• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

[PNED] Boletim 28.11.2004

[ Esta lista tem actualmente 295 participantes inscritos.]

BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias on-line de ambiente e urbanismo
=================================

Instruções e informações complementares no rodapé da mensagem.
Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

=================================
Domingo, 22 de Novembro de 2004
=================================

1.
Mecenato Poderá Apoiar Recuperação de casas camarárias devolutas

A “Porto Vivo” vai arrancar no início do próximo ano com a recuperação de
várias casas devolutas que o município tem no centro histórico da cidade,
destinando-as depois “às camadas mais jovens, para dar o impulso de partida
à regeneração humana da Baixa”, como sublinhou o presidente do conselho de
administração da sociedade de reabilitação urbana. Algumas destas casas,
como o PÚBLICO noticiou ontem, localizam-se no Bairro da Sé, sendo que,
segundo Arlindo Cunha, estão a decorrer contactos com empreiteiros para
garantir que a reabilitação seja feita a baixos custos, eventualmente até
por via do mecenato.
https://jornal.publico.pt/2004/11/28/LocalPorto/LP02CX01.html
=================================

2. O que é a Porto Vivo
que são as Sociedades de Reabilitação URBANA?
Constituídas pelo decreto lei 104/2004, as SRU têm por objectivo promover a
reabilitação urbana de zonas históricas e de Áreas Críticas de Recuperação e
Reconversão Urbanística, com poderes excepcionais de licenciar e fiscalizar
operações urbanísticas e proceder a expropriações.
https://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=18930&pIdSec
cion=7
=================================

3. Alunos do primeiro ciclo plantaram árvores e fizeram magusto para
celebrar Dia da Floresta Autóctone
Mais árvores no Parque Real

A Câmara de Matosinhos levou, ontem, mais de 600 crianças a plantar árvores
típicas da floresta local, numa iniciativa de florestação do Parque Real e
do Monte S. Brás. A plantação mereceu a visita de Narciso Miranda que
partilhou com os petizes as castanhas do magusto.
https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=182be0c5cdcd5072bb1864cdee4d
3d6e&subsec=&id=1d23f99f51f47d82608d6dde3662bc85

=================================

4. Rua Fernando Namora em Pedrouços inaugurou no sábado
Melhor acesso à Circunvalação

Nem o frio que se fazia sentir afastou os populares que no sábado quiseram
assistir à abertura, em Pedrouços, de um troço da Rua Fernando Namora. Um
arruamento que dá continuidade à Via Central da freguesia e à Avenida de
Nossa Senhora da Natividade.

A Rua Fernando Namora foi inaugurada, no sábado, na presença de Bragança
Fernandes. A nova artéria vai permitir um escoamento de tráfego mais rápido
à cidade do Porto, facilitando o acesso a importantes infra-estruturas como
o Hospital de São João e a vias nacionais de tráfego rápido, como a
auto-estrada Porto-Braga e Porto-Vila Real.
Uma obra orçada em cerca de 500 mil euros, totalmente pagos pela edilidade
maiata, com uma extensão de 200 metros, constituindo uma avenida com duas
faixas de rodagem, com duas vias em cada sentido e um separador central.
https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e369853df766fa44e1ed0ff613f5
63bd&subsec=&id=1c809dd57bf37a363547e9e40ff55b75
=================================

5. Póvoa de Varzim Vai Lançar Terceiro Projecto de Urbanismo Comercial

A Associação Comercial e Industrial da Póvoa de Varim (ACIPV) apresentou
anteontem a cerca de uma centena de associados o novo Projecto de Urbanismo
Comercial (Urbcom) para a área composta pelas Avenidas de Mouzinho de
Albuquerque, dos Pescadores (A-Ver-o-Mar) e dos Banhos, pelos Largos de
Caetano de Oliveira e do Passeio Alegre e pelas Ruas de Paulo Barreto, do
Almirante Reis e de Gomes de Amorim.
https://jornal.publico.pt/2004/11/28/LocalPorto/LP10.html
=================================

6. Fernando Negrão Inaugurou Centro de Actividades Ocupacionais do Mapadi

O ministro da Segurança Social, da Família e da Criança reconheceu ontem que
o país não dispõe de lares suficientes para acolher adultos portadores de
deficiência. “Sei que há muitas pessoas à espera de apoio e que a oferta é
pouca”, afirmou Fernando Negrão, que garantiu o empenho do Governo em “pôr
em prática uma política integrada” de construção de lares que envolva a
sociedade civil. “O país não é feito só do PIB [Produto Interno Bruto], de
processos judiciais, de auto-estradas ou da evolução da economia”, frisou o
ministro, que citou, a propósito, o exemplo do MAPADI – Movimento de Apoio
de Pais e Amigos ao Diminuído Intelectual, uma instituição da Póvoa de
Varzim que ontem o convidou a cortar a fita do lar residencial e Centro de
Actividade Ocupacionais (CAO).

As instalações, edificadas numa zona rural na freguesia de Terroso, têm
capacidade para receber 40 utentes (maiores de 16 anos) sem retaguarda
familiar que podem pernoitar na instituição aos fins-de-semana ou, durante a
semana, depois de alguns deles passarem o dia noutro CAO de que o MAPADI
dispõe na cidade.
https://jornal.publico.pt/2004/11/28/LocalPorto/LP08.html
=================================

7.
A Lenta História de “Um dos Principais Eixos Longitudinais do País”
Por CELESTE PEREIRA
Domingo, 28 de Novembro de 2004

Na região de Trás-os-Montes e Alto Douro existe um grande desencanto pelo
atraso no desenvolvimento das obras do IP3, uma via com cerca de 300
quilómetros que vai ligar a fronteira de Chaves (Vila Verde da Raia) à
Figueira da Foz e cujo primeiro lanço começou a ser construído na década de
80. Considerado como um dos “principais eixos longitudinais do país”, o IP3
já foi alvo das mais disparatadas promessas. No início do consulado de
António Guterres, em 1995, o Governo chegou a prometer a conclusão da via
até ao final de 1999. Depois corrigiu a promessa e anunciou a abertura total
da nova estrada no início do século, depois 2004… 2005… E o actual
Governo fala apenas em 2007. O PÚBLICO traça aqui o quadro da tão
reivindicada via, que no início do século foi concessionada à Norscut –
Concessionária de Auto-Estradas e passou a chamar-se auto-estrada do
Interior Norte, A24, segundo as mais recentes promessas do Governo.

https://jornal.publico.pt/2004/11/28/LocalPorto/LP01CX01.html
=================================

8. Advento e Vigilância
Por FREI BENTO DOMINGUES, O.P.

Os católicos celebram hoje o primeiro domingo do Advento. Pode-se perguntar:
mas para que serve o Advento? A uma pergunta tão utilitarista só a
publicidade comercial pode responder com autoridade e competência.
Antecipou-se ao calendário litúrgico e passou a determinar os signos do
Natal e a sua preparação.

A liturgia católica teima, no entanto, em mostrar que as incontáveis luzes
da publicidade provocam a cegueira, não deixam ver a situação real em que
nos encontramos, carregada de ameaças, a nível global e local. Os textos
escolhidos para alimentar a meditação durante esta quadra intimam os
católicos a abrir os olhos e a manterem-se vigilantes para não serem
surpreendidos: “E não deram por nada, até que veio o dilúvio que a todos
levou” (Rm. 13, 11-14; Mt. 24, 37-44).
https://jornal.publico.pt/2004/11/28/sotexto/EspacoPublico/O02.html
=================================

9. Dia Sem Compras Foi das “Cem Compras”
Ontem realizou-se em Portugal o Dia Sem Compras, tal como no ano passado, em
que o país acolheu pela primeira vez a iniciativa, mas os portugueses
mostraram-se pouco dispostos a abdicar daquilo que muitos consideram um
prazer.

“É o dia mas é das ‘cem’ compras”, dizia Filomena, de 38 anos, que,
passeando pelo centro comercial, fazia contas a tudo o que iria comprar:
“Não podemos desperdiçar uma folga, ainda mais tão próxima do Natal”. Ao
lado, o filho João, de 3 anos, não parece preocupado com a sociedade
consumista em que vive e diz, ansioso: “Vou escolher um brinquedo novo”.
Mais um…

Ninguém parece saber da existência do Dia Sem Compras, e embora, no geral,
as pessoas se mostrem de acordo com a iniciativa e até a achem engraçada,
admitem que é difícil não comprar. “Só se estivesse doente”, dizia uma
mulher, sorrindo, com inúmeros sacos de compras: “Sou uma consumista
assumida”.

A iniciativa, coordenada em Portugal pelo Grupo de Acção e Intervenção
Ambiental (GAIA), tinha como finalidade alertar os consumidores para o
consumo exagerado e o consequente endividamento, mas a divulgação não foi
suficiente.
https://jornal.publico.pt/2004/11/28/sotexto/Sociedade/S13.html
=================================

FIM DA PARTE NOTICIOSA / SEGUEM-SE INSTRUÇÕES EM RODAPÉ

=================================

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

=================================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Abaixo apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Público, do Jornal
de Notícias, de O Comércio do Porto e de O Primeiro de
Janeiro.

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, entre o Vouga e o
Minho.Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

=================================
=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://groups.yahoo.com/group/pned/

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário