, a nosso ver, uma violação do princípio da
não-discriminação no acesso a apoios estatais”, sustenta a Plataforma Sabor
Livre, em comunicado.

https://jornal.publico.pt/2005/02/12/Sociedade/S60.html

Autarca acusa ministro de nada fazer para salvar barragem

Se ainda existe uma queixa contra o Estado Português na União Europeia (UE) é
porque o ministro do Ambiente, Luís Nobre Guedes, “não mexeu uma palha” para
mudar o rumo dos acontecimentos da barragem do Baixo Sabor. É assim que o
presidente da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, Aires Ferreira, reage à
queixa contra aquele empreendimento, que as organizações ambientalistas da
Plataforma Sabor Livre, em Junho passado, em Bruxelas. Esta queixa tem por base
“a destruição de um santuário natural no vale do Sabor”, que os ambientalistas
classificam como “um dos últimos rios selvagens da Europa”.

https://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=26770&pIdSeccion=9

Os ambientalistas apresentaram uma queixa contra o estado português na UE por
possível violação das regras da concorrência na construção da barragem do Baixo
Sabor.A Plataforma Sabor Livre diz que “a EDP pretende financiamento, alegando
mais valias que não existem”:

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=8a5ca4b012c2d8e199e95f5f0b31f553

==========================
2. Porto: Centro Comercial STOP entregue ao rock e movimentado só à noite

O Centro Comercial STOP, na Rua do Heroísmo, junto ao Museu Militar, no Porto,
está, 22 anos depois da sua inauguração, votado ao abandono durante o dia e
começa a ganhar outra vocação: a de sala de ensaios da cidade. No último ano,
muitas lojas foram alugadas a bandas de música por “tuta e meia”: 44, num
universo de 151 fracções, são salas de ensaio.

https://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=26778&pIdSeccion=7

==========================
3. Porto: Instituto do Sangue tem novas instalações no Covelo

Abandonou o Hospital Magalhães Lemos, onde esteve 13 anos a título provisório, e
transferiu-se para a Rua do Bolama

https://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=26796&pIdSeccion=7

==========================
4. Porto: Três anos à espera de resposta

O acampamento cigano da Rua do Freixo é factor de preocupação social para a
Junta de Campanhã que, em 2002, elaborou um levantamento e o entregou no
pelouro da Habitação da autarquia. Passados três anos, continuam lá nove
famílias em condições de insalubridade absolutas.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=88386223521f517deb373b447e3acc76

==========================
5. Leça: Bloco e CDU Preocupados com Refinaria

https://jornal.publico.pt/2005/02/12/LocalPorto/LP11.html

==========================
6. Gaia: Câmara e Comerciantes Começaram a Entender-se

Depois das queixas, das críticas, das acusações e da manifestação da passada
quarta-feira, os comerciantes da Rua de Raimundo Carvalho, em Gaia, chegaram
ontem a um acordo com a Câmara de Gaia no sentido de serem minorados os
impactes da construção do El Corte Inglés naquela artéria da cidade.

https://jornal.publico.pt/2005/02/12/LocalPorto/LP13.html
https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=b332143f658cafb3e88b13c14baceac5

==========================
7. Vila Pouca de Aguiar: 30 animais mortos por veneno

O coordenador do Programa Antídoto revelou ontem que o envenenamento ilegal de
animais selvagens e domésticos em Vila Pouca de Aguiar, um caso que se junta
aos 10 detectados desde Janeiro e que causaram a morte a 30 animais. Ricardo
Brandão disse à Agência Lusa que após o lançamento do Programa Antídoto em
Portugal, em Março de 2004, foi efectuado um estudo sobre o uso ilegal de
venenos que reuniu dados sobre mais de 200 casos e 800 animais mortos por
envenenamento nos últimos 12 anos.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&subsec=&id=69625a1f6dbc4118be8e0c62d51cda7b

==========================
8. Insecto da Austrália Pode Vir a Controlar Invasão de Acácias

Debaixo da aparência bonita das suas flores amarelas, as acácias-de-espigas
escondem a ameaça que representam para as espécies de plantas nativas. Estão a
espalhar-se por todo o lado. Para tentar controlar a invasão das acácias, o
Instituto da Conservação da Natureza (ICN) autorizou uma equipa de cientistas a
trazer para Portugal um insecto da Austrália, o “Trichilogaster
acaciaelongifoliae”. A acácia-de-espigas (“Acacia longifolia”) foi introduzida
em Portugal há cerca de 100 anos, pelos serviços florestais, com o objectivo de
fixar as areias das dunas e recuperar solos. Gosta de solos arenosos, das
margens de cursos de água e também aguenta a secura. Pode chegar aos oito
metros de altura e acabou por invadir a costa portuguesa de forma descontrolada
e agora compete com as espécies florestais nativas. “Está por todo o lado.
Muitas áreas protegidas estão afectadas por espécies exóticas, nomeadamente
pela acácia”, diz a bióloga Helena Freitas, da Universidade de Coimbra,
coordenadora deste estudo.

https://jornal.publico.pt/2005/02/12/Ciencias/H01.html

Como Uma Planta Bonita Se Torna Uma Praga:
https://jornal.publico.pt/2005/02/12/Ciencias/H01CX01.html

==========================

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse urbanístico ou
ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de Notícias, de O Primeiro
de Janeiro, de O Comércio do Porto e do Público Local Porto e Minho (em um ou
vários dos citados, não necessariamente em todos).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está aberta a
todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico são as
questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o Vouga e o
Minho.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Paulo Araújo

————————————————————-
A FCUP utiliza o sistema de webmail Horde/IMP (www.horde.org)

Visite: https://www.fc.up.pt/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário