• Abr : 24 : 2019 - Poluição Luminosa
  • Ago : 11 : 2014 - Apelo ao boicote de alimentos com milho transgénico
  • Nov : 23 : 2011 - Petição pela salvaguarda das Sete Fontes
  • Jul : 6 : 2011 - Perigo para Paisagem Protegida Valongo
  • Jun : 17 : 2010 - Corte de Árvores na Circunvalação – resposta da C.M. Porto

[PNED] infoPNED 14.10.2003
Para desligar-se/religar-se ou para ler as mensagens em modo pagina
net veja informacoes no rodape da mensagem.
O arquivo desta lista desde o seu inicio e acessivel atraves de
https://groups.yahoo.com/group/pned/

Terça-feira, 14 de Outubro de 2003
um dia longo para o ambiente!…

INDICE

1.”Casa da Música não me apaixona” entrevista com o Arq.o Távora
2.Consumo invade zona rural
3.Ecologistas queixam-se à União Europeia contra o IC 1
4.Incêndio assusta São Julião de Paços
5.Lançado concurso para estudo prévio da variante
6.Mudança de feira polémica
7.Saneamento e água a 100% em dois anos
8.Acessos dentro dos prazos não calam revolta no Bessa
9.vila do conde -Celebração dos 1050 anos de história do concelho
10.Centro ambiental no viveiro da cidade
11.Câmara já cobra as multas
12.Câmara quer obras à noite -vila do conde
13.Comerciantes esperançados com vinda do El Corte Inglés
14.Amílcar Theias propõe fórum dos oceanos
15-Gil Martins Afastado da Protecção Civil
16-População das Taipas Exige Rotunda na Variante da Vila
17.Presidente do Boavista Admite Recorrer Aos Tribunais para “Repor
Igualdade no Tratamento dos Clubes”
18.Radares da VCI Registam 1200 Infracções por Dia
19.Excesso de Velocidade Provocou Metade dos Acidentes
20.Passivo da Empresa Municipal de Manutenção Quase Duplicou
21.ETAR de Matosinhos Está a Ser Objecto de Obras de Desodorização
22.Mais Um Centro de Educação Ambiental no Porto
23.Casa do Professor em Bragança em Risco de Ruir
24.Bragança: noites agitadas chegam à capa da «Time»
25.Parque Oriental preocupa ambientalistas
A eventual construção da Alameda de Azevedo, cujo traçado cortará o Parque
Oriental, está a causar “grande preocupação” à Associação Campo Aberto. Nuno
Quental acredita que a decisão “ainda é reversível”,
26.Oposição criticou Rui Rio por não ter permitido a instalação da cadeia
espanhola na Boavista
27.Matosinhos Obras na ETAR

JN – grande plano

1.
“Casa da Música não me apaixona” entrevista com o Arq.o Távora

Aos 80 anos, o decano dos arquitectos portugueses resolveu abandonar a sua
área de eleição
Sérgio Almeida Textos José Carmo fotos
A tristeza por deixar para trás mais de meio século de arquitectura é
sublimada pela satisfação de ter contribuído para a maior crebilização de
uma área que, durante décadas, gozou de uma reputação reduzida. Da
arquitectura, Fernando Távora continua a ter uma visão integrada, ciente de
que esta não pode ser dissociada do estado do próprio país.

https://jn.sapo.pt/eddia/gplano.asp

2.
JN – país
Consumo invade zona rural
Magalhães Costa
A toxicodependência junto da comunidade escolar, no distrito de Braga,
afecta, em especial, as escolas EB 2,3, sendo um problema que implica um
“reforço da prevenção” de todos os agentes educativos, opinou João Sérgio,
coordenador do Centro da Área Educativa (CAE) de Braga, a propósito da
“Semana de Prevenção em Meio Escolar” que, no distrito de Braga, envolve 27
actividades espalhadas por cerca de 100 escolas dos concelhos de Fafe, Vila
Verde, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Braga, Barcelos, Esposende, Póvoa
de Lanhoso e Amares.

https://jn.sapo.pt/eddia/nortsul.asp

3.
JN – país estarreja
Ecologistas queixam-se à União Europeia contra o IC 1

As organizações ecologistas Quercus e Cegonha ameaçaram, ontem, recorrer a
providências cautelares e a queixas na Comissão Europeia para travar a
construção de um troço do IC1 em zona ambientalmente sensível, no concelho
de Estarreja. Em causa está a decisão governamental, anunciada em Setembro
pelo ministro dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Mendes, segundo a
qual o IC1 atravessará em viaduto uma franja da Zona de Protecção Especial
(ZPE) da ria de Aveiro em Estarreja. “Se o Governo prosseguir com o erro por
que recentemente enveredou, tomaremos medidas para exigir a reposição da
legalidade, nomeadamente, recorrendo a providências cautelares e à
apresentação das queixas que forem necessárias junto da Comissão Europeia”,
avisam as duas organizações ecologistas.
https://jn.sapo.pt/eddia/nortsul.asp

4.
JN – país braga

Incêndio assusta São Julião de Paços
sinistro Chamas consumiram apenas alfaias e produtos agrícolas
Elmano Madail
Estiveram perto, demasiado perto de duas casas na vizinhança, mas a
experiência dos Sapadores de Braga impediu que as chamas consumissem, na
tarde de ontem, mais do que alfaias e produtos agrícolas armazenados num
varandão de granito, em São Julião de Paços,Braga. “Foi tudo o que lá
estava – palha, batatas, feijão, milho, o tanque para sulfatar e o tractor”,
contabiliza, desolada, enquanto mira a evolulção do fumo e o desempenho dos
bombeiros, Maria Fátima Araújo, proprietária do anexo. “Perdi para aí…
cinco mi l contos”. Salvaram-se as vacas, duas que ruminavam indiferentes ao
fogo.

https://jn.sapo.pt/eddia/nortsul.asp

5.
JN – país
penalva do castelo
Lançado concurso para estudo prévio da variante

O Instituto de Estradas de Portugal (IEP) mandou publicar, em Diário da
República, a abertura do concurso público para a elaboração do estudo prévio
da variante a Penalva do Castelo. A notícia foi avançada por Leonídio
Monteiro, presidente da autarquia, que acredita estarem criadas “todas as
condições” para que a obra possa ser lançada, no terreno, em 2005.
https://jn.sapo.pt/eddia/nortsul.asp

6.
JN – país
Ílhavo
Mudança de feira polémica
Alexandre Silva
Indignação Lugares previamente marcados e confirmados não chegaram para
todos os feirantes Preço por metro quadrado, considerado excessivo, pode
levar ao abandono

A transferência do local da Feira dos 13, na Vista Alegre, Ílhavo, não foi
pacífica. A contestação por parte de quase todos os feirantes marcou a
madrugada e manhã de ontem. O aparato policial à entrada do recinto, com
cerca de duas dezenas de agentes da GNRbem armados, indicava bem a
preocupação que o assunto trazia às autoridades policiais e autárquicas.
Três fiscais da Câmara de Ílhavo controlavam as entradas.
https://jn.sapo.pt/eddia/nortsul.asp

7.
JN – país Braga
Saneamento e água a 100% em dois anos

Nos próximos dois anos, o abastecimento de água ao domicílio e o saneamento
básico terão uma taxa de cobertura de 100% em todo o município de Braga,
conforme garantiu o presidente da Câmara Municipal, Mesquita Machado.
https://jn.sapo.pt/eddia/nortsul.asp

8.
JN – grande porto
fernando timóteo Hugo Silva
Acessos dentro dos prazos não calam revolta no Bessa

porto garantia Rui Rio assegura que todos os projectos viários estarão
prontos em Maio de 2004 Boavista ameaça recorrer aos tribunais para exigir
apoios semelhantes aos dos outros clubes
São cerca de 300 metros. Um pedaço de asfalto que permite, a quem circula na
Avenida AEP (em direcção ao Porto) ou na VCI (sentido Arrábida-Freixo), um
desvio anterior à Rotunda da Boavista, para aceder ao estádio do Bessa e à
Avenida da Boavista, na zona doFoco. Três centenas de metros que abriram
ontem ao trânsito e que representam a primeira intervenção concluída no
âmbito da empreitada de acessos ao Bessa para o Euro.

https://jn.sapo.pt/eddia/grporto.asp

9.
JN – grande porto
vila do conde
Celebração dos 1050 anos de história do concelho

Vila do Conde vai promover o 2º Encontro de História, intitulado “Vila do
Conde 1050 anos de História: a memória dos séculos monásticos”, onde serão
abordadas questões ligadas à História e ao património local e nacional.
https://jn.sapo.pt/eddia/grporto.asp

10.
JN – grande porto
Centro ambiental no viveiro da cidade
jn Marta Varandas

Inauguração Auditório vai funcionar como complemento às estruturas do
Covêlo, S. Roque e Núcleo Rural
arquivo O viveiro municipal do Porto é o local que, com os seus sete
hectares, possibilita à cidade a existência de jardins e espaços verdes. Uma
“fábrica de plantas”, dado que ali são produzidas, anualmente, mais de um
milhão de plantas de época, também conhecidas por plantas de flor, referem
os seus responsáveis.

https://jn.sapo.pt/eddia/grporto.asp

11.
JN – grande porto
Câmara já cobra as multas

São quatro os radares instalados na Via de Cintura Interna: dois no sentido
Arrábida-Freixo (na Prelada e depois do Mercado Abastecedor) e outros dois
no sentido contrário (no Amial e em Francos). Depois de um período
experimental e de uma ampla divulgação do sistema, os primeiros radares
começaram a funcionar a sério em Janeiro passado. Um mês depois, a Câmara
anunciava que a medida tinha uma eficácia elevadíssima, já que o número de
infracções detectadas tinha diminuído 99% em relação ao período
experimental. Os problemas surgiram quando, durante vários meses, as
infracções eram detectadas, mas os transgressores não recebiam a notificação
para pagar a multa. A situação foi, entretanto, ultrapassada e a Câmara do
Porto calcula, em função da percentagem que lhe cabe (30% do valor da
multa), que 70% dos autos tenham sido cobrados.
https://jn.sapo.pt/eddia/grporto.asp

12.
JN – grande porto
Câmara quer obras à noite

vila do conde protestosPavimentação do IC1 durante horas de ponta está a
desesperar os condutores
josé mota / arquivo jn H.S.
A Câmara de Vila do Conde pretende que as obras de repavimentação e
alargamento do IC1 sejam executadas durante a noite e já interpelou os
responsáveis pela empreitada nesse sentido.
https://jn.sapo.pt/eddia/grporto.asp

13.
JN – grande porto
Comerciantes esperançados com vinda do El Corte Inglés

Gaia Expectativa Lojistas crêem que a instalação da cadeia espanhola será
boa para o negócio e trará mais movimento à Avenida da República Empresários
interessados em investir na zona
José carmo Carla Sofia Luz
Aexpectativa mora na vizinhança do terreno vazio na Avenida da República, em
Gaia, junto ao edifício da Sociedade Columbófila de Mafamude. Tudo porque,
na propriedade devoluta, nascerá a primeira loja nortenha do El Corte
Inglés. Sem receio da concorrência, os comerciantes da zona acreditam num
futuro risonho e há empresários interessados em investir (ler caixilho).
https://jn.sapo.pt/eddia/grporto.asp

14.
JN – sociedade
Amílcar Theias propõe fórum dos oceanos

ambiente
O ministro do Ambiente, Amílcar Theias, propôs ontem a criação de um fórum
sobre protecção dos oceanos entre países da Europa e da Ásia, durante uma
cimeira internacional que está a decorrer em Lecce (Itália). “O nosso
propósito com esta proposta é o de concretizarmos os compromissos de
Joanesburgo (Cimeira de Terra que decorreu há um ano). Milhões de pessoas
dependem dos oceanos e mares para a sua subsistência e é nas zonas costeiras
onde se localiza cerca de metade da população mundial. Temos de conhecer
melhor os nossos oceanos para os podermos gerir de forma sustentável”, disse
Amílcar Theias, de acordo com uma nota do Ministério do Ambiente divulgada
pela Lusa.
https://jn.sapo.pt/eddia/naciona.asp

15.
Público – sociedade
Gil Martins Afastado da Protecção Civil
Por MARIANA OLIVEIRA
Gil Martins vai deixar o cargo de Coordenador Nacional de Operações de
Socorro, do Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC). O
afastamento foi confirmada ao PÚBLICO por duas fontes daquele organismo após
a audiência mantida com o ministro da Administração Interna. Figueiredo
Lopes ter-lhe-á comunicado, no encontro, a sua dispensa total, ou seja, que
deixa de fazer parte da equipa dirigente e nem sequer continuará a trabalhar
no SNBPC. Mas a decisão ainda não é oficial.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/Sociedade/S01.html

16.
Público – local minho
População das Taipas Exige Rotunda na Variante da Vila
Por VICTOR FERREIRA
Centenas de pessoas manifestaram-se ontem, nas Caldas das Taipas, no
concelho de Guimarães, reivindicando a construção de uma rotunda no
cruzamento de Alvite, um local onde há quatro dias morreu uma mulher vítima
de atropelamento.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalMinho/index.html

17.
Público – local porto
Presidente do Boavista Admite Recorrer Aos Tribunais para “Repor Igualdade
no Tratamento dos Clubes”
Por NATÁLIA FARIA
O presidente do Boavista Futebol Clube, João Loureiro, admitiu ontem
recorrer aos tribunais para levar a Câmara do Porto e a administração
central a repor “a paridade no tratamento dos clubes da cidade”. “O Boavista
foi bastante prejudicado.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalPorto/index.html

18.
Público – local porto
Radares da VCI Registam 1200 Infracções por Dia
Por ANDREA CUNHA FREITAS
Se nos últimos três meses passou a mais de 90 quilómetros à hora por cima
dos sensores instalados no asfalto da Via de Cintura Interna e foi alvo do
indesejado “flash” dos radares, é provavel que ainda não tenha recebido a má
notícia da multa.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalPorto/index.html

19.
Público – local porto
Excesso de Velocidade Provocou Metade dos Acidentes
Dos 48 acidentes com vítimas registados pela Comissão Distrital de Segurança
Rodoviária, do Governo Civil do Porto, na VCI e no período compreendido
entre Janeiro e Agosto de 2003, precisamente metade tiveram como “causa
provável” uma “velocidade excessiva para as condições existentes”.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalPorto/index.html

20.
Público – local porto
Passivo da Empresa Municipal de Manutenção Quase Duplicou
Por MARGARIDA GOMES
O passivo da empresa de Manutenção de Equipamentos e Infraestruturas (MEI)
da Câmara do Porto, nos primeiros seis meses deste ano, praticamente
duplicou em relação a igual período do ano anterior, passando de 3,8 milhões
de euros para 6,5 milhões de euros, revela o relatório semestral do Conselho
de Administração (CA) desta empresa, que deverá ser hoje aprovado na
habitual reunião privada do executivo municipal.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalPorto/index.html

21.
Público – local porto
ETAR de Matosinhos Está a Ser Objecto de Obras de Desodorização
Por JORGE MARMELO
Muitas queixas depois, o problema dos maus cheiros produzidos pela Estação
de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Matosinhos está, finalmente, a
caminho de ser resolvido.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalPorto/index.html

22.
Público – local porto
Mais Um Centro de Educação Ambiental no Porto
Por ANDREA CUNHA FREITAS
A recuperada “zona das nitreiras” situada no Viveiro Municipal do Porto
juntou-se ontem aos três centros de educação ambiental já existentes no
concelho (no Parque da Cidade, na Quinta do Covelo e Parque de S. Roque).
Rui Sá, vereador do Ambiente da Câmara do Porto, apresentou ontem o novo
espaço que a partir de agora fica disponível à comunidade escolar e
inaugurou ainda o auditório do viveiro que deverá servir de apoio às
actividades previstas no local.
A estreia do novo centro foi da inteira responsabilidade de um grupo de
crianças da Escola nº4, de Fernão Magalhães.
Por entre vasos dispersos pelo chão, aconteceu o jogo da descoberta das
plantas no qual os amigos do ambiente de palmo e meio foram desafiados a
identificar espécies através do cheiro e imagem. Os sentidos também foram
despertados para a exposição que estará patente na recuperada “zona das
nitreiras” – que antes era usada para a deposição de estrume que iria
fertilizar os terrenos – durante cerca de um mês. Ali, mostra-se todo o
desenvolvimento da planta desde a semente e exibem-se algumas alfaias
agrícolas que caíram em desuso.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalPorto/LP08.html

23.
Público – local porto
Casa do Professor em Bragança em Risco de Ruir
Por ANA FRAGOSO
A associação Casa do Professor de Bragança está temporariamente “na
rua”devido a problemas de segurança no edifício onde está instalada há cerca
de 10 anos. O edifício, que data de meados do sec. XIX, há muito que precisa
de obras e a sua fragilidade foi demonstrada na passada sexta-feira quando
uma das paredes laterais começou a ceder, devido à demolição do edifício
contíguo.
https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/LocalPorto/LP08.html

24.
O Primeiro de Janeiro – capa
Bragança: noites agitadas chegam à capa da «Time»

As noites de Bragança fazem a capa desta semana da edição europeia da
revista Time. Mas não são noites normais. A reportagem é dedicada ao
fenómeno da prostituição brasileira e a forma como mexeu com a secular
pacatez do burgo.
https://www.oprimeirodejaneiro.pt/

25.
O Primeiro de Janeiro – porto
Parque Oriental preocupa ambientalistas
Isabel Rodrigues Monteiro

A eventual construção da Alameda de Azevedo, cujo traçado cortará o Parque
Oriental, está a causar “grande preocupação” à Associação Campo Aberto. Nuno
Quental acredita que a decisão “ainda é reversível”, frisando que a
autarquia “tem de evitar este erro”.

É com grande preocupação que a Associação Campo Aberto vê a possibilidade de
ser construída a Alameda de Azevedo, cortando o miolo do futuro Parque
Oriental. Acreditando que ainda é possível “evitar um erro com graves
repercussões para o futuro”, esta associação realiza hoje uma visita ao vale
de Campanhã, para onde está prevista a construção do Parque Oriental. Nuno
Quental, em declarações a «O Primeiro de Janeiro», defendeu que o Parque
Oriental é “um projecto determinante” para dar dignidade a uma zona que se
encontra “fragmentada” e com “muitos problemas”. O ambientalista não tem
dúvidas que o projecto, a cargo do arquitecto Sidónio Pardal, pode nascer
com muita qualidade em contraponto com a zona ocidental da cidade do Porto.
Por outro lado, Nuno Quental expressa “grande preocupação” com a
eventualidade da futura mancha verde vir a ser cortada pela projectada
Alameda de Azevedo. Com a visita, explica, “queremos pressionar o poder
político para que faça o possível e impossível para evitar que vá para a
frente”. “A Câmara do Porto tem de entender a importância de evitar este
erro”, acrescenta, frisando que a construção desta via significa a “antítese
de parque público”.
Apesar da Alameda de Azevedo estar já projectada pelo Instituto de Estradas
de Portugal (IEP), é ainda necessário que seja aprovado em reunião de Câmara
o protocolo que determina que o IEP se compromete a incluir no primeiro
sublanço da empreitada da Via Rápida de Gondomar o troço intermédio da
Alameda de Azevedo, ficando a autarquia responsável por assegurar os custos
inerentes a realojamentos e a ceder terrenos para a obra.
Documento que acabou por ser retirado da agenda da última reunião, sob pena
de ser chumbado pela oposição. O adiamento da votação da proposta é vista
por Nuno Quental como um sinal de abertura da autarquia relativamente ao
assunto, frisando que a decisão de construir a Alameda de Azevedo “ainda é
reversível”. O ambientalista defende que “é preferível perder agora algum
tempo a refazer o projecto de construção da nova via do que condenar para o
futuro todo o Parque Oriental”. “Não faz sentido dividir a meio”, defende,
frisando que trata-se de uma via com grande capacidade, na qual os
automóveis transitarão com grande velocidade, causando muito ruído. A
Associação Campo Aberto junta-se assim às vozes discordantes.
Vereadores – Visita ao local
Os vereadores da CDU e do PS visitam amanhã o local para onde está
projectada a construção da Alameda de Azevedo, na freguesia de Campanhã. A
visita surge no seguimento do convite feito por Ricardo Figueiredo na última
reunião de Câmara, com o objectivo de dar a conhecer em pormenor à oposição
o projecto que vai atravessar o futuro Parque Oriental. A visita ao local
será acompanhada por técnicos do Instituto de Estradas de Portugal,
responsável pela empreitada. A possibilidade da mancha verde vir a ser
cortada pela referida via tem sido motivo de várias discussões na Câmara do
Porto.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3&subsec=&id=e4b58a0c4c350ec8bb52751a4b0fcb20

26.

O Primeiro de Janeiro – porto

Oposição criticou Rui Rio por não ter permitido a instalação da cadeia
espanhola na Boavista

«Corte Inglés» de novo na berlinda

O «Corte Inglés» voltou a dominar a discussão na reunião do executivo
portuense. O PS lamentou a decisão de Rio não permitir a instalação dos
espanhóis na Boavista, mas Fernando Albuquerque lembrou que o projecto de
Gaia é quatro vezes menor que o existente para o Porto.
https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=tema&sec=eccbc87e4b5ce2fe28308fd9f2a7baf3

27.

O Primeiro de Janeiro – Matosinhos
Obras na ETAR

No decorrer da reunião do executivo, os vereadores aprovaram a abertura do
concurso público da segunda fase das obras de modernização das
infraestruturas de saneamento e requalificação dos pisos na Rua do Catassol,
entre o largo da feira de Santana, em Leça do Balio, e o «Lar do Comércio»,
na fronteira com a Maia. Narciso Miranda anunciou, também, a abertura do
concurso para o arranjo urbanístico do largo de Esposade, em Custóias, além
da recuperação das infraestruturas na Rua das Ribeiras e na Travessa de
Mandoufo, em Perafita. Ainda nesta área, o autarca informou que as obras
para a desodorização, de forma a eliminar os maus cheiros da ETAR (Estação
de Tratamento de Águas Residuais) de Leça da Palmeira, já se iniciaram em
Setembro.

https://www.oprimeirodejaneiro.pt/?op=artigo&sec=182be0c5cdcd5072bb1864cdee4d3d6e&subsec=&id=168e22aaf09ce16c6654770344e53ac6

INFORMACAO SOBRE O BOLETIM INFOPNED:

Acima apresentou-se o sumario e/ou resumos de noticias de interesse
urbanistico/ambiental publicadas na edicao electronica do Jornal de
Noticias, do Público e de O Primeiro de Janeiro.

Esta lista foi criada e e animada pela associacao Campo Aberto, e esta
aberta a todos os interessados socios ou nao socios. O seu ambito especifico
sao as questoes urbanisticas e ambientais do Noroeste entre o Vouga e o
Minho. Em «Fora do Noroeste» (so ocasionalmente), podem inserir-se noticias
de outras regioes que possam apresentar interesse como
exemplo negativo ou positivo para situacoes equivalentes no Noroeste.

Selecção hoje feita por Alexandre Bahia
Para os textos integrais consultar:

https://jn.sapo.pt/eddia/eddia3.asp

https://jornal.publico.pt/publico/2003/10/14/indice.html

https://www.oprimeirodejaneiro.pt

ou as respectivas edições em papel.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Para difundir mensagens escreva para: pned@egroups.com

Para assinar a lista envie mensagem sem assunto para: pned-subscribe@yahoogroups.com e com o corpo da mensagem vazio.

Para cancelar a assinatura envie mensagem em que o único texto é “unsubscribe PNED” (sem assunto/subject) para: pned-unsubscribe@egroups.com

Para contactar directamente os coordenadores da lista envie mensagem a: pned-owner@egroups.com

Se quiser informar-se das várias possibilidades para a leitura das suas mensagens ou da forma de alterar os seus dados pessoais, pode consultar:

https://www.egroups.com/group/pned

Neste grupo não são permitidas mensagens com anexos.

=============== PNED: Porto e Noroeste em Debate ===============

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: https://br.yahoo.com/info/utos.html

Imprimir esta página Imprimir esta página

Categorias: Boletim

Deixar comentário