• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[PNED] Boletim de 2/II/2005

[Esta lista tem actualmente 290 participantes inscritos.]

==========================
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias de ambiente e urbanismo em linha

quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2005

==========================
Para os textos integrais das notícias consulte as ligações indicadas.
==========================

1. Casa da Prelada vai ser um centro cultural

A Casa da Prelada, situada na quinta com o mesmo nome, em Ramalde, no
Porto, vai ser reabilitada e transformada num centro cultural. A
Santa Casa da Misericórdia, proprietária do edifício desenhado pelo
arquitecto Nicolau Nasoni, encomendou o projecto de remodelação em
Agosto, e prevê que esteja pronto no terceiro trimeste deste ano. As
alterações terão de ser aprovadas pela Câmara e pelo IPPAR, pelo que
as obras só deverão arrancar no início de 2006.

https://jn.sapo.pt/2005/02/02/grande_porto/casa_prelada_ser_centro_cult
ural.html

==========================

2. Metro “tem obrigação” de estudar alternativas à Boavista
Abel Coentrão

O argumento da saturação do troço Senhora da Hora-Trindade,
apresentado pela Empresa Metro do Porto (EMP) como a grande
justificação para a construção da linha da Boavista – que serviria
como alternativa para os passageiros de Matosinhos que usam a Linha
Azul – não convence os portuenses que, nas últimas semanas, em
debates públicos, ou através da Internet, têm manifestado as suas
dúvidas, ou oposição mesmo, ao projecto.

https://jornal.publico.pt/2005/02/02/LocalPorto/LP13.html

E por que não um referendo?

Apesar das críticas à forma como a Metro do Porto tem conduzido o
processo da Linha da Boavista, Cristina de Azevedo terminou a sua
intervenção com um tom de desalento: “Tenho a sensação de que o
comboio está em andamento e que pouco podemos fazer”, disse,
lembrando que o projecto foi autorizado por uma resolução do Conselho
de Ministros. Mas, para o director de “O Comércio do Porto”, a
questão não será tão definitiva. “Qual é o problema de a cidade do
Porto recolher assinaturas para fazer um referendo sobre isto? Não é
um meio legal? Não pára um processo destes, politicamente?”, atirou
Rogério Gomes. Uma proposta contestada pelo arquitecto Alcino
Soutinho, que, não sendo “contra o projecto”, disse existirem no
Porto questões mais prementes e lamentou que o tema esteja a
ser “objecto de uma politização partidária”. “Eu não estou de acordo
com a realização de referendos. Lembro-me da demagogia que foi a
proposta de referendo sobre o Parque da Cidade. Não quero voltar a
isso”, argumentou o arquitecto, que chegou a trabalhar na inserção do
metro em Matosinhos e elogiou o papel deste meio de transporte
como “um factor de recuperação urbana, de modernização dos locais por
onde passa”.

https://jornal.publico.pt/2005/02/02/LocalPorto/LP13CX01.html

==========================

3. PS e CDU chumbam pousada do Grupo Pestana no Palácio do Freixo
Nuno Corvacho

https://jornal.publico.pt/2005/02/02/LocalPorto/LP01.html

==========================

4. Ex-proprietários reclamam 25,6 milhões ao F. C. Porto

A polémica do Plano de Pormenor das Antas (PPA) deixou a política e
mudou-se para a esfera judicial. As negociações de terrenos estão na
base de seis processos em análise nos tribunais do Porto. Uma das
acções foi interposta pelos ex-proprietários da Quinta do Salgueiral,
nas Antas, que reclamam a anulação do contrato de compra e venda de
parcelas alienadas ao F.C. Porto, para a construção de instalações
desportivas. Os lotes foram cedidos por 100 mil euros. Volvidos 16
anos, o clube vendeu-os por vários milhões de euros ao Grupo Amorim
para a execução de um projecto imobiliário: nos terrenos vendidos ao
F. C. Porto em 1986, vai nascer a urbanização Studio Residence.

https://jn.sapo.pt/2005/02/02/grande_porto/exproprietarios_reclamam_256
_milhoes.html

==========================

5. Planetário acolherá centro de informação para jovens

No edifício do Planetário, na zona do Campo Alegre, no Porto, vai
nascer, até ao final de Abril, uma espécie de loja do cidadão para os
jovens. O espaço, denominado Ponto JÁ, visa facilitar o acesso da
juventude à informação nacional e estrangeira, em matérias tão
delicadas como o emprego e a formação. O protocolo de cedência do
espaço é assinado, hoje, entre a Câmara e a Secretaria de Estado da
Juventude.

https://jn.sapo.pt/2005/02/02/grande_porto/planetario_acolhera_centro_i
nformaca.html

=========================

6. Participação da Câmara na Casa da Música aprovada
Ana Isabel Pereira

A participação da Câmara do Porto no capital de constituição da
Fundação Casa da Música será de 10%. Os estatutos da Fundação e a
transferência de 200 mil euros dos cofres da autarquia foram
aprovados, na reunião de ontem do executivo.

https://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?
pIdNoticia=25740&pIdSeccion=7

==========================

7. Proteger baldios e salvar lobos para equilibrar Gerês

Foi um dia de avanços para o Parque Nacional da Peneda- Gerês (PNPG
com a apresentação de um plano zonal, pela primeira vez
exclusivamente centrado nesta área protegida, que poderá representar
o fim da negligência sobre os baldios geresianos. Paralelamente, o
parque, através de um protocolo com a Direcção- Geral de Recursos
Florestais, deu mais um passo para a preservação do lobo ibérico.

https://jn.sapo.pt/2005/02/01/minho/proteger_baldios_e_salvar_lobos_par
a.html

==========================
==========================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentam-se sumários ou resumos de notícias de interesse
urbanístico ou ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal
de Notícias, de O Primeiro de Janeiro, de O Comércio do Porto e do
Público Local Porto e Minho (em um ou vários dos citados, não
necessariamente em todos).

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e
está aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu
âmbito específico são as questões urbanísticas e ambientais do
Noroeste, basicamente entre o Vouga e o Minho.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Para se desligar ou religar veja informações no rodapé da mensagem.

Para mais informações e adesão à Associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

Selecção hoje feita por Maria Carvalho

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogrupos.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário