• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] Boletim 06.09.2004
BOLETIM PORTO E NOROESTE EM DEBATE
resumo das notícias on-line de ambiente e urbanismo
=================================

Instruções e informações complementares no rodapé da mensagem.
Para os textos integrais das notícias consultar as ligações indicadas.

=================================
Segunda-feira, 6 Setembro de 2004
=================================

1. Governo Evita Falar na Extinção da Fundação da Zona Histórica do Porto

Por POR ANDRÉIA AZEVEDO SOARES
O Ministério da Segurança Social, Família e Criança (MSSFC) nega que haja
uma decisão final sobre a extinção da Fundação para o Desenvolvimento da
Zona Histórica do Porto, insistindo na ideia de que “está em curso” uma
reavaliação da missão da instituição, bem como dos resultados obtidos até
agora.
https://jornal.publico.pt/2004/09/06/LocalPorto/LP01.html

=================================

2.Vale do Minho Quer Transformar Centros Históricos em Produtos Turísticos

Por ANA PEIXOTO FERNANDES
Os centros históricos dos cinco municípios membros da Comunidade
Intermunicipal (CI) do Vale do Minho vão ser alvo de um estudo cujo
objectivo é transformar a zona antiga das localidades num dos principais
produtos turísticos da região. O documento procurará aprofundar o
conhecimento da história e da realidade daqueles espaços, incluindo as suas
ligações à vizinha Galiza.
https://jornal.publico.pt/2004/09/06/LocalPorto/LP02.html

=================================

3.Rua da Cerca Continua a Abrir Valas

Por JORGE MARMELO
O Colégio Britânico do Porto (Oporto British School) acabou por ficar sem
muro de vedação, na sequência do duplo aluimento de terras registado na Rua
da Cerca, na Foz do Douro, Porto, do qual o PÚBLICO havia dado conta já na
edição de ontem.
https://jornal.publico.pt/2004/09/06/LocalPorto/LP03.html

=================================

4. Pescadores tentaram encontrar tubarões azuis

Cerca de 60 pescadores desportivos passaram ontem quatro horas a tentar
capturar tubarões azuis ao largo de Viana do Castelo, mas nem um exemplar
conseguiram, o que confirma a “drástica” redução da espécie no Atlântico
Norte. “Nos últimos dez anos, registou-se uma diminuição de 60 por cento do
tubarão azul, ou tintureira, no Atlântico Norte, e uma das principais razões
será a sobrepesca”, disse à Lusa Nuno Queirós, da Associação Portuguesa para
Estudo e Conservação de Elasmobrânquios (APECE). A preservação da espécie
era precisamente o principal objectivo da iniciativa, já que os tubarões
capturados seriam “marcados” com “chips” ou transmissores via satélite que
permitiriam identificar os seus trajectos migratórios, para que
posteriormente fosse criada legislação que impedisse a exploração comercial
dessas rotas.
https://jornal.publico.pt/2004/09/06/LocalPorto/LPBREVES.html#ST3

=================================

5. Terapeuta das árvores escala para cuidar do parque arbóreo

Arboricultura é uma actividade pouco divulgada mas essencial à preservação
do arvoredo Profissionais diagnosticam e tratam doenças, para que se
desenvolvam na cidade
Àprimeira vista, parecem praticantes de desportos radicais com preocupações
ambientais. Escalam árvores com grande desenvoltura, mas o objectivo não é
lúdico. São profissionais de arboricultura, uma actividade ainda pouco
divulgada em Portugal mas que começa agora a impor-se pela necessidade de
preservação do arvoredo urbano.
O 2º Campeonato de Escalada de Árvores, que se realizou este fim-de-semana,
nos jardins do Palácio de Cristal, Porto, pretendia precisamente
sensibilizar o público para as boas práticas de sustentabilidade do
património arbóreo, designadamente a poda selectiva e a recolha de
sementes.Helena Norte
https://jn.sapo.pt/2004/09/06/grande_porto/terapeuta_arvores_escala_para_cuidar.html

=================================

6. Três mil casas clandestinas para legalizar ou demolir

Previa-se que o Plano Director Municipal de 1994 fosse o ponto de partida
para a resolução do problema. PSD diz que nada de concreto se fez para pôr
travão ao fenómeno
https://jn.sapo.pt/2004/09/06/grande_porto/tres_casas_clandestinas_para_legaliz.html

=================================

7. Bairro da praia de Paramos pode desaparecer

Num relatório do actual PDM, o bairro da praia de Paramos, cujo único acesso
atravessa a pista de aviação do aeródromo, é caracterizado co-mo sendo um
núcleo de cons- truções clandestinas erigidas em zona de praia e de duna
primária, completamente desintegrado do resto da envolvente. É referido que
se trata de uma zona a reconverter para usos mais adequados às
potencialidades do local, nomeadamente lúdicas e turísticas. Segundo o Plano
de Ordenamento da Orla Costeira (POOC), a zona “será objecto de um plano de
pormenor e de um programa especial de realojamento”, já que será analisada a
retirada da povoação.
https://jn.sapo.pt/2004/09/06/grande_porto/bairro_praia_paramos_pode_desaparece.html

=================================

8.Um milhão de euros para arranjar bairros
aleixo Empresa Municipal vai investir 300 mil euros para demolir as
construções ilegais nos edifícios, colocar extintores e eliminar casas do
lixo
https://jn.sapo.pt/2004/09/06/grande_porto/um_milhao_euros_para_arranjar_bairro.html

=================================

9.Aleixo é o local mais crítico para a Polícia

O Aleixo é o “bairro problema” da cidade do Porto. A Polícia de Segurança
Pública (PSP) do Porto não tem dúvidas em apontá-lo como o local mais
crítico do município, em que o tráfico de estupefacientes reina, conforme já
denunciou o JN. Também a segurança pública está em causa. Não raras vezes,
os agentes do PSP têm sido vítimas da violência de pessoas que entram na
urbanização para adquirir e consumir droga. A insegurança supera o Bairro de
S. João de Deus, que chegou a ser considerado mais problemático do concelho.
As características dos edifícios facilitam o refúgio dos suspeitos e a fuga
às autoridades policiais. A vida da maioria dos moradores do Bairro do
Aleixo torna-se mais difícil.
https://jn.sapo.pt/2004/09/06/grande_porto/aleixo_local_mais_critico_para_a_pol.html

=================================

10.Nova centralidade de Gaia vai nascer entre Devesas e a Arrábida

Empreendimento “Gaia Nova” será apresentado esta semana pelo presidente da
Câmara, Luís Filipe Menezes
1.200 apartamentos, duas torres com 17 pisos para escritórios e áreas
comerciais são alguns dos projectos previstos para a envolvente da rotunda
das Devesas e que a autarquia considera essenciais para dinamizar toda a
zona. Há ainda que ter em conta as boas acessibilidades – ligações à A1, A3
e A4, estação ferroviária (Devesas) e futura linha do metro
https://www.ocomerciodoporto.pt/secciones/noticia.jsp?pIdNoticia=9904&pIdSeccion=7

=================================

FIM DA PARTE NOTICIOSA / SEGUEM-SE INSTRUÇÕES EM RODAPÉ

=================================

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo página, net
veja informações no rodapé da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu início é acessível através de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

=================================
INFORMAÇÃO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Abaixo apresenta-se o sumário e/ou resumos de notícias de interesse
urbanístico/ambiental publicadas na edição electrónica do Jornal de
Notícias, de O Comércio do Porto e do Público.

Esta lista foi criada e é animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados sócios ou não sócios. O seu âmbito específico
são as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, entre o Vouga e o
Minho.
Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

Para mais informações e adesão à associação Campo Aberto:
campo_aberto@oninet.pt
telefax 229759592
Apartado 5052, 4018-001 Porto

=================================

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@yahoogrupos.com.br

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com.br e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@yahoogrupos.com.br

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://groups.yahoo.com/group/pned/

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============
Links do Yahoo! Grupos

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
https://br.groups.yahoo.com/group/pned/

<*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
pned-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

<*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário