• Set : 17 : 2020 - ALERTA AOS CIDADÃOS: TRÊS JARDINS DO PORTO E 503 SOBREIROS EM GAIA AMEAÇADOS DE MUTILAÇÃO E ABATE
  • Mai : 14 : 2020 - Por Amor da Árvore 2020
  • Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes

Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo pagina, net
veja informacoes no rodape da mensagem.

O arquivo desta lista desde o seu inicio e acessivel atraves de

Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2004

1. Funicular dos Guindais Inaugurado na Quarta-feira
https://jornal.publico.pt/2004/02/16/LocalPorto/LP06.html

Elevador sobe depois de amanhã
Viagens no funicular dos Guindais duram dois minutos e custam 80 cêntimos
https://www.jn.pt/textos/out2037.asp

2. PS e CDU Querem Discutir Terrenos das Fontainhas
Por MARGARIDA GOMES
Os vereadores do PS e da CDU na Câmara do Porto querem resolver de uma vez
por todas o imbróglio da cedência de dois terrenos a preços simbólicos à
Cooperativa de Construção e Habitação de S. João das Fontainhas para a
construção de 31 habitações sociais para realojamento de antigos moradores
da escarpa dos Guindais.

https://jornal.publico.pt/2004/02/16/LocalPorto/LP08.html

3.Câmara de Barcelos Lança Campanha para Defender Peões
Por FRANCISCO FONSECA
https://jornal.publico.pt/2004/02/16/LocalMinho/LM07.html

4.Valorização Turística das Vias Romanas Junta Municípios Ibéricos
Investigadores e autarcas portugueses e espanhóis vão discutir dias 26 e 27,
em Braga, formas de valorizar um “novo” itinerário turístico-cultural
transfronteiriço baseado nas vias romanas que uniam Bracara Augusta a
Asturica (Astorga).

https://jornal.publico.pt/2004/02/16/LocalMinho/LM12.html

5. Indústrias Não Cumprem a Lei do Ar
Por RICARDO GARCIA
Apenas uma parte insignificante das empresas de sectores industriais
importantes faz o autocontrolo da sua poluição atmosférica, tal como obriga
uma legislação em vigor há mais de dez anos. Este é o resultado de um
relatório da Inspecção-Geral do Ambiente (IGA), que no ano passado fez uma
avaliação de como estava a ser cumprida a chamada “lei do ar”, aprovada em
1990 e regulamentada em 1993.

https://jornal.publico.pt/2004/02/16/Sociedade/S07.html

6. A fama vem de longe
por jorge vilas jornalista
A falta de visão metropolitana dos PDM portuenses não é, infelizmente, de
agora… Nestas fases de discussão pública de novos planos directores para o
Porto, a
acusação é sacramental: o projecto não tem uma perspectiva metropolitana.
Este discurso já eu o ouvi a propósito do Plano Director de Robert Auzelle
(1964) e, depois, do PDM de Duarte Castel-Branco, cuja elaboração começou em
1979 e dado por concluído, após vicissitudes várias, em 1993. Agora que está
de novo em debate a revisão daquele último documento a crítica é a mesma. A
proposta não tem em vista nada que ultrapasse a Estrada da Circunvalação! A
propósito, vou contar uma história a todos os títulos elucidativa.

https://www.jn.pt/textos/out2031.asp

7. Avenida de D. João I é “pista” perigosa
Gondomar alerta Moradores e comerciantes preocupados com velocidade
excessiva na via Sugerem mais lombas e mais vigilância policial

https://www.jn.pt/textos/out2034.asp

8. Cemitérios municipais em vias de classificação
Porto proposta Câmara pretende que Agramonte e Prado do Repouso recebam o
título de imóveis de Interesse Público Espaços guardam obras de artistas
como Soares dos Reis e Teixeira Lopes
Fernando Timóteo, Carla Sofia Luz

https://www.jn.pt/textos/out2035.asp

9. Clube ganhou tecto
Clube Vasco da Gama Câmara construiu cobertura e ofereceu equipamentos,
investindo cerca de 250 mil euros Falta ainda acabar a obra nos balneários
Fernando Oliveira Virgínia Alves

https://www.jn.pt/textos/out2036.asp

10. Erros de análise do mercado obrigam a um novo concurso
Espinho Projecto Omissões no levantamento inicial das necessidades do velho
edifício fazem prolongar trabalhos Obras que faltam farão ascender custo
final a 1,3 milhões de euros
Manuel Azevedo Natacha Palma

https://www.jn.pt/textos/out2038.asp

11. Contra a incineradora
Aveiro Nª Srª de Fátima População vai aproveitar a presidência aberta de
Alberto Souto para afirmar a sua recusa Freguesia sente-se abandonada
Promessas com seis anos estão ainda por cumprir
Jaimanuel Freire José Carlos Maximino

https://www.jn.pt/textos/out2052.asp

12. Raposas não se deixaram apanhar
Cantanhede zero Batida com 57 caçadores foi “uma manhã de nada” mas prometem
voltar já nos dois próximos domingos
joão bizarro João Bizarro

https://www.jn.pt/textos/out20516.asp

13. Linha do Vouga definha
As gentes da Região Centro continuam a utilizar a Linha do Vouga, entre
Sernada e Espinho, apesar do estado de deterioração da ferrovia.
Fala-se no seu encerramento, mas as populações defendem a sua manutenção
através de uma exploração turística e comercial.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5\&subsec=&id=4568cffb6fdcdc48464c001aaad61835

14. Associações ambientalistas mantêm posição firme contra projecto no Sabor
Rio livre de barragens
As associações ambientalistas mantêm-se contra a construção de uma barragem
no rio Sabor e prometem novas formas de luta. As razões apresentadas a favor
do projecto são refutadas pelos defensores do ambiente, que pedem campanhas
de incentivo à poupança de energia.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=c74d97b01eae257e44aa9d5bade97baf\&subsec=&id=d027bd6489e5050c5941f31d4f8c60d0

15.Verdes e ambientalistas contra gases
«Os Verdes» reúnem-se hoje com as associações ambientalistas Liga para a
Protecção da Natureza, Quercus e Grupo de E

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=c74d97b01eae257e44aa9d5bade97baf\&subsec=&id=1af7a12858227e861a7be25ec2cb8883

INFORMACAO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentou-se o sumario e/ou resumos de noticias de interesse
urbanistico/ambiental publicadas na edicao electronica do Jornal de
Noticias, do jornal Público e de O Primeiro de Janeiro.

Esta lista foi criada e e animada pela associação Campo Aberto, e está
aberta a todos os interessados socios ou nao sócios. O seu ambito específico
sao as questões urbanísticas e ambientais do Noroeste, basicamente entre o
Vouga e o Minho.

Selecção hoje feita por Alexandre Bahia

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário